Índice Bovespa! O que é e para que serve?

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

 

Publicidade

Publicidade

Todas as bolsas de valores no mundo tem um índice para acompanhar o desempenho das principais ações listadas. No caso da bolsa de valores brasileira, o índice que aqui é utilizado é o Ibovespa. O problema é que mesmo entendendo o básico de seu funcionamento ou sua função, as pessoas, num geral, não sabem para que ele serve, ou como ele é calculado.

Índice Bovespa: empresas e o que é

Basicamente, o Ibovespa é um indicador que reúne uma média indicando as cotações dos ativos de maior negociabilidade e representatividade do mercado de ações no Brasil. Em outras palavras, reúne informações sobre as ações das maiores empresas brasileiras listadas na bolsa de valores, aquelas que tem mais ações negociadas e tem mais valor de mercado.

Quais empresas estão no Índice Bovespa?

Publicidade

Publicidade

Apesar de podermos confirmar sempre algumas empresas dentro das medições do Índice Bovespa, não podemos garantir a pontuação do índice, e nem todas as empresas que vão entrar no cálculo. A ação de uma empresa entra no Ibovespa quando suas ações:

Traduzindo, o Índice Bovespa, após ser devidamente calculado, vai corresponder a cerca de 80% do volume de negociações no mercado de ações brasileiro, mas isso corresponderá a pouco mais de 60 ações. A cada ação é dada uma pontuação de acordo com uma fórmula que considera também o peso da ação para a carteira em volume e valor. Essa pontuação então se torna o Índice Bovespa.

O que é o índice Bovespa

O Ibovespa é um indicador usado para mostrar a saúda das principais ações listadas na Bovespa, e é usado por investidores para orientar seus investimentos. (Foto: economia.culturamix.com)

Publicidade

Para que serve o Ibovespa?

Publicidade

O Ibovespa serve como um padrão que orienta investidores sobre a saúde do mercado de ações brasileiro. Para fazer isso com o máximo de exatidão possível, é necessário desconsiderar ações que tem um valor ínfimo e que sejam pouco negociadas, pois essas não influem muito o mercado, logo de cara. Agora, quando estamos falando de 80% das ações (em volume) listadas na Bolsa, a margem de erro diminui, e os impactos de mercado são muito sentidos pelas empresas no Ibovespa, o que dá ao índice mais realista

Como usar o Ibovespa para investimentos?

O Índice Bovespa, assim como os famosos índice Dow Jones e Nasdaq, são termômetros do mercado financeiro. Eles não são, em hipótese alguma, a única forma de analisar o risco ou se um dado investimento é bom ou ruim. Mas são, necessariamente, o principal termômetro para saber o que esperar do mercado de ações. Um investidor inteligente deve usar os índices para orientação, não como um oráculo dos milagres financeiros. A pontuação do Ibovespa vai mostrar um retrato de um dado momento financeiro, em tempo real, para que o investidor tome a decisão de ficar ou continuar com seus investimentos, realocar sua carteira ou mantê-la da sua forma. O índice Bovespa passa  ser então um elemento crucial na criação de uma gestão de risco eficiente para

Mas para investir em ações eu tenho que usar o Índice Bovespa?

Publicidade

Publicidade

Mais ou menos. Como dissemos o índice Bovespa faz parte da gestão de risco de investimentos em ações, que já são de alto risco. O problema do índice Bovespa é que ele é um indicados extremamente generalista, e que não vai ajudar muito na montagem da sua própria carteira, e a fazer sua própria gesta de risco. Afinal, não dá pra fazer uma carteira com 60 ações de empresas, mas dá pra escolher algumas delas e acompanhá-las. Vale lembrar que as ações de muitas empresas também podem variar muito em um mesmo ano, geralmente por conta de resultados do varego, resultados sazonais (seca, chuva, vendas de natal, etc), dentro vários outros motivos. O Índice Bovespa só vai ajudar a fazer investimentos mais seguros e ter uma ideia de onde você está pisando, e para onde as ações estão indo.

Como você usa o Índice Bovespa? Você já orientou algum investimento por esse índice? Como?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário