Técnicas de investimento: 80/20!

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

Alguns anos atrás, quando eu estava estudando Pedagogia Empresarial, fui apresentado a um caso de uma equipe de pessoas trabalhando em um projeto com um objetivo bastante simples: manter clientes por mais tempo. Por mais de dois anos, um dos membros da equipe era perguntado de como as coisas estavam progredindo. A resposta típica era “isso é muito complicado. Estamos tentando classificar cada cliente e prever quando eles estão propensos a nos deixar. Uma vez que fizermos isso, teremos de descobrir por que eles são suscetíveis de nos deixar. E então…”. Não preciso dizer que o projeto nunca foi concluído, de acordo com a professora que relatou o projeto. Todo esse tempo e esforço desperdiçado. Foi aí então que a professora nos apresentou  o “80 / 20”.

Publicidade

Publicidade

Basicamente, o 80/20 ensina a primeiro concentrar o esforço em apenas um número relativamente pequeno de clientes que geram a grande maioria dos lucros para a empresa e lidar com os clientes menos rentáveis ​​depois. Na verdade, para a maioria das empresas de 80% dos lucros vêm de apenas cerca de 20% dos seus clientes.

A regra 80/20 na Natureza

Mas a “regra 80/20” (também conhecida como o “Princípio de Pareto” ) não se aplica apenas aos clientes e lucros. A regra, que afirma que 80% de um resultado geralmente é determinado por apenas 20% das entradas, é válida para um número surpreendente e variedade de coisas, como:

Nem sempre dá certo exatamente 80% e 20 %, mas o princípio é geralmente uma boa regra de ouro.

Eu gosto da regra 80/20 porque ele pode nos ajudar a gerir as coisas de forma mais eficaz . Coisas importantes e essenciais como as nossas finanças.

A regra 80/20 e seu dinheiro

Concentrando-se em apenas alguns ativos e passivos de alto impacto e o fluxo de caixa associado com eles, pode-se pagar dividendos consideráveis​​. Por outro lado, se você gastar todo ou a maior parte do seu tempo ao tentar gerenciar centenas de menores despesas diárias, todo esse esforço apenas impacta cerca de 20% de sua situação financeira global. Isso não é um uso muito eficiente de seu tempo.

80% de sua riqueza das famílias geralmente vem de apenas cerca de 20 % de seus ativos

Quais são alguns dos itens de alto impacto? Para a família média, dois ativos contas imobiliárias (hipoteca) e de aposentadoria compõem 80,7 % do patrimônio líquido do agregado familiar. Então, essas certamente devem ser as áreas de foco para sua criação de riqueza.

Publicidade

Publicidade

Vamos dar uma olhada em como você pode aumentar o valor da propriedade imobiliária e suas contas de aposentadoria. Tenha em mente que você pode cultivá-las de duas maneiras: aumentando o valor do investimento ou pela redução de custos que lhes estão associados. Vamos começar com o setor imobiliário.

Maneiras de crescer seu patrimônio imobiliário

A maneira mais fácil de crescer equidade em sua casa é a compra de uma casa que você pode pagar e manter. Mas se você já está em uma casa, você tem várias estratégias para aumentar a equidade.

Pagamento antecipado da hipoteca

Esta é a opção com “maior retorno para os investimentos”. Você pode realizá-la por qualquer refinanciamento de uma hipoteca de curto prazo ou mantendo o seu empréstimo existente e fazer pagamentos principais adicionais sempre que puder. Refinanciando uma hipoteca de 30 anos para um prazo de 15 anos, não só você pode economizar em pagamentos de juros, mas também permite a você pagar os anos de empréstimo mais cedo. Possuir o ativo (a sua casa) mais cedo aumenta o seu patrimônio líquido, que então libera fluxo de caixa substancial por não ter mais pagamentos de hipoteca!

Declaração do imposto de renda ajustada

Em alguns casos, como aconteceu nos EUA, as casas de uma certa região podem cair drasticamente de valores. Nestas situações, os valores avaliados usados ​​para determinar as taxas de impostos não foram devidamente ajustados ou eles podem ter outras imprecisões. Fazer uma atualização dos valores pode valer a pena e te poupar bons recursos em impostos por mês.

Usando a regra 80/20 para otimizar as finanças

A regra 80/20 simplifica a forma como olhamos para nossas finanças nos ajudando a focar no que realmente importa para otimizar nosso fluxo de caixa. (Foto: simplify360.com)

Reduza seu seguro imobiliário

Publicidade

Nunca é demais rever não apenas a quantidade que você está pagando pelo seguro residencial, mas também o que é coberto. A última coisa que você precisa é ter a sua casa a ser seriamente danificado e, em seguida, aprender que o seu seguro não vai cobrir isso. Além de obter todas as informações do seguro, não se esqueça de também pedir a sua operadora e concorrentes sobre suas múltiplas políticas de descontos.

Publicidade

Reduzindo a casa

Se você comprou uma casa que é maior do que você precisa com uma hipoteca que é muito mais cara do que você pode pagar, você vai experimentar uma condição conhecida como “casa de pobre”: quando o custo de uma hipoteca + impostos + seguro + manutenção + reparos para este ativo esgota todo ou quase todo o seu dinheiro, que o impede de aproveitar outras oportunidades de avançar financeiramente. Então, sua solução é fazer o “downsizing” (redução) para uma casa menor pode como sua melhor opção.

Mover para uma produtora de renda

Se possuir e gerir uma propriedade multi- familiares é para você, ofereça uma oportunidade de melhorar significativamente a sua posição de fluxo de caixa e faça crescer o seu capital mais rápido porque os inquilinos estão ajudando a pagar a hipoteca. Você pode até ser capaz de coletar renda mensal a partir de uma casa de família se a sua residência principal tem espaços separados que podem ser alugados. Você pode alugar garagens, também.

Maneiras de crescer suas contas de aposentadoria

Mais uma vez, a estratégia aqui é maximizar o seu investimento, tanto em termos de reais e opções de investimento quanto em reduzir os custos associados sempre que possível.

Maximize contribuições

Não há melhor fonte de poupança do que dinheiro grátis. Isso é o que você está recebendo, se o seu empregador tem um plano de previdência, ações para empregados ou conta poupança programa correspondente. Então não se esqueça de otimizar seu trabalho para receber quantidade máxima do empregador. Pode não colocar dinheiro no seu bolso agora, mas ganhar no jogo de riqueza e de fluxo de caixa não é sobre a gratificação imediata. E o mais importante é complementar contribuições como a do INSS com mais recursos que te possibilitem aposentar com o teto.

Invista em Ações

Os ricos compram ações. Para o rico, o investimento bom era o fator número um para ajudá-los a atingir seu status financeiro. Por quê? Porque o crescimento do mercado de ações ao longo do tempo supera a inflação.

Publicidade

Publicidade

Inclua ações que pagam dividendos em sua carteira

Algumas ações têm a vantagem de potencialmente crescerem em valor ao longo do tempo, dando mais geração de renda na forma de dividendos. Numa altura em que investimentos de renda fixa e conta poupança tem juros inferiores a 1%, as ações com pagamento de dividendos de 2% ou 3 % podem ser algo para você considerar em sua carteira de aposentadoria, já que o fluxo de caixa de contas das empresas muitas vezes é melhor para salvar os dividendos de ações para uso posterior. Na verdade, reinvestindo os dividendos de volta em estoque pode aumentar ainda mais o crescimento.

Mantenha suas taxas baixas

Taxas que você paga que estão associados com a gestão de seus investimentos podem, com o tempo, se somar em muitos milhares de reais e retardar o seu progresso no caminho para a independência financeira. Estes custos incluem a aposentadoria e taxas de administração de fundos de investimento, taxas de negociação, taxas de Consultor Financeiro e de impostos. Então vale a pena gerenciá-los com sabedoria. Compare corretoras de valores e procure aquela com as menores taxas e melhores condições para otimizar seus ganhos financeiros.

Considerações finais

Numerosas pequenas despesas também importam e não devem ser negligenciadas. Essa é a boa gestão do orçamento. Mas identificar e otimizar os poucos ativos e passivos que determinam a maior parte de seu sucesso financeiro global é que forma um excelente planejamento financeiro.

Você pode pensar em quaisquer outras formas de maximizar o valor de sua poupança de aposentadoria e imobiliária? Quais são seus outros ativos de alto impacto? Você está tomando medidas para otimizá-los?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário