Eu já uso o banco online por anos. E meu palpite é que você também usa banco online, também. De fato, um relatório de 2012 da ComScore revelou que perto de 29 % de todos os utilizadores da Internet em todo o mundo tem acessado sites de bancos online. Isso representa cerca de 423,5 milhões de pessoas. Esse número é maior na América do Norte, onde mais de 45% dos usuários de internet acessada sites bancários. No Brasil, com a democratização do acesso à internet, este número tende a crescer ainda mais.

Esse aumento do uso, no entanto, faz que os bancos online estejam se tornando um alvo cada vez mais atraente para os hackers. Em 2011, o Citigroup revelou que mais de 360 mil contas foram comprometidas em um ataque de hackers, que deixou 3.400 contas com perdas de até US$2,7 milhões. Em outra pesquisa, foi relatado que os hackers e fraudadores no Brasil estão no top 5 do mundo.

Tais ataques levantam preocupações para mim quanto a segurança das nossas transações bancárias online. Mas pensando nesses riscos, você deveria pagar suas contas online? Você deveria verificar o seu saldo no site do seu banco? Você deveria transferir fundos online?

Para mim, a resposta a essas perguntas ai é sim. Aqui está o porquê.

Banco online é seguro para os consumidores

Sites bancários são provavelmente atingido por ataques de hackers todos os dias. Enquanto que pode ser perturbador ouvir isso, há um lado bom disso. Como resultado desses ataques, os bancos melhoram continuamente seus sistemas para lidar eficazmente com esses ataques.

Além disso, mesmo que os hackers sejam capazes de roubar o dinheiro de sua conta, você ainda vai estar protegido, já que os bancos são responsáveis ​​por esses fundos roubados. Porém, alguns bancos podem tentar fugir desta responsabilidade e é importante que você se atenha aos seus direitos e converse com seu gerente sobre possíveis seguros para diferentes tipos de fraudes.

Porém, todo cuidado é pouco

Isso não significa que você deve ser complacente , no entanto. Banco online é seguro, mas você também deve ter cuidados com o banco online . Existem boas práticas que você deve observar quando você usar qualquer serviço bancário online.

Primeiro, você deve compreender os riscos do sistema bancário online. Quatro tipos de ataques são comuns:

  • Phishing.Trata-se de você clicar em um link para uma página falsa que parece que foi criada pelo seu banco. A página terá uma área de login, onde você entra em detalhes da sua conta e esses detalhes são enviados para os golpistas. Com seus detalhes de login, como nome de usuário, senha e número de identificação pessoal na mão, eles seriam capazes de acessar sua conta e roubar seu dinheiro;
  • O roubo de identidade.Mesmo que os hackers não roubem sua conta, ela pode ser comprometida pelo roubo de identidade. Ladrões de identidade podem capturar suas informações pessoais, como seu número de CPF, e outros dados de identificação . Esses dados poderiam ser usados ​​para criar novas contas em seu nome ou invadir suas outras contas;
  • Keylogging. Se você acessar o seu site bancário online em redes públicas, tais como cafés, Wi-Fi público ou Lan Houses, há uma chance de que você pode ser vítima de keylogging. Keylogging usa um software que registra as teclas digitadas para obter detalhes da sua conta;
  • Pharming. Isso pode ser um pouco mais difícil para hackers realizarem, mas acontece. Pharming ocorre quando hackers são capazes de seqüestrar a URL de um banco, de modo que quando você tenta acessar o site do seu banco, você é redirecionado para um site falso que se parece com a coisa real.
Garantindo sua segurança online

Sua segurança online é fácil de garantir com alguns cuidados básicos. Mas nada salvará você se você tiver preguiça de tomar estes cuidados. (Foto: www.csbcarmine.com)

Como você deve lidar com todos esses riscos?

Confirme a legitimidade do seu banco online. Há vários sites na internet que agregam os endereços oficiais dos bancos, que devem estar no alto da página corretamente.

Tenha muito cuidado com sites cópia. Tenha certeza que você não é uma vítima de sites que usam um nome que é muito semelhante ao do seu banco online. Quando você receber um e-mail dizendo ser do seu banco, não clique em nenhum link no e-mail . Em vez disso, digite a URL do seu banco no campo de endereço do seu navegador. Se o seu banco está realmente a tentar contactá-lo , provavelmente você vai encontrar uma mensagem quando você acessar sua conta no internet banking ou o banco irá ligar pra você. Você também pode ligar para o número no verso do seu cartão de débito/crédito ou em seu extrato bancário mais recente para ter certeza de que o contato feito foi pelo seu banco.

Saiba mais sobre o sistema de segurança do seu banco.Você deve saber como o seu banco criptografa suas informações privadas. Quando você está acessando o site, você deve encontrar um pequeno cadeado ou ícone de chave para lhe dizer que o site e as suas transações são seguras. Você deve ser capaz de usar PINs e senhas quando você acessa a sua conta online. O cadeado normalmente fica ao lado do endereço do banco na barra de endereços de seu navegador ou no canto inferior direito. A segurança também é garantida quando o site começa com “https” ao invés de “http”.

Instale os módulos de segurança.Todos os bancos e instituições financeiras brasileiras já tem algum tipo de módulo de segurança para seus sites online. Estes garantem mais uma linha de defesa contra fraudes e roubos online.

Não envie informações pessoais por e-mail. Sob nenhuma circunstância o seu banco pedirá dados pessoais por e-mail.

Proteja seu computador. Ataques de hackers nem sempre são dirigidos a bancos. Porque muitos desses ataques são dirigidos a clientes, você deve ter o mais recente vírus e software contra malwares instalado no seu computador. Você também deve garantir que todo o software que você usa no seu computador tem as últimas atualizações de segurança.

Além disso, você não deve ficar com preguiça quando se trata de serviços bancários online. Alguns sites bancários têm uma opção que oferece para “lembrar seu computador”. Escolhendo esta opção lhe permite mais camadas de segurança segurança se o sistema do banco reconhece o seu endereço IP . O problema é que os hackers podem falsificar o seu endereço IP e fazer o seu banco achar que o computador do hacker é realmente o seu, mas mesmo assim, vale a segurança.

Considerações Finais

Seja online ou em agências bancárias físicas, tome precauções razoáveis ​​com tudo que você faz. Não clique em links em e-mails, não fale com estranhos sobre seus dados financeiros, não baixe qualquer coisa de pessoas que você não confia e olhe para os dois lados antes de atravessar a rua. Vamos ter cuidado lá fora para diminuir os riscos e assim, garantir uma noite tranquila de sono.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)