Muitos proprietários de carros vendem seus veículos em particular, seja para revendedores ou para outros motoristas. Da mesma forma, muitos proprietários de automóveis tem seus carros financiados por meio de bancos, concessionárias, cooperativas de crédito e financeiras. Isso levanta a questão: se você não detém a propriedade do veículo, como você pode vender um carro? Fornecemos algumas dicas para os proprietários de carros que desejam vender seu veículo se o banco detiver o título.

O que é um carro alienado?

É bom começar determinando o que é um carro alienado. Quando você financia um carro por um banco, concessionária, ou financeira, geralmente o carro só será sua propriedade quando o financiamento for completamente quitado. Até esse ponto, a propriedade do veículo é da instituição financeira que forneceu o capital para o financiamento do veículo. Isso é uma garantia para a instituição de que caso você não pague suas parcelas, eles poderão reaver o veículo para quitar sua dívida. Ao veículo que ainda é propriedade de terceiros e não sua propriedade damos o nome de alienado.

Mas como vender um veículo que não é sua propriedade, em si?

Vender um carro alienado e quitando a dívida

O primeiro passo para vender um carro alienado é descobrir o que você ainda deve no carro. Você pode fazer isso ligando para o banco que detém o financiamento e simplesmente perguntando qual seria o valor do pagamento para quitar o carro. Enquanto você está no telefone, não se esqueça de perguntar se eles tem algum procedimento importante para o proprietário de um veículo que está vendendo seu carro financiado para um terceiro. Você também pode obter informações sobre o valor para quitar o carro pelo internet banking ou app do banco ou instituição financeira que te deu o financiamento.

Vendendo carro alienado

Vender um carro alienado só é um processo um pouco mais longo, mas não é impossível de fazer. (Foto: Driveo)

Posso vender meu carro financiado usando o dinheiro do comprador?

Aqui está a parte complicada: depois de determinar o pagamento e vender o carro, você terá que usar o dinheiro do comprador para pagar o financiamento. Claro, você também pode usar seu próprio dinheiro. Para muitos vendedores, no entanto, pagar o carro não será possível sem o dinheiro do comprador.

O resultado é que alguns compradores não se sentirão confortáveis ​​com esse tipo de transação. Para aliviar a preocupação de um potencial comprador, acompanhe-o até o banco onde seu carro é financiado e peça a um funcionário que explique a situação. Se o comprador ainda estiver desconfortável, você pode ter que usar seu próprio dinheiro para pagar o financiamento ou você pode precisar encontrar um comprador diferente.

A boa notícia é que muitos bancos aceitam pagamentos diretamente do comprador. Sugerimos que o comprador faça dois cheques: um para o seu banco para o valor do pagamento e outro para o restante do valor do contrato.

Vale a pena fazer um contrato para garantir os direitos de ambos durante esse procedimento, evitando que qualquer uma das partes saia no prejuízo.

Transferir o financiamento do meu veículo alienado

Outra maneira de vender um veículo alienado é através da transferência do financiamento. Nesse caso, o comprador geralmente paga uma parte do valor que já foi quitado pelo proprietário atual do veículo e assume o restante das parcelas do financiamento. O carro continuará alienado em propriedade da instituição financeira até que o novo proprietário quite todas as parcelas.

Nessa situação, é necessário que o novo comprador faça uma avaliação de crédito em uma instituição financeira para ter uma linha de crédito disponível. Assim que tiver essa linha de crédito, o novo comprador poderá assumir os pagamentos e continuar pagando o financiamento do veículo. É necessário verificar com o banco ou instituição financeira se é possível esse tipo de negociação.

Complicado, mas não impossível

Aqueles que querem vender um carro enquanto a instituição financeira detém a propriedade terão que fazer um pouco mais de trabalho, mas não é impossível. Só não se esqueça de fazer um trabalho extra para aliviar a preocupação do comprador. Afinal, o comprador está gastando uma grande quantidade de dinheiro e ele ou ela está agindo de acordo com a sua palavra que você vai entregar o veículo.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar na medida do possível!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)