Ao buscar um financiamento, você pode encontrar tanto um que pode oferecer “o melhor dos termos” quanto “o pior dos termos” dependendo de vários fatores. Enquanto empresas continuam a fornecer empréstimos para bens de consumo, como carros e até eletrodomésticos, o aumento da concorrência entre os bancos e instituições de crédito oferece aos consumidores uma grande variedade de opções de financiamento. Escolher o financiamento certo vai demandar paciência, várias comparações e visitas a vários bancos e instituições de crédito.

Pesquise antes de começar a comparar

Comece por investigar a atual gama de taxas de empréstimo e o máximo de financiamento que você pode obter antes de decidir qual financiamento pegar. Saiba quanto o seu pagamento mensal vai aumentar para cada R$1.000 no financiamento. Este conhecimento permite-lhe determinar o quanto você pode gastar e ainda permanecer dentro do seu orçamento.

Isso é necessário para filtrar os financiamentos mais pesados no bolso e aqueles que proporcionam os piores negócios. A ideia é que você tenha uma lista extensa, mas que na hora de comparar na reta final que você fique com apenas um ou dois que realmente tem as melhores taxas.

Não deixe de procurar também opções de empréstimo pessoal. Muitas vezes eles tem taxas menores do que os financiamentos, mesmo tendo limites menores que os financiamentos.

Escolha o que você quer financiar dentro das suas capacidades financeiras

Escolha o produto que você pretende comprar antes de começar a comparação final. Estabeleça limites para a quantidade de financiamento que você vai buscar, o valor de entrada que você vai dar, se você vai dar uma entrada um bem de consumo (ex.: dar seu carro usado como entrada para comprar um novo), se você vai poder amortizar as parcelas. Esses fatores muitas vezes influenciam as taxas de juros e outros elementos das ofertas de financiamento que serão oferecidas pelos credores. Trazê-los logo de cara vai te ajudar a separar o joio do trigo.

Busque oportunidades

Financiamentos são parecidos com empréstimos, com a diferença de que o primeiro é oferecido diretamente para a compra de um produto. Isso significa que financiamentos também estão atrelados a promoções e oportunidades únicas, diferentemente dos empréstimos, que quase nunca entram em condições especiais.

Verifique promoções para financiamento em campanhas agressivas que podem oferecer 0 por cento de juros, dinheiro de volta, itens extras, melhorias no produto e mais. Estas promoções são geralmente anunciadas na televisão, jornais impressos e online. Estas oportunidades podem até não ser de seu interesse, mas podem ser usadas como vantagem na hora de negociar o empréstimo ou financiamento com outro banco ou instituição financeira.

Comparando financiamentos

Pesar os financiamentos em uma balança significa colocar o tempo, juros e muitos outros fatores em consideração. (Foto: www.life123.com)

Volte sempre para quem já te ofereceu uma condição especial

Você deve colocar quem está te oferecendo o financiamento em competição constante. Assim, você consegue melhores condições, descontos, maiores limites. O que eles querem é seu dinheiro, e irão te oferecer de tudo para que você opte por eles. Quando um deles ceder, volte a outro que também ofereceu um financiamento ou empréstimo e peça para cobrir a oferta. Faça isso com todas as ofertas que você tem até que você tenha duas que pode comparar bem.

Como comparar 2 opções de financiamento entre si?

Com diferentes condições do empréstimo, prazos e pagamentos mensais, encontrar o melhor negócio pode dar algum trabalho. Há algumas coisas básicas a considerar e analisar antes de escolher o empréstimo perfeito para você, considerando que você já realizou as etapas acima e está com 2 ou 3 financiamentos para comparar em mãos.

Prazo do empréstimo em anos

Compare as diferentes condições do empréstimo e, quando possível, escolha o prazo do empréstimo mais curto disponível para você. Um empréstimo de prazo mais curto, provavelmente irá aumentar seus pagamentos mensais, você vai encontrar-se pagando uma menor quantidade de juros no longo prazo. Se por algum motivo, o prazo do empréstimo mais curto vem com uma taxa mais elevada, então você pode considerar tomar o empréstimo de longo prazo, mas fazer pagamentos maiores para amortizar a dívida total.

Custo Efetivo Total/CET Ao Ano

O CET é um dos fatores mais importantes a considerar na determinação de qual empréstimo é o melhor. Para alguns tipos de empréstimo, comparar as taxas de juros é apropriado, mas o CET é um número melhor para revisão. Esse valor te dará, em porcentagem, quanto sobre o montante inicial você irá pagar ao ano. No custo efetivo total estão inclusos:  taxa de juros, tributos (IOF), registros (despesas cartorárias e pagamento de serviços de terceiros no caso de financiamento de veículos).

Na hora de comparar financiamentos, isso significa que um empréstimo que tenha menos de 2% de juros e taxas de registros que deixam o valor total dele mais caros do que um empréstimo que tenha 3% ou até mais de juros mas custos mais baratos. Por isso, o CET vai te ajudar a calcular o valor total do financiamento no longo prazo.

Vale lembrar que o CET pode ser calculado por ano ou pelo financiamento total, sendo cabível a você encontrar essa informação com a instituição responsável pelo financiamento.

Usando informações para negociar financiamentos

Anote sempre todos os dados que te passarem sobre financiamentos para poder comparar e negociar melhores condições. (Foto: homeguides.sfgate.com)

Montante total devido

O montante total devido inclui o valor original emprestado acrescido de juros e taxas. Tente escolher o empréstimo com a menor quantidade de dinheiro em dívida ao longo de todo o prazo, se você puder arcar com os pagamentos mensais.

Pagamento mensal

Finalmente, olhe para os pagamentos mensais para ver o valor que você terá que pagar a cada mês. Enquanto alguns financiamentos com taxas de juro variáveis ​​podem proporcionar um pagamento mensal mais baixo do que outros empréstimos, certifique-se que você não está deixando de comparar outras opções. Se você está esticando-se financeiramente com pagamento só de juros ou outro tipo de empréstimo de baixo pagamento mensal, re-avalie exatamente o que você pode pagar. Em geral, tome o empréstimo com a menor taxa de juros/CET e prazo do empréstimo, desde que você possa arcar com o pagamento mensal.

Considerações Finais

Entenda que nem todos os consumidores são tratados igualmente. Quanto melhor o seu relacionamento com a instituição, melhores serão as opções de financiamento melhor para as quais você pode se qualificar. Lembre-se também que uma vez que você tiver os dados dos financiamentos em mãos, você pode usar várias calculadoras online para ver quanto irá pagar por mês e também no longo prazo.

Tem mais dicas para comparar financiamentos? Deixe nos comentários suas dicas para mais leitores poderem conseguir melhores condições de empréstimo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)