Como cancelar portabilidade? Qual o prazo?

Escrito na categoria "Bancos e instituições financeiras" por André M. Coelho.

O sistema bancário brasileiro oferece uma gama substancial de serviços para indivíduos e empresas. As regras bancárias são rigorosamente aplicadas e todos os negócios bancários são monitorados de perto pelos próprios bancos e pelo Banco Central do Brasil.

Publicidade

Publicidade

Além da extensa rede de agências dos principais bancos de varejo, muitos dos quais possuem caixas eletrônicos de autoatendimento, a maioria dos serviços disponíveis no próprio banco também está disponível via Internet banking.

Os bancos brasileiros oferecem contas correntes, contas de poupança e investimento, serviços de cartão de crédito e débito, empréstimos pessoais e descobertos e, em alguns casos, serviços de câmbio. Os bancos locais também estabelecerão ordens permanentes, aceitarão o pagamento de contas de serviços públicos e impostos locais, estaduais e federais. Eles também aceitam carnê. Os livros de prestações são emitidos nas lojas se uma pessoa não tiver um cartão de crédito e desejar pagar em várias parcelas. As parcelas são pagáveis ​​na própria loja ou através do sistema bancário.

E tudo isso ainda possibilita que você faça a portabilidade de sua conta, ou seja, transferir sua conta para outra instituição financeira. Mas se você desistir dessa portabilidade, veja como cancelar. Antes, vamos conhecer um pouco mais do nosso sistema financeiro.

Tipos de contas bancárias

As contas correntes geralmente dão direito ao titular da conta a um livro de cheques e / ou cartão de débito. Essas contas normalmente não são remuneradas.

As contas de poupança pagam juros mensais sobre os saldos diários médios do mês. Os juros ganhos nessas contas são isentos de impostos.

Hoje, muitos bancos combinam essas duas contas em uma conta de investimento. Os depósitos são roteados automaticamente para a conta poupança e transferidos para a conta corrente para cobrir cheques, pagamentos com cartão de débito e saques em dinheiro. Essas contas também são usadas para investimentos em fundos, com todos os investimentos e resgates transitando pela conta.

O cheque especial no Brasil é normalmente por acordo e sujeito à análise de crédito adequada pelo banco. Normalmente, ao abrir uma conta, o banco pode disponibilizar essa linha de crédito. As taxas de juros sobre essas instalações são muito altas.

Uma alternativa mais barata é o empréstimo pessoal, reembolsável em até 24 ou 36 parcelas, dependendo do banco. A concorrência é forte e as taxas variam de banco para banco.

Publicidade

Publicidade

Como abrir uma conta bancária?

Para abrir uma conta bancária de varejo, são necessários os seguintes documentos:

Um documento de identidade válido.

Número do contribuinte individual (CPF, também conhecido como Cadastro Individual de Contribuintes – CIC)

Comprovante de domicílio (como uma conta de luz em nome da pessoa que abre a conta)

Para obter o CPF, é necessário preencher o formulário de inscrição em qualquer agência dos correios, agência do Banco do Brasil ou agência da Caixa Econômica Federal e apresentar a documentação necessária (geralmente o original ou uma cópia autenticada da RNE). Há uma pequena taxa. O requerente receberá um contrapeso com um número de código. Posteriormente, o solicitante será notificado para comparecer a uma unidade da Receita Federal e apresentar seus documentos e o contraponto para obter seu CPF definitivo.

Além disso, os bancos podem solicitar comprovante de receita / receita, onde uma conta de pagamento de salário deve ser aberta. Nesse caso, um contracheque válido é suficiente. Este último é comumente referido em São Paulo como contra-cheque ou holerite, mas existem variações locais do nome em todo o Brasil. Uma conta salário difere apenas de uma conta corrente normal, pois o titular da conta pode ter direito a uma gama mais ampla de benefícios, por exemplo, taxas mais baixas em transações bancárias.

O banco também pode solicitar e verificar referências pessoais e / ou do empregador, incluindo números de telefone válidos. As informações adicionais solicitadas podem incluir cartão de crédito e / ou números de cartão de loja e / ou declaração de imposto de renda, a critério do banco.

Publicidade

Atualmente, alguns bancos permitem a abertura provisória de contas online, com a apresentação subsequente da documentação necessária na agência de sua escolha ou enviando documentos online.

Publicidade

Portabilidade de banco

Troque de bancos com a portabilidade para poder aproveitar melhor as vantagens de outros bancos. Mas é fácil cancelar, caso você desista. (Foto:
anthillonline.com)

Como usar sua conta bancária?

Os pagamentos no Brasil geralmente são feitos com cartões de crédito ou débito. Os cartões de crédito internacionais são amplamente aceitos, embora os serviços locais de retirada de dinheiro possam ser restritos em certos casos.

Apesar do alto grau de automação bancária no Brasil e da possibilidade de pagar a maior parte das contas de serviços públicos on-line, muitos brasileiros ainda pagam suas contas no caixa do banco local. Portanto, esteja preparado para grandes filas em caixas de dinheiro.

O setor bancário não é gratuito no Brasil. A maioria dos bancos cobra uma taxa mensal por serviços básicos, incluindo um talão de cheques contendo 20 cheques. Dependendo do pacote de serviços escolhido e dos saldos das contas, os bancos concedem pontos que podem ser usados ​​para pagar as despesas.

Os talões de cheques ainda são amplamente utilizados, especialmente pelas empresas, mas estão sendo cada vez mais substituídos por cartões de débito, especialmente para compras no varejo, já que muitas lojas simplesmente não aceitam mais cheques. Emitir um cheque sem fundos suficientes é crime, sujeito a severas sanções administrativas e legais.

Em muitas agências bancárias, existem caixas eletrônicos. Funcionam como um caixa eletrônico, mas emitem cheques, geralmente em folhas contendo quatro cheques e são para aqueles que não precisam ou desejam um livro de cheques convencional. Os clientes podem imprimir quantos cheques forem necessários, quando precisarem, sujeito aos acordos com o banco.

Essa opção de verificação sob demanda economiza dinheiro dos bancos que seriam gastos na impressão, armazenamento e distribuição de talões de cheques convencionais. O número de cheques aos quais os titulares de contas têm direito será predeterminado na tarifa mensal negociada com o banco.

Publicidade

Publicidade

A maioria dos bancos está aberta de segunda a sexta-feira, das 10:00 às 16:00.

Como cancelar portabilidade? Qual o prazo?

O cancelamento da portabilidade não é difícil. O banco ou instituição financeira em que você está atualmente deverá entrar em contato com uma contraproposta quando você entrar com o pedido de portabilidade. Você pode escolher cancelar a portabilidade e aceitar essa oferta.

Outra forma é ir para a instituição onde você já tem a conta ou para aquela onde está transferindo sua conta e pedir o cancelamento da portabilidade.

O prazo de cancelamento é de até 5 dias, mas pode ser menor o prazo. O quanto antes você cancelar, melhor.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário