O Brasil, apesar de estar se tornando um gigante no mercado global, é ainda um país de desigualdades. Além destas desigualdades, temos também salários pífios, problemas com empregadores que abusam de seu poder, qualidade de vida ruim e muitos outros fatores que eu poderia passar dias enumerando. Por estes motivos, muitos querem sair de nosso país para tentar oportunidades fora daqui, em lugares como EUA, Canadá, Inglaterra, países europeus, países asiáticos e outros.

Porém, para poder morar e trabalhar fora de nosso país, o processo não é tão fácil quanto imaginamos e vai exigir um pouco de pesquisa e dedicação de sua parte.

Para quais países eu posso tentar obter visto de trabalho?

Basicamente, você pode tentar o visto de trabalho para qualquer país no exterior. Os destinos mais procurados e concorridos, assim como também os destinos com as melhores oportunidades são:

  • Estados Unidos;
  • Canadá;
  • Irlanda;
  • Japão;
  • China;
  • Austrália;
  • Países da União Europeia.

Suas opções não estão limitadas a estes países. Nosso artigo irá falar da obtenção de vistos de trabalho de forma global, falando dos critérios que a maioria dos países utiliza para aceitar ou não um trabalhador estrangeiro em seu território.

Quais os primeiros passos para obter o visto de trabalho no exterior?

O primeiro passo é se tornar fluente pelo menos no inglês, seja para qual país que você esteja tentando viajar. O segundo, mas não menos importante, é se tornar fluente na língua nativa do país, algo que conta muitos pontos para a obtenção do visto.

Os demais passos irão depender do tipo de visto que você pretende obter, algo definido pelo Ministério de Turismo ou outro órgão responsável de cada país para a emissão de vistos a estrangeiros. Uma boa base para os tipos de visto de trabalho que você pode obter são os vistos emitidos pelos EUA para estrangeiros. Mas melhor ainda é você acessar o site do consulado de cada país e a partir de lá pesquisar as exigências para cada país.

Existem muitos sites que mostram vagas de emprego para vários diferentes cargos no exterior. Pesquise por estes sites e comece a entrar em contato com possíveis empregadores. Eles são sua porta de entrada no mercado de trabalho no exterior e também a garantia do seu visto de trabalho.

Pesquise sobre a cultura do seu país alvo, empresas, mercado de trabalho, brasileiros que já trabalham nestes países. Acesse comunidades de pessoas que foram trabalhar fora do país e busque por muitas informações. Isso vai te ajudar na hora da entrevista e também a descobrir formas de entrar nesses países com maior facilidade. Conhecer os tipos de visto possíveis pode ser também um bom começo para direcionar melhor seus esforços.

Visto para trabalhar no exterior

O visto de trabalho não é tão impossível de ser tirado assim. Porém, vai exigir muito trabalho e pesquisa de sua parte. (Foto: www.usacorporate.com)

Tipos de visto de trabalho no exterior

Vamos dar uma olhada nos tipos de vistos e as exigências de cada um deles. Note que estes vistos são os básicos para trabalho nos EUA. Para outros países pode haver diferenças.

  • Vistos de visitante de intercâmbio: disponíveis para as pessoas aprovadas para participar no trabalho e programas de intercâmbio com base em estudos;
  • Vistos de Trabalho Temporário (Não-Agrícolas): disponíveis para trabalhadores estrangeiros em áreas não agrícolas para trabalhar no exterior, uma vez que há um número insuficiente de trabalhadores domésticos para ocupar o cargo. São geralmente usados ​​para os trabalhos que são temporários, embora não agrícolas como, por exemplo, empregos em montanhas de esqui, resorts de praia ou parques de diversões;
  • Vistos de trabalho temporário (trabalhadores qualificados): para os indivíduos qualificados, educados e empregados em ocupações especializadas. Permite que os trabalhadores estrangeiros trabalhem temporariamente para um empregador específico;
  • Vistos de trabalhador rural sazonal: disponíveis para os trabalhadores agrícolas estrangeiros para trabalhar no exterior, uma vez que haja uma escassez de trabalhadores domésticos;
  • Green Cards ou equivalente: é possível tornar-se um residente permanente através de um trabalho ou oferta de emprego. No entanto, algumas categorias exigem uma certificação do Departamento de Trabalho do país para mostrar que não há o suficientes trabalhadores na área que são capazes, dispostos, qualificados e disponíveis na área geográfica onde o imigrante deve ser empregado e que os trabalhadores nativos não são deslocados por trabalhadores estrangeiros;
  • Loteria do Green Card ou equivalente: o programa de Loteria do Green Card (Programa de Diversidade de Vistos de Imigrantes) é uma oportunidade para potenciais imigrantes para obter o status de residente permanente legal dos EUA. Este programa é executado a cada ano e oferece 50 mil “Green Cards ” para os candidatos selecionados aleatoriamente em um processo de sorteio conhecido como Loteria do Green Card. Alguns países podem ter processo semelhante.

Há alguma forma GARANTIDA de conseguir meu visto de trabalho?

100% garantida não, mas a forma mais próxima da garantia é receber um convite de trabalho no exterior, confirmado com carta e até o contrato assinado da empresa para a qual você vai trabalhar. A partir daí, conseguir o visto fica mais fácil. Porém, todos os fatores dos tipos de visto acima são levados em consideração, como a disponibilidade de trabalhadores qualificados no país de origem da empresa.

O problema maior do visto é que muitas vezes, os critérios para eles serem obtidos são muito subjetivos por se tratar de uma entrevista. Você pode levar dados, contratos assinados e muitos outros documentos que ainda pode não ser o suficiente. Veja histórias na rede e você verá que muitas pessoas tiveram o visto negado por um entrevistador apenas para serem aprovados pouco tempo depois por outro entrevistador.

Considerações finais

Alguns cargos de trabalho tem mais facilidade em um país do que outros. A exemplo, profissionais da saúde são muito requisitados no Canadá, que tem uma população envelhecendo bem rápido. Estruturas familiares sólidas, como casais com filhos também ganham em relação a solteiros. Sua pesquisa vai te ajudar a encontrar oportunidades e assim, descobrir como tirar seu sonhado visto de trabalho no exterior.

Você já tentou tirar um visto? Conseguiu? Qual foi o motivo de recusa do visto, se não conseguiu? Compartilhem suas experiências para que possamos descobrir um pouco mais do processo de visto de trabalho no exterior.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)