A decisão de alugar ou comprar é claramente uma questão complicada. Aqui estão quatro fatores que você precisa considerar antes de decidir se aluga ou compra uma residência:

Custo

De um modo geral, alugar é mais barato e tem menores barreiras à entrada do que comprar uma casa comparável no mesmo bairro. Tudo se resume ao fator custo, e você precisa perceber que a habitação é um custo relacionado a um abrigo, não um investimento.

Por outro lado, os aluguéis de apartamentos estão em alta, as taxas de hipoteca historicamente baixas graças a taxas de juros mais acessíveis e preços em conta graças à explosão de imóveis, fazendo a compra mais acessível. A apreciação dos imóveis é uma possibilidade, se não uma garantia, principalmente no atual cenário brasileiro. Se você pode se qualificar para um empréstimo, faz mais sentido do ponto de vista financeiro, comprar uma casa para ser o seu desenvolvimento de capital e aumentar o seu patrimônio líquido.

Além disso, algumas comunidades/cidades/bairros têm muito poucas habitações para aluguel, o que significa que a compra pode ser sua única opção.

Seu cronograma

Se você está planejando se mudar dentro de alguns anos, você pode não querer suportar os custos de compra de uma casa. Mas se você pretende ficar em um lugar só, a compra pode fazer mais sentido. Se você vai ficar em uma comunidade onde você quer criar uma família e onde você planeja estar toda a sua carreira trabalhando e até sua aposentadoria, o equilíbrio realmente pende a favor da casa própria.

Ainda assim, a decisão deve ser pessoal, e regras de ouro, como a de que você deve comprar o imóvel se você pretende ficar mais de cinco anos, não são tão válidas atualmente.

Compra ou aluguel de imóveis

Reflita bem antes de decidir assumir o compromisso financeiro da compra de um imóvel. Pode ser o seu maior erro ou maior acerto. (Foto: divulgação)

Flexibilidade

Não só a compra pode limitar sua capacidade de cortar suas despesas de acomodação, como você pode não ser capaz de buscar oportunidades de habitação para mais longe, se você se transferido ou perder o emprego. Com a oferta crescente de imóveis pela construção civil, a tendência é que o mercado chegue a ponto de estagnação, onde os preços param de aumentar e começam a cair devido ao aumento da oferta e a diminuição da demanda. Além disso, se a sua casa diminuiu em valor, você pode ter que desembolsar dinheiro para vendê-la. Pegar e mudar para outra cidade pode ser muito mais difícil para quem é proprietário de um imóvel.

Quando você compra uma casa, você não tem a mesma flexibilidade e mobilidade que você pode obter ao alugar uma residência. Isso é uma enorme consideração quando você está decidindo se alugar ou comprar.

Preparação para a casa própria

Muitas pessoas gostam de manter suas casas. No entanto, consertos em casa, paisagismo e melhorias ocasionais são caros e demorados. Muitas pessoas compram casas que percebem como bons investimentos apenas para perceber mais tarde que não tem tempo ou dinheiro para fazer mudanças na residência. Você precisa ser brutalmente honesto com você mesmo sobre a sua capacidade de realizar essas coisas, e quanto tempo e dinheiro que vai tomar

Depois de considerar esses fatores, você deve estar mais perto de fazer uma decisão sábia sobre a possibilidade de alugar ou comprar. Se você pensar pelo lado do investimento, pode ser mais rentável investir no mercado financeiro. Mas como a decisão é algo muito pessoal, fica a seu cargo preferir investir o dinheiro em outras fontes ou comprar uma residência.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)