Magia, simpatias, macumbas, orações, rezas. Pessoas hoje em dia utilizam de tudo para conseguir ganhar dinheiro. Muitas optam por estes meios por desespero ou por estarem atoladas em dívidas. Outras escolhem estas opções por simplesmente acreditar que o dinheiro milagrosamente irá aparecer em suas contas. Porém, isto não é verdade.

Dinheiro não brota em árvores e não cairá milagrosamente na sua conta bancária. Suas chances de ganhar na mega sena, por mais que você aposte, são muito poucas. Somos naturalmente tendenciosos a acreditar na sorte e que tudo acontecerá com num passe de mágica, como em uma cena de filme. Quando vemos alguém que seja bem sucedido na televisão ou em revistas, creditamos tudo isso a sorte ou a algum tipo de pre-determinismo, seja pela classe social da pessoa, pelas oportunidades que ela teve ou até pela cor dos cabelos ou olhos.

A sociedade brasileira nasceu de uma colônia de exploração. Nosso herança desta era é que não fomos incentivados a inovar, a criar, somente a produzir. Devido a anos de exploração, incluindo aqui a ditadura. Com uma educação fraca, nosso foco se vira para a discussão de pessoas, da vida dos outros, e não de idéias e inovações. O maior exemplo disso está no sucesso das novelas e de reality shows em nosso país.

Os milagres financeiros

Existem muito poucos casos ao redor do mundo de milionários da noite pro dia. E a grande maioria deles, por não terem se planejado, acabam com estas fortunas em questões de meses. A melhor forma de buscar suas riquezas é através do planejamento e esforços pessoais: você chegará longe com eles. E o mais importante: terá orgulho de cada passo que deu até onde chegou. (Foto: 5si.net)

Ao invés de pensarmos no quanto um milionário teve de se esforçar para chegar aonde ele está hoje, procuramos saber com quem ele está saindo ou o que os filhos deles estão fazendo de errado. Idolatramos jogadores de futebol que, ao nosso ver, fizeram muito pouco para chegar ao sucesso. Mas esquecemos das horas e horas e duro e árduo treinamento pelo qual eles passaram para chegar onde estão. Mesmo que alguns não façam jus às camisas que vestem, a grande maioria trabalha tanto quanto nós.

Vivemos em uma sociedade altamente desigual, onde a diferença salarial é tão alta que figuramos entre um dos piores países na distribuição de renda no mundo. Nossos professores, formadores do futuro do país, recebem quantias ínfimas, sendo forçados a terem mais de um trabalho, sofrerem de vários problemas de saúde e não poderem exercer suas carreiras com toda qualidade que sonhavam quando começaram a faculdade. Como forma de protesto ou revolta, ficamos indignados quando vemos alguém rico ou que esbanja seu status. Também não gostamos quando alguém fala sobre sua formação, quantas pós-graduações já tem, quais empregos já teve e quanto ganha por mês. São assuntos tabus no Brasil porque temos vergonha de nos sentir piores do que os outros.

Dinheiro vem com muito trabalho. A sorte vem para aqueles que procuram as melhores oportunidades e não ficam satisfeitos com poucos. É necessário ter ambição, saber para onde você quer ir e onde irá chegar. A ganância se baseia em apenas ter, sem ter que batalhar por isso. Precisamos dedicar mais tempo para administrar melhor nossas finanças, planejar nosso futuro. Você já sabe o que quer para sua carreira daqui a 5 anos? E daqui a 10 anos? Quais são seus planejamentos financeiro para sua aposentadoria?

Qualquer um pode ser um milionário, sem ter que ter descoberto uma fonte de dinheiro ou um poço de petróleo no quintal. Força de vontade, esforços, planejamento e estudos são só alguns elementos de uma pirâmide que te levarão longe. A não ser que você queira continuar assistindo suas novelas e reality shows, discutindo quem vai matar quem ou vai ser o próximo vencedor. Garanto que nenhum centavo dessa torcida irá cair em seu bolso. Nem por magia, nem por milagre, nem por simpatia alguma no mundo.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)