Vale a pena ficar 10 anos pagando sua casa própria?

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

Dez anos, vinte anos, trinta anos. Estes são alguns prazos para pagar o parcelamento da casa própria, na maior parte das instituições financeiras. As parcelas são baratas, cabendo no bolso de praticamente qualquer um e ajudando aqueles que não tem condições a realizarem o sonho da casa própria. Porém, um questionamento bem válido a ser feito é se realmente vale dedicar anos e anos de sua vida para pagar tais parcelas.

Publicidade

Publicidade

Levar em consideração uma boa estratégia de pagamento e estabelecer um planejamento pode ajudar a definir se vale ou não ficar 10 anos ou até mais tempo pagando pela sua hipoteca. Vamos ver o que considerar para ver se realmente vale a pena:

Anote o seu orçamento

Além das parcelas e do valor de entrada, saiba quanto extra que você vai pagar em sua hipoteca e quando você vai fazer de pagamentos. Você tem muitas opções na hora de escolher quando fazer os pagamentos extras. Você pode fazer grandes pagamentos extras anuais, trimestrais ou fazer pagamentos extras a cada mês. Se você receber um bônus anual ou trimestral ou comissão que pretende usar, considere fazer um grande pagamento de uma só vez e não mensalmente. Todos os dias que você deve dinheiro é outro dia em que o credor recebe juros. Considere também que haverá custos com documentação e transferência de propriedade.

Examine o resto do seu orçamento para as áreas que você pode cortar temporariamente a fornecer mais dinheiro para os pagamentos da hipoteca. Seja criativo e busque economizar para poupar mais dinheiro.

Publicidade

Publicidade

Caro preço da casa própria

Realizar o sonho da casa própria é ótimo. Mas é um preço muito caro a se pagar pelo seu sonho. (Foto: comofas.com)

Lembre-se constantemente do objetivo de comprar uma casa própria

Se você estiver trabalhando horas extras ou está procurando um segundo emprego, isso pode ajudar a mantê-lo motivado. Use adicionais de férias e o 13º salário para fazer os pagamentos extras e diminuir o número de parcelas. Coloque lembretes em agendas, geladeiras, monitores e mais, lembrando sempre que cada centavo poupado é mais um centavo que você poderá investir no pagamento de sua casa.

Publicidade

Faça do pagamento extra uma regra, e não uma exceção

Publicidade

Quanto mais vezes você antecipar os pagamentos, menos juros irá pagar no final das contas. Portanto, todo dinheiro que aparecer a mais na sua vida pode e deve ser direcionado para os pagamentos.

Não atrase pagamentos

Ou você terá de lidar com multas e acúmulo de juros, podendo inclusivo perder seu imóvel se atrasar muitos pagamentos.

Publicidade

Publicidade

Considerações finais: vale a pena ficar por anos pagando sua casa própria?

No final do prazo total de pagamentos, você vai ter desembolsado aproximadamente o valor de uma casa e meia, contabilizando os juros. Isso não é nem um pouco positivo. Se você não tem dinheiro para uma entrada maior ou pagar o imóvel a vista, não tem como escapar de pagar o imóvel no longo prazo, com muitos juros. O dinheiro desembolsado, ao contrário de um aluguel, pelo menos terá destino em um investimento, ou seja, você verá esse dinheiro de volta. Mas com certeza, ainda é um investimento de baixo retorno, dado que há um alto valor de juros embutidos que tornam o investimento na casa própria lucrativo para os bancos através da exploração da inocência e necessidade do povo brasileiro. Vale a pena investir. Mas poderia ser algo muito melhor, se os bancos não explorassem o pobre brasileiro.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário