Vale a pena pegar dinheiro de agiota?

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

Quando os meios convencionais de obtenção de um empréstimo, como o de um banco, cooperativa de crédito ou um empréstimo pessoal, da família ou dos amigos, estão esgotados, sem sucesso, alguns são tentados pelo apelo de receber dinheiro de um agiota. Um agiota é uma pessoa que concede empréstimos individuais em troca de pagamento, normalmente com altas taxas de juros mas sem necessidade de comprovação de renda ou algo parecido. Existe alguma vantagem ao fazer isso?

Alta taxas de juros

As instituições financeiras oferecem dinheiro para pessoas qualificadas e lucram com um retorno da taxa de juros razoável que é cobrado. Agiotas não são obrigados pelos regulamentos bancários a fazer o mesmo. Agiotas ganham dinheiro aproveitando-se da fraqueza das pessoas, geralmente pobres de crédito ou com incapacidade de pagar. Agiotas cobram uma taxa de juros extremamente elevada, o que torna quase impossível pagar a dívida em um prazo razoável.

Taxas por atrasos

Agiotas cobram juros de mora, assim como as fontes de crédito tradicionais e empresas de cartão de crédito, mas agiotas podem, e cobram mais do que aquilo que é considerado uma taxa de atraso normal. Mais uma vez, nenhuma regulamentação significa nenhuma intervenção, o que significa pagar mais taxas. A taxa alta de juros cobrada em combinação com taxas atrasadas exorbitantes significa que a dívida vai continuar a crescer, em vez de diminuir com os pagamentos.

Agiotagem

Ao procurar um agiota, você simplesmente está amarrando uma corda no seu pescoço e não tem mais como escapar dela. (Foto: www.luizberto.com)

Coletando os pagamentos

Empresas comerciais devem seguir as diretrizes e leis que regulam o processo de cobrança quando se deve dinheiro, seguindo as normas e condutas exigidas pelo código de defesa no consumidor. Um aviso no e-mail ou um telefonema de uma agência de cobrança pode ser incômodo, mas entrar em contato para um agiota é provável que seja muito pior. Agiotas podem chegar ao extremo de causar dano físico para o pagamento. Mas a simples ameaça de dano ou possibilidade pode ser tão assustadora por si só.

Sigilo

Agiotas parecem operar sozinhos ou dentro de uma pequena rede de seus pares. Muitas vezes, eles trabalham com um grupo altamente organizado de corretores de dinheiro. Os agiotas vão usar o que parecem ser contratos legais e outros documentos judiciais, quando na realidade eles são fictícios, para confundir e intimidar seus clientes. Quanto mais pressão do agiota exerce sobre o mutuário, o mais provável é dele recorrer a meios ilegais para conseguir dinheiro para pagar a dívida, criando um círculo vicioso.

Vale a pena pegar dinheiro de um agiota?

Mesmo se você estiver no fundo do poço, o mercado financeiro tem inúmeras ferramentas para te ajudar. Você pode renegociar suas dívidas, buscar apoio do poder público e muito mais. Não deixe um agiota dominar sua vida e busque o equilíbrio de suas finanças em outro lugar.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

2 comentários para: “Vale a pena pegar dinheiro de agiota?”

  • Jose Mou4a da Guia

    Como faço pra fazer um empréstimo

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Jose, basta seguir nosso passo a passo do artigohttps://www.creditooudebito.com.br/como-fazer-um-emprestimo/

      Responder

Deixe um comentário