Muitas pessoas tendem a pensar que as compras online são inerentemente mais baratas do que lojas presenciais, embora isso nem sempre seja o caso hoje em dia. Embora haja, sem dúvida, algumas áreas em que as compras online são melhores do que as compras presenciais, com mais freqüência os itens devem ser avaliados individualmente antes de comprar. Muitos itens, na verdade, tem um preço semelhante ao que pode ser encontrado em lojas de varejo convencionais, embora a comparação dos preços seja sempre uma boa ideia.

Cuidados com os preços do envio de produtos online

Muitas vezes os preços de itens individuais podem parecer mais baratos, apesar de ficarem mais caros devido às taxas de envio adicionadas mais tarde. Comprar um único item é geralmente muito mais caro, tanto para o vendedor quanto para o comprador. Desta forma, embora haja muitas economias que possam ser feitas, se encomendar mais de um item, e eles tiverem tamanhos semelhantes, muitas vezes você pode obter o segundo item enviado a uma taxa muito reduzida ou até mesmo de graça. Desta forma, é sempre melhor comprar mais de uma coisa ao mesmo tempo, a fim de obter a maior poupança nas compras online.

Produtos grandes: presencial ou online?

Se você está comprando peças grandes, como móveis ou equipamentos de ginástica, então os custos de transporte muitas vezes podem ser muito altos em muitos sites, tornando os preços comparáveis com os de uma loja. Muitas vezes os preços podem parecer muito baixos até que você adicione as despesas de envio, que é o que alguns sites usam para fazer seus preços parecerem muito melhores do que realmente são. Existem alguns sites que incluem o transporte de grandes itens em seus preços.

Comparar é sempre a melhor forma de encontrar um bom preço

Comparar vários sites diferentes é sempre uma obrigação para obter o melhor preço, e às vezes, até mesmo o melhor preço online não vai ser tão bom quanto os preços que você pode conseguir em alguns grandes varejistas. Por exemplo, algumas redes maiores tem um poder de compra alto, que os possibilitam vender itens específicos mais baratos do que empresas online. Embora estes produtos são geralmente em minoria, vale conferir caso a caso pra ter seus argumentos na barganha.

Custos ocultos que você esquece de contar

Há outros custos associados à compras em lojas que não estão em compras online, que muitas vezes significa que ele pode ser um pouco mais barato. Estas são coisas envolvem o combustível necessário para ir e voltar da loja, bem como o desgaste do seu veículo. Além disso, se você sabe exatamente o que você quer encomendar online, é muito mais rápido do que ter que percorrer todo o caminho até a loja, o que significa que você também vai economizar um monte de tempo.

Comprando de forma mais inteligente

Ao pesquisar tanto em lojas físicas quanto online, você aumenta sua margem de barganha e possibilita que você encontre os melhores preços. (Foto: webshopmanager.com)

Custos de conversão de moedas

Existem muitos sites que podem exigir a conversão de moedas para concretizar a compra. Estes são geralmente pequenas percentagens adicionadas ao que você está comprando. Estas despesas não são geralmente muito caras, no entanto, se você está comprando online desta forma regularmente, então o custo de ter que converter constantemente o seu dinheiro pode começar a realmente se somar, além de você precisar levar em consideração o tempo que pode demorar para o produto chegar em suas mãos.

Mais opções nem sempre significam melhores opções

Às vezes, o fato de que há maior possibilidade de escolha para muitos itens online pode significar que você pode encontrar bens mais baratos do que ao comprar nas lojas. Por exemplo, se você quisesse comprar uma cadeira, e só há uma loja de móveis em sua cidade, você teria que basicamente pagar o que eles tem e só poderia escolher formar as marcas que eles oferecem. No entanto, se você comprou online, você pode olhar para uma gama muito maior, e conseguir o que você quer.

Tenha foco durante suas compras

Muitas pessoas quando compram tendem a se distrair e, muitas vezes, acabam comprando muito mais do que eles precisavam. Isso não aconteça tão facilmente com as compras online. A razão é que quando você está procurando algo presencialmente, então você não pode deixar de olhar para outras coisas também, levando a muitas compras por impulso. Online você pode procurar diretamente o que você quer, e você é levado direto para lá sem ter que ver primeiro outras coisas, a menos que você queira. Assim, para o comprador impulsivo, compras online muitas vezes podem ser mais baratos, desde que você saiba planejar melhor o que precisa.

As desvantagens do mundo das compras online

Uma das desvantagens de compras online é que você não pode ver o que você está recebendo antes que ele chegue. Obter informações detalhadas sobre um item pode ser difícil, e você pode acabar com algo que não é exatamente o que você queria, como resultado. Pessoalmente, geralmente há pessoas a quem você pode fazer qualquer pergunta que você possa ter, o que torna esse processo muito mais fácil.

Cuidado com lançamentos

Muitas vezes os preços de produtos recém-lançados são definidos pelos fabricantes, e geralmente não são nada diferentes, seja presencialmente ou online. Se você for comprar algo um pouco mais velho, no entanto, eles tendem a reter seus preços elevados nas lojas mais do que eles fazem online. A razão para isso é que muitas vezes o fabricante deixa cair o preço, e as lojas ainda tem bens que sobraram em estoque e que foram comprados a um preço mais elevado.

Comparando serviços online e presencialmente

Uma das principais áreas que grandes economias podem ser bem lucrativas não acontece através de itens de varejo comuns, mas a partir de bens intangíveis, tais como seguros, reservas de hotéis e passagens. O fato de que a internet permite para as pessoas fazerem essas compras muito mais rapidamente significa que as empresas precisam de menos pessoas para lidar com os clientes. Isso então significa que os clientes podem obter essas coisas muito mais barato.

Exemplo de comparação entre compra online e presencial

Ao me mudar para um apartamento, precisava comprar geladeira, fogão, máquina de lavar e uma cama. Para fazer essa compra, comecei pesquisando quais características cada um dos produtos deveria possuir, além da marca específica para cada um deles.

  • Geladeira: frost free, de tamanho médio (a partir de 300 litros);
  • Fogão: 5 bocas, já que a boca central serviria para panelas maiores;
  • Máquina de lavar: capacidade mínima de 7 quilos;
  • Microondas: mínimo de 30 litros;
  • Cama: tamanho mínimo Queen, já que tenho 1,85 m.

Tinha também um orçamento fechado para estes produtos, girando em torno de R$5.000. Dentro deste limite, encontrei cada um dos produtos online, menos a cama, abaixo de R$1.000. Com os orçamentos em mãos, fui então nas lojas físicas, buscar um menor preço. Os vendedores tentaram negociar menores preços para modelos piores ou marcas de menor qualidade, algo que recusei. Resolvi comprar online, pois a maior parte dos itens tinha frete gratuito.

Quanto à cama, mesmo encontrando online bons preços, todos fugiam do meu limite de gastos. Fui então à várias lojas presenciais, onde consegui negociar valores ao visitá-las mais de uma vez, além de descontos na compra de travesseiros.

No fim das contas, consegui ainda economizar um pouco, usando o dinheiro para pegar modelos um pouco melhores dos produtos que escolhi. Mas tudo isso foi um projeto de compra, que durou mais de um mês de planejamento.

Vocês já acharam preços em lojas físicas melhores que lojas online? Comente abaixo e nos deixe saber sobre sua história!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)