Alguma vez você provavelmente já foi fazer compras online em sua loja favorita, adicionou itens ao seu carrinho e decidiu não fazer a compra por uma razão ou outra. Talvez fosse apenas um pouco caro. Talvez os custos de transporte não foram um bom negócio. Seja qual for o seu raciocínio para abandonar seu carrinho de compras online, algumas lojas online populares estão agora enviando um email de acompanhamento para tentar seduzi-lo de volta com um cupom ou desconto para concluir a compra. Então, por que não usar essa informação para a sua vantagem e tentar obter um cupom para poupar algum dinheiro. Para isto funcionar, você precisa ter uma conta no site do varejista e estar conectado quando você abandonar seu carrinho, habilitar os “cookies” no seu navegador e fazer sempre pesquisas por produtos nos sites das lojas que você gosta. Sites como A vida é feita de Desconto tem vários cupons que você pode utilizar e ter descontos em suas compras.

Tome cuidado com as compras online

Antes de sair te ensinando como ganhar descontos por deixar itens nos carrinhos ou apenas pesquisando na loja online por certos produtos, você precisa entender cuidados e dicas para aproveitar ao máximo sua compra online sem ser prejudicado.

Fuja da armadilha precificação dinâmica

A precificação dinâmica é uma estratégia de varejistas online usam para oferecer preços diferentes para clientes diferentes com base na demanda, fatores de mercado e padrões de navegação e de gastos de cada usuário. Esta técnica tornou-se mais sofisticada, agora que os sites podem rastrear sua navegação na internet e ganhar um conhecimento íntimo do seu comportamento online. Os varejistas usam esses dados para determinar a sua faixa de preço, o que significa que quando você vai comprar um produto, você pode ver um preço mais elevado do que alguém com diferentes hábitos de consumo que utiliza um computador diferente. A melhor maneira de evitar ser cobrado um preço mais elevado é apagar os cookies do seu navegador e fazer logout da sua conta. Você também pode tentar usar a versão do seu navegador de um “privado” ou “incógnito”, para os cookies não serem salvos durante a sua pesquisa.

Procure cupons ou cashback

Vá para sites de cupons populares  ou procure um programa de cashback para obter descontos especiais nos itens que você quer comprar.

Conecte-se nas mídias sociais

Siga varejistas nas diversas redes sociais Por quê? Porque muitas vezes eles vão recompensar seus seguidores de mídias sociais com cupons exclusivos ou acesso antecipado a grandes vendas.

Aproveitando a estratégia do carrinho abandonado

Deixe seu carrinho cheio e não compre, mas tenha bom senso para saber quando o preço de um produto estiver realmente muito barato. (Foto: sandstormdigital.com)

Cadastre-se para avisos de email

As empresas muitas vezes enviam cupons aos que estiverem em sua lista de email. Algumas dessas ofertas são de uso único. Se você se inscrever com vários endereços de email, você pode acumular vários códigos de cupom. Além disso, muitas loja oferecem um cupom de 10% de desconto simplesmente por se juntar na lista de email. Não basta se inscrever em suas lojas favoritas apenas: faça com os concorrentes também. Dessa forma, você pode comparar ofertas e usar esses valores na negociação. Para manter a sua caixa de entrada organizada, crie um filtro que envia todos os emails promocionais para uma pasta separada.

Chame o serviço ao cliente – eles às vezes podem estender cupons já vencidos

Às vezes você não precisa comprar nada quando esse código de cupom entra seu email. Mas,semanas mais tarde, uma vez que o cupom expirou, você percebe que você está na necessidade do dispositivo caro e que o código de cupom iria economizar uma fortuna. As empresas querem que você compre, e se você chamar a linha de atendimento ao cliente, eles podem simplesmente honrar esse código do cupom. Principalmente quando a loja tem vendedores em chat online, as chances são ainda maiores dessa estratégia funcionar.

Compare preços nas lojas físicas com preços online

Os preços na loja online e nas lojas físicas nem sempre coincidem. Agora que estamos todos armados com smartphones e tablets, é fácil de comparar o produto em sua mão com o seu preço online. E se você for fazer compras online, às vezes é tão fácil como uma chamada de telefone para o revendedor local para saber o preço da loja, conseguindo também negociar preços diferentes.

Compare preços online entre os varejistas

Vá a sites de comparação de preços e tente encontrar os valores mais baratos. Compare bastante, faça todas as etapas acima, mas ainda não compre o produto.

Verifique se você pode obter restituições com queda nos preços

Digamos que você faça uma compra e, em seguida, percebe dias depois que o preço caiu. Algumas lojas vão emitir um reembolso para a diferença de preço se você contatá-los dentro de um determinado número de dias. Para os itens vendidos e enviados pela Amazon, por exemplo, entre em contato com a empresa no prazo de sete dias a contar da data de entrega e eles vão reembolsar-lhe a diferença de preço. Você pode monitorar mudanças de preços por aplicativos.

Negociando preços online: abandonando seu carrinho

Com todas as estratégias acima reunidas, é hora de ir às últimas consequências. Se você é econômico, é fácil categorizar todas as experiências de compras em um dos dois tipos: as compras que você pode pechinchar e as compras que você não pode. Na maioria das lojas, o preço é aquele mesmo, sem negociação, e se você encher o seu carrinho de compras e depois abandoná-lo logo antes de sair da loja, você é apenas um idiota que está trabalhando a mais a toa. O interessante, porém, é que, se você fizer o mesmo online, até mesmo em algumas lojas que você não poderia pechinchar no face-a-face, pode render um ótimo desconto.

O que esperar ao abandonar seu carrinho?

Em primeiro lugar, você deve saber que este não é um método garantido. Se o varejista vai enviar um email, também não há nenhuma maneira de descobrir quando vai chegar. Você também pode receber vários emails, alguns varejistas enviam até três lembretes, e nem todos necessariamente terão descontos. Muitas vezes uma oferta não é necessária na primeira mensagem pois apenas recordar os produtos no carrinho é o suficiente para motivar os clientes à compra. No entanto, um desconto nominal na segunda mensagem pode ajudar a atrair clientes que ainda estão considerando a mercadoria para concluir a compra. E, para os clientes que ainda não tenham agido, um desconto maior na terceira mensagem é tipicamente muito tentador para deixar passar.

Pesquisas que não resultam em compras também podem dar descontos

Fazendo pesquisas de preço nas lojas logado em sua conta podem resultar em descontos também, de forma semelhante a quando você abandona o carrinho. Use essa estratégia com as acima listadas na hora da pesquisa dos melhores preços e seja paciente antes de fechar uma compra.

Seja paciente

Depois de fazer todo o dever de casa, espere pelo menos 3 dias para comprar o produto. Isso funciona muito bem, a não ser que o desconto seja muito inacreditável, como para produtos na Black Friday ou liquidações. Você não pode é sair gastando seu dinheiro sem antes esperar uma contra oferta ou ter uma “mão” boa para negociar o preço.

Você usa quais dessas estratégias para negociar preços? Quais sites e lojas que você deixou o carrinho cheio e te ofereceram descontos?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)