Quando seu nome está negativado, vários serviços do mercado financeiro ficam inacessíveis ou são muito mais difíceis de conseguir. Entre eles está o financiamento imobiliário. Mas será que pode ser possível financiar um imóvel com o nome negativado? Vamos analisar e dar dicas sobre o assunto.

Financiamento habitacional para negativados: tipos de negativação

Antes de mais nada, é preciso entender os tipos de restrição de crédito que podem te impedir de obter seu financiamento imobiliário:

Serasa e SPC

O cadastro negativo nessas instituições significa que você não cumpriu com obrigações financeiras no comércio ou em serviços. Pode ser um empréstimo que você não pagou, o parcelamento de um produto que foi atrasado mais de um mês, entre outros. É também chamado de restrição de crédito e é a forma mais comum de ter seu nome negativado.

Restrições no Banco Central

Ocorrem mais frequentemente quando a pessoa emite um cheque sem fundos, e tem seu nome inscrito no Cadastro de Emitentes de Cheque Sem Fundo. Acontece quando você emite um cheque e ele é devolvido pela ausência de fundos na conta.

Pendências na Receita Federal e INSS

Problemas na entrega da declaração do Imposto de Renda, problemas com seu CPF, inscrição na dívida ativa, problemas no pagamento de impostos, entre outros, podem acarretar a negativação nessa categoria.

Pendências na justiça

Problemas na justiça, como bens penhorados ou processos trabalhistas podem acarretar na dificuldade ou impossibilidade de financiar um imóvel.

Financiamento para negativado

Com o nome negativado, pode ser difícil encontrar um financiamento, mas não é impossível de conseguir. (Foto: Versant Law Group)

Nome sujo pode financiar imóvel?

A resposta para essa pergunta é mais complicada do que responder “sim” ou “não”. Com seu nome sujo, a pessoa não terá acesso à forma de financiamento mais barata que existe no mercado, que é o financiamento pelo SFH, também conhecido como o financiamento da CAIXA. É a forma mais barata de comprar um imóvel devido aos juros mais baixos. A maioria dos financiamentos por instituições financeiras ficam fora de seu alcance, e na grande maioria das vezes, são os financiamentos com o CET mais barato do mercado.

Por outro lado, pode ser possível financiar diretamente com a construtora, incorporadora ou loteadora do imóvel, mesmo com o nome negativado. Isso significa, porém, que você terá juros mais caros para seu financiamento, e que nem todos os imóveis estarão ao seu alcance, pois nem todas as empresas vão financiar para negativados.

O que devo fazer então: financiar o imóvel com o nome negativado ou buscar alternativas?

A decisão mais sensata é não assumir qualquer compromisso financeiro sem antes limpar seu nome no mercado. Além de tornar qualquer financiamento mais caro, ter o nome negativado vai privar seu acesso a vários serviços e produtos do mercado, prejudicando bastante sua saúde financeira. Imagine se você tiver uma emergência que pese no seu bolso e além de não ter qualquer linha de crédito de fácil acesso, você ainda ter assumido o compromisso de um financiamento imobiliário? Você vai acabar agravando ainda mais o problema.

Sabemos que o sonho da casa própria é algo que muitos querem realizar. Porém, um sonho não pode ser realizado se há um pesadelo à espreita, e que pode explodir sobre seu sonho manchando-o das piores formas possíveis.

Nossa recomendação é que você limpe seu nome antes de assumir qualquer compromisso financeiro novo. Negocie as parcelas, os juros, e as dívidas de uma forma que caiba no seu bolso. Você passará a ter uma vida financeira mais tranquila e a possibilidade de financiamentos com juros menores e mais acessíveis para sua realidade financeira.

Planeje e reorganize bem suas finanças antes de assumir um compromisso com um financiamento imobiliário, ou as chances serão de que você vai voltar a se endividar e sujar ainda mais o seu nome.

Se ficou ainda alguma dúvida, deixe nos comentários suas perguntas. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)