Você não vai sair de férias sem os seus bilhetes ou o seu passaporte, mas muitos de nós alegremente partimos para o exterior sem um seguro de viagem internacional. A aquisição de uma apólice de seguro de viagem adequado, tanto para nós mesmos quanto para nossos dependentes, pode ser a compra mais importante que fazemos quando viajando fora de casa.

Você precisa perguntar a si mesmo, o que acontecerá se você ficar doente quando você está no exterior e necessita de tratamento médico? Ou talvez você tem que cancelar as suas férias no Reino Unido, porque você está mal ou um membro de sua família é levado para hospital. O que acontecerá se a companhia responsável pela viagem vai à falência e você não pode chegar ao seu destino? Se você não tem a cobertura do seguro viagem internacional no lugar certo, as suas férias dos sonhos podem virar um pesadelo com as contas acabando com todas as suas economias.

Uma vez que você decidiu que precisa de um seguro de viagem, então você deve garantir que você compra o melhor tipo de cobertura para as suas necessidades individuais. Isso vai depender do tipo de viagem que você está prestes a realizar e a apólice mais barata pode não ser necessariamente a melhor para você.

O nosso guia está aqui para ajudá-lo a decidir qual o melhor seguro viagem internacional e o nível de cobertura que você deve estar procurando, garantindo que você esteja totalmente preparado para uma fuga da sua rotina pesada diária.

Seguro viagem para pagar sua viagem não aproveitada

Se acidentou e teve que voltar para casa mais cedo? O seguro viagem pode cobrir seu prejuízo. (Foto: www.fantasticaitalia.com)

Seguro de viagem: o básico

Prêmios de seguro de viagem podem variar muito e, ao mesmo tempo, é importante que você esteja recebendo um bom benefício para os custos. É igualmente importante que você esteja escolhendo o nível de cobertura que se adapte às suas necessidades. Extras podem ser adicionados em uma assistência à viagem, mas uma apólice de base deve incluir os seguintes níveis de cobertura:

Cancelamento e redução: no caso de você ter que cancelar ou encurtar suas férias, talvez porque você perdeu seu emprego e não pode mais se dar ao luxo de viajar, ou se um parente adoece enquanto você está longe e você precisa voltar para casa mais cedo. O limite recomendado é de no mínimo 50% ou o custo total das suas férias. Preste atenção às letras pequenas do contrato, no entanto. Se você cancelar as suas férias porque o seu melhor amigo está gravemente doente, que você pode razoavelmente esperar que o seguro lhe pague, mas você pode se decepcionar. A sua seguradora pode se recusar com a alegação de que eles não são um membro da família, por isso sempre verifique a definição das seguradoras na assistência à sua viagem internacional.

Atrasos: você deve ser compensado se o seu voo está atrasado há mais de 12 horas. Para evitar qualquer problema em receber essa compensação, peça à companhia aérea para confirmar o atraso por escrito e guarde todos os recibos de qualquer coisa que você tenha que comprar devido ao atraso.

Bagagem e pertences: a apólice deve pagar pelo menos R$3.000 (recomendado um mínimo e R$5.000) se a sua bagagem ou objetos pessoais são perdidos, danificados ou roubados. Muitas seguradoras de viagens também colocar um limite para o pagamento por itens valiosos individuais, tais como câmeras e laptops. Os limites variam entre as seguradoras. Se alguém rouba o seu dinheiro enquanto você está de férias, o pagamento é novamente geralmente limitado. Para saber mais sobre a cobertura das bagagens em um seguro internacional de viagem você deverá perguntar diretamente ao corretor e confirmar as informações no contrato.

Responsabilidade pessoal: se você ferir alguém, talvez nas pistas de esqui, surfando, ou danificar a propriedade destas pessoas, eles poderiam fazer uma reclamação contra você. Por isso, é uma boa ideia ter cobertura de responsabilidade pessoal com um bom valor.

Assistência de emergência: muitas companhias de seguros oferecem uma linha de ajuda para emergências 24 horas, o que pode ser um salva-vidas, especialmente se você está em um fuso horário diferente.

Cobertura médica: você não quer acabar com uma alta conta médica se você estiver doente ou sofrer um acidente durante as férias. A maioria dos especialistas recomendam uma cobertura médica total, se você estiver viajando no exterior, o que deve incluir a repatriação em caso de necessidade de ser levado de volta para o seu país de origem. Vale lembrar que em certos países como os EUA, as contas de hospitais são responsáveis por levar várias famílias à falência.

Limites das apólices de seguro

Tome cuidado com as políticas de seu seguro pois alguns países podem não ser cobertos pela sua apólice. (Foto: www.insurancecorner.co.uk)

Gravidez não deve impedir que uma viagem, mas você terá que verificar os termos e condições de sua apólice. A maioria das empresas de viagens vai segurar as mulheres grávidas, embora normalmente apenas até cerca de 24 semanas de gestação. Você também pode ser coberto se você descobrir que está grávida enquanto estiver longe e precisa parar suas férias para voltar para casa.

É improvável que um seguro vá cobrir quaisquer condições médicas pré-existentes com uma apólice de seguro saúde viagem internacional padrão. Em outras palavras, se você tem asma e sofre um ataque nas férias que requer tratamento médico, a sua seguradora pode não pagar. Mas você deve sempre declarar quaisquer problemas de saúde quando você se aplica para o seguro saúde de viagem  ao exterior porque a não divulgação de todos os detalhes relevantes pode invalidar seu seguro. Algumas seguradoras especializadas cobrirão condições pré-existentes, embora o maior risco de uma reclamação é geralmente refletido em um prêmio mais caro.

Geral: alguns contratos vêm com limites mais generosos, mas você tem que perguntar a si mesmo se o extra é realmente necessário. Se não, você pode estar pagando mais para um seguro que você não precisa.

Os prós e contras de um plano de saúde internacional

Se você estiver indo para o exterior, você pode procurar por um plano de saúde internacional, que lhe dá direito a tratamento médico em hospitais. O plano de saúde pode ser útil em caso de emergência, mas não é um substituto para o seguro saúde internacional. Você tem que prestar bastante atenção se o plano é de co-participação ou se o plano cobre quaisquer custos.

Você também deve se lembrar que em alguns países, você pode ser atendido em urgência/emergência pelo sistema de saúde público, mas não é o caso para todos os países. Também é preciso lembrar que o padrão de hospitais do estado pode ser bem ruim em alguns países. Você também terá que pagar todas as despesas de repatriamento, o que inclui o custo de um voo para casa se você ficar doente ou sofrer um acidente durante as férias.

Como funciona o pagamento do prêmio no seguro viagem internacional?

É importante entender como o prêmio funciona em sua apólice de seguro de viagem, para que você não seja pego de surpresa. O prêmio é o montante que o segurado paga para qualquer pedido de reembolso. Então, se você tem um recibo de R$500 e o prêmio do seguro é de R$100, a seguradora iria te pagar R$400. Mas algumas políticas cobram prêmios diferentes para diferentes pedidos, e os custos podem crescer rapidamente. Por exemplo, se você foi assaltado, você poderia ser cobrado um prêmio de R$75 para despesas médicas, além de um prêmio de R$50 para a perda de objetos pessoais. Outras seguradoras podem cobrar apenas um prêmio por sinistro, que pode ficar muito mais barato.

Preciso de cobertura em todo o mundo?

A maioria das seguradoras cobrem ou lugares específicos ou o mundo inteiro, e você deve sempre verificar se é seguro viajar para o seu destino. Como é obrigatório na União Européia, seguros viagem internacional para a Europa são geralmente mais baratos do que aqueles que cobrem todo o mundo e, muitas vezes, os limites são estendidos da Europa para incluir países como Egito, Marrocos e Turquia. Se você estiver viajando para os Estados Unidos ou ao Canadá, certifique-se que está incluído em uma apólice mundial em caso de necessidade de fazer um seguro mais específico.

Garantindo a tranquilidade da sua família

O seguro viagem não é apenas uma obrigação, mas um companheiro para garantir a sua segurança e de sua família. (Foto: geobluetravelinsurance.com)

Seguro de viagem anual ou para única viagem?

Você pode comprar um seguro de viagem cada vez que você sair de férias, ou você pode optar por um seguro viagem plurianual, que normalmente cobre qualquer número de viagens dentro de um ano. Se você é um viajante regular ou você está planejando um feriado de longo prazo, uma política anual muitas vezes pode funcionar bem mais barato. Qualquer um que faz duas ou mais viagens por ano, ou quem está se dirigindo para um destino distante, pode economizar dinheiro em seu seguro de viagem, se optar por um anual em vez de um seguro para uma única viagem.

Pode ser o caso de que os níveis de cobertura, principalmente para despesas médicas, bagagem e cancelamento tendem a ser mais generosos em uma apólice de seguros anual. Se você é um viajante freqüente, também lhe dá a flexibilidade para organizar viagens de última hora, sem ter que se preocupar com o seguro.

Qual a duração da cobertura de um seguro de viagem internacional?

As seguradoras costumam colocar um limite para a duração das suas férias. Por exemplo, se você comprar uma apólice para uma única viagem, você será normalmente coberto por uma viagem que dura até 31 dias. Algumas empresas garantem férias mais longas como padrão, mas você deve sempre ler as letras pequenas do contrato antes de viajar. Se você está planejando uma longa viagem, como um ano sabático, você pode comprar seguro de viagem estendido, também conhecido como de longa permanência. Geralmente é válido para entre três e 18 meses e pode cobrir uma viagem em vários países. Muito usado por quem vai trabalhar ou estudar em programas de intercâmbio.

Cuidado com o seguro viagem internacional para a família

Muitas vezes, é mais barato comprar uma apólice para a família, se você estiver viajando com todos os seus filhos. Algumas seguradoras também oferecem cobertura grátis para as crianças menores. Mas confira os prêmios de um seguro viagem internacional para a família. Algumas empresas cobram o excesso para cada membro da família. Assim, se uma família de quatro pessoas teve que cancelar uma viagem, eles podem ter de arcar com 4 prêmios.

Seguro de viagem internacional para esportes e aventura

É importante verificar se há exclusões na sua apólice de seguro de viagem para que você não tenha uma surpresa desagradável quando se trata de fazer um pedido de sinistro. A maioria das empresas excluem atividades de risco. “Risco” pode significar atividades de férias comum, como passeios a cavalo e mergulhos. Se você está planejando umas férias de aventura, às vezes você pode comprar uma cobertura extra para atividades de risco. Ou você pode escolher uma apólice específica. Seguro de viagem internacional para esportes de inverno, por exemplo, é feito sob medida para os esquiadores e snowboarders, muitas vezes cobrindo equipamentos caros e passes de esqui. Mas você ainda precisa ler as letras pequenas do contrato, como os termos e as condições variam.

O seguro de viagem internacional para aventura é semelhante ao seguro para esportes de inverno e cobre os viajantes mais corajosos que se entregam nos gostos de bungee jumping, rafting e pára-quedas. Os prêmios são normalmente mais elevados do que para a cobertura padrão para refletir o maior risco de solicitação de prêmios. Mas muitas vezes vale a pena o preço pela paz de espírito que você terá.

Como escolher um seguro de viagem internacional para os viajantes mais velhos?

As pessoas mais velhas muitas vezes têm dificuldade em organizar a cobertura de viagem, mesmo que estejam em forma e são ativos. Algumas empresas se recusam a segurar qualquer pessoa com idade superior a 65 anos; outras cobram prêmios altíssimos onde o custo da cobertura pode mais do que o dobro, já que viajantes com 65 anos ou mais são estatisticamente mais propensos a fazer um resgate sobre o seu seguro de viagem, principalmente em um seguro saúde para viagem internacional.

Mas eles não devem se desesperar. Uma série de empresas especializadas para atender turistas mais velhos. As apólices muitas vezes incluem a cobertura para uma série de condições médicas pré-existentes comuns e limites mais generosos, especialmente para os pedidos médicos.

Cuidados com esportes radicais no exterior

Para quem vai praticar esportes radicais, um seguro mais abrangente se tornar extremamente necessário. (Foto: www.itij.com)

Seguro de viagem internacional de negócios

Qualquer um que vai para uma viagem de negócios devem se certificar de que eles têm seguro adequado no lugar. Políticas padrão, por vezes, incluem viagens de negócios, mas muitas vezes há restrições, muitas vezes relacionadas ao trabalho manual. Você pode estar melhor com uma apólice de viagens de negócios específica que inclui todos os tipos de trabalho no exterior, além de cobertura para equipamentos de escritório, tais como laptops. Sua empresa pode inclusive pagar pelo seguro na maioria dos casos.

Cobertura para quando ocorrer uma catástrofe

Problemas com as linhas aéreas, agitação civil e cinzas vulcânicas têm criado novas coberturas nos seguros de viagem internacional. A maioria das empresas não cobrem desastres naturais, mas você pode agora achar que sua política inclui proteção contra nuvens de cinzas, após a erupção de 2010 do vulcão na Islândia causou o caos para os viajantes.

Tumultos, terrorismo e distúrbios civis também pode atrapalhar os planos de viagem e algumas seguradoras oferecem cobertura em tais circunstâncias. Mas você deve ler as letras pequenas com cuidado. Se o Itamaraty desaconselha viajar para um país ou região em particular, então o seguro vai quase certamente se pagará. No entanto, se você está apenas um pouco nervoso de uma área que o Itamaraty considera seguro, então você pode não ser capaz de reivindicar este tipo de cobertura na sua apólice.

Mais segurados estão exigindo cobertura no caso de uma empresa de viagens pedir falência nestes tempos econômicos difíceis. Se você reservar um pacote de férias através de um operador turístico licenciado, normalmente você vai ser abrangido pelo nosso Código de Defesa do Consumidor. Mas muitas pessoas hoje em dia não reservam um pacote de férias. Em vez disso, podem reservar vôos através da internet e, em seguida, procurar alojamento adequado. Você deve procurar por estar protegido, se a companhia de trens, aviões, navios etc. entra em colapso.

Cobertura à greves é outra adição útil pois garante cobertura ao segurado no caso de sua viagem estar atrasadas ou cancelada como resultado de uma greve de uma categoria.

Você já tem alguma cobertura para viagens internacionais em alguma de suas apólices?

Se você está pensando em comprar um seguro de viagem, você deve primeiro verificar qualquer cobertura existente. Por exemplo, a política de conteúdo casa pode incluir o seguro para seus bens pessoais quando você estiver longe de casa. Se assim for, você não precisa necessariamente de cobertura de bagagem em sua política de viagens, por isso poderia poupar algum dinheiro com o prêmio.

Um número de contas bancárias e cartões de crédito premium também incluem seguro de viagem. Mas verifique o nível de benefícios, porque um seguro “gratuito” também pode ser muito básico. E cuidado com pacotes que incluem seguro de acidentes de viagem gratuitamente, pois este normalmente cobre apenas ferimentos graves em um acidente. Não paga se o segurado precisa de qualquer tratamento médico, se eles estão doentes, ou por perda de bagagem, cancelamento ou corte.

Ainda, vale verificar suas apólices de seguros de carros e casa aqui no Brasil para saber como lidar com eles no caso de uma viagem internacional prolongada. Afinal, nunca se sabe quando você precisará acionar seu seguro e uma linha de contato direta com sua seguradora direto do exterior te ajudará a te dar uma maior segurança.

Onde comprar seguro viagem internacional?

Depois de todas estas instruções, você deve estar se perguntando onde fazer um seguro viagem internacional. Seu agente de viagens, muitas vezes, tentará vender o seguro quando você está a organizar a sua viagem. Se você reserva um bilhete com uma companhia aérea de baixo custo ou com uma empresa de viagens online, você também vai muitas vezes ser perguntado se você quer o seguro. Pode ser conveniente comprar uma política de viagens com o seu bilhete de avião, mas é muitas vezes mais caro. Você também pode achar que a cobertura é insuficiente para as suas necessidades, não funcionando como um seguro saúde viagem internacional, por exemplo. Por isso é sempre uma boa ideia para comparar uma série de coberturas antes de tomar uma decisão.

Alguns serviços online oferecem uma ótima maneira de comparar as cotações de seguro de viagem e encontrar a melhor apólice com o melhor preço para você. Você pode também, em última instância, conversar com um corretor de seguros para que ele encontre o melhor seguro de acordo com suas necessidades. Pode sair um pouco mais caro, mas o corretor é um profissional especializado que poderá encontrar aquele seguro que não é demais, nem de menos, mas o seguro de viagem ideal para suas necessidades.

Considerações Finais sobre os seguros de viagem internacional e os seguros de saúde internacionais

Aqui, deixamos algumas respostas e instruções para quem vai fazer um seguro de viagem internacional.

Qual melhor seguro saúde para viagem internacional ou qual o melhor seguro viagem internacional? Aquele que atende às suas necessidade e cabe no seu bolso. No Brasil, todas as seguradoras são fiscalizadas pelo Governo e devem ter um padrão de atendimento e qualidade para se manterem no mercado. Porém, pode ser melhor optar por marcas mais conhecidas, já que elas podem ser mais flexíveis na hora de fazer seu seguro.

Seja responsável quando no exterior. Cuide de seus pertences enquanto você está de férias. Se você deixar suas bolsas sem vigilância, por exemplo, a empresa pode legitimamente recusar um pedido de roubo. Muitas seguradoras também pedem um boletim de ocorrência de qualquer crime. E todos nós gostamos de tomar uma bebida nas viagens, mas não se empolgue demais. As seguradoras muitas vezes se recusam a pagar as indenizações se você estava bêbado ou sob a influência de drogas.

Planeje o seu dinheiro de viagem com antecedência.Deixando para comprar o seu dinheiro de viagem no último minuto pode deixá-lo mais pobre. A casa de câmbio em aeroportos geralmente vai fazer você pagar muito mais pelo seu dinheiro do que comprar o seu dinheiro online ou em casas de câmbio na sua cidade. Cartões pré-pagos e de crédito são uma ótima alternativa ao dinheiro. Eles muitas vezes oferecem taxas de câmbio competitivas, enquanto cobram uma taxa de IOF relativamente baixa pela segurança por eles oferecida.

Verifique os prazos do seu passaporte e visto. Antes de viajar, certifique-se sempre de que seu passaporte é válido por seis meses após a data em que pretende retornar ao país. Sempre verifique se os destinos para onde você está viajando requererem um visto, estes podem levar algumas semanas para ser organizados, de modo que você terá que fazer isso o mais cedo possível para evitar qualquer possível interrupção em seus planos de viagem.

Dirigir no exterior. Se você pretende dirigir no exterior, você precisa de uma Permissão Internacional para Dirigir. Lembre-se que ela não é válida em todos os país e você precisará pesquisar se o seu país de destino aceita PID.

Seguro saúde internacional e seguro viagem internacional dos cartões Platinum. Quem paga por cartões Platinum pode se ver em vantagem com os seguros de viagem inclusos neste tipo de cartão. Porém, o cartão pode não cobrir algumas especificidades de sua viagem e você precisará de um seguro extra para cobrir estas necessidades.

Quanto custa um seguro saúde ou viagem internacional? É complicado dizer um preço ou faixa de preços para uma apólice de seguro. Isso vai variar muito, podendo ir de uma apólice gratuita (inclusa na mensalidade dos cartões Platinum, por exemplo) até uma que custe alguns milhares de reais (você está viajando com jóias preciosas, por exemplo). Nesse quesito, é importante que você compare bastante e saiba negociar com todas as seguradoras e corretores possíveis.

Use o gerente de seu banco. Se você tem uma boa relação com seu banco ou instituição financeira, é uma boa conversar com seu gerente para conseguir descontos em apólices de seguros. Você pode ir aos sites de comparação de seguros e pedir um desconto na negociação com seu gerente, que irá te encaminhar ao setor responsável por seguros.

Tenha bom senso. Um seguro viagem para a Europa pode ser barato, mas cobrir apenas o mínimo e ser uma grande dor de cabeça para ser acionado. Os seguros saúde internacional para estudantes de bancos podem ser uma boa opção para quem precisa transferir recursos aos seus filhos no exterior, já que alguns bancos brasileiros já tem unidades lá fora e juntar todos os serviços que você precisa em um lugar só pode facilitar bastante. Para isso, você precisará do bom senso, a pesquisa, a comparação e um bom tempo dedicado à sua escolha.

Não deixem de relatar suas experiências com apólices de seguros nos comentários abaixo. Todo comentário é bem vindo e poderá ajudar a todos nós!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)