Quando reformar a casa é um bom negócio?

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

O processo de reforma de uma casa pode ser alucinante. Uma linha do tempo é o elemento principal de uma reforma: quando começar, quando continuar e quando terminar uma reforma. Essa temporização da reforma resulta em economias não apenas por decidir o momento certo da reforma, mas por garantir que você não vai estendê-la por muito tempo. Além disso, a época de reformar influencia muito mais do que você imagina no preço final.

Publicidade

Publicidade

Mas vamos às etapas, com detalhes.

Projeto e Planejamento

Quer se trate de um esboço em um guardanapo ou projetos arquitetônicos completos, algum tipo de planejamento e projeto vem sempre em primeiro lugar. Dentro desta etapa, você deve:

Explicado o planejamento que permeia qualquer tipo de reforma, comecemos com uma explicação sobre a necessidade de reformas em sua casa.

Por que reformar uma casa?

Publicidade

Publicidade

O único motivo que torna a reforma de uma casa questionável, salvo situações quando você tem dinheiro sobrando, são reformas puramente estéticas, sem funcionalidade. As reformas feitas por vaidade e status, resumindo. É um desperdício de dinheiro, que poderia ser melhor investido.

Reformas devem ser permeadas pelas seguintes ideias, incluindo a prioridade de cada uma delas (explicaremos as prioridades abaixo):

Reformando a casa você mesmo

Se for você quem vai renovar a casa, qualquer momento pode ser melhor para reformar, principalmente pelo corte de custos de mão-de-obra. (Foto: homeguides.sfgate.com)

Podem haver mais motivos, mas estas são as principais ideias para suas reformas.

Publicidade

Explicando as prioridades de reforma

Publicidade

As prioridades explicam a urgência com a qual você deve planejar a reforma. De acordo com a prioridade, o tempo máximo que você deve demorar para executar a obra é de:

As reformas podem se tornam mais ou menos urgentes dadas algumas variáveis, como chegada de períodos de chuva ou um dano que prejudica o funcionamento normal da residência.

Planejando reforma da casa

Ao sentar e discutir para reformar sua casa, você irá conseguir ver todos os pontos onde pode economizar e todos aqueles onde pode investir um pouco mais. (Foto: www.realtypin.com)

Reformas internas x Reformas externas

Do planejamento, todos os outros tópicos podem ser sanados com pesquisas pelo melhor preço e melhor trabalho prestado. Amigos, internet, referências entre outros, são as fontes de informações para garantir a qualidade e um bom serviço prestado. Mas nenhum deles, ou quase nenhum te explicará as diferenças entre reformas internas e externas.

Reformas internas são aquelas feitas dentro da residência. O que ninguém vai te dizer é que é mais barato fazê-las onde há menor demanda para estes tipos de obras: nos meses em que está mais quente. Isso porque quase ninguém quer ficar em casa e as reformas internas terão pouco ou nenhum efeito para as visitas. Afinal, a maioria dos brasileiros quer mostrar o dinheiro gasto em suas casas.

Publicidade

Publicidade

Já reformas externas são melhor de fazer nos meses frios, salvo situações onde os meses frios também são chuvosos. A chuva pode prejudicar e muito o andamento de uma obra, além de aumentar seus custos.

Poder ser que estas dicas variem de região para região, dada a inflação dos serviços vivida atualmente. Porém, tente pesquisar, caso não haja urgência para uma obra, quando elas estão mais baratas, fazendo orçamentos mensais. Deste modo, você tem um banco de dados pessoal para poder estabelecer quando é melhor fazer suas obras.

Estas dicas são bem simples. Mas é com simplicidade que se conquista muito mais. Se você tiver mais dicas, não deixe de compartilhar conosco no espaço para comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário