Quem está endividado pode conseguir bons descontos nos juros das dívidas. É muito mais fácil do que parece, apesar de ser necessário um pouco de jogo de cintura. Antes de pagar um centavo pela sua dívida, tente negociar um acordo melhor. São juros mais baixos, parcelas com condições melhores. Dá pra fazer muita coisas com a pesquisa certa e a vontade e capacidade de negociação.

Como quitar dívida com desconto: planejamento em primeiro lugar

Quitar uma dívida financeira deve sempre ter um início com o planejamento por parte do endividado. Quanto você é capaz de pagar? Por que você quer pagar essa dívida agora? Como você ficou endividado? Você já mudou os comportamentos que te levaram a se endividar ou há um risco de você voltar a repetir o comportamento que te levou à dívida?

A ideia é pagar a dívida e ficar financeiramente tranquilo, afastado do risco de um novo endividamento. Portanto, sem esse planejamento, não vai adiantar muito negociar um pagamento de qualquer dívida ou qualquer desconto pois a tendência é que você se endivide novamente ao invés de ficar livre de quaisquer dívidas. Afinal, ao pagar sua dívida, você também terá seu nome limpo, e poderá ter acesso a novas linhas de crédito, e o risco de se endividar aumenta novamente. É um cuidado importante a tomar.

Planejamento financeiro feito, vamos então quitar a dívida com o devido desconto.

Desconto nas dívidas

Com um desconto na hora de paga suas dívidas, você consegue ficar com mais dinheiro no bolso e mais tranquilidade na vida financeira. (Foto: www.foxbusiness.com)

Como quitar dívida com desconto: lembre-se que você tem a vantagem da negociação

Um banco ou instituição financeira precisam bater metas de cobrança de dívidas. Para fazer isso, eles precisam negociar com clientes inadimplentes, que na maioria das vezes, não estão inclinados a pagar suas dívidas. A maioria das pessoas acaba aceitando as ofertas das instituições financeiras porque está com medo, ou porque precisa desesperadamente limpar o nome. Mas eles precisam mais de você do que você precisa deles. Eles não terão o dinheiro se você não quiser pagar.

Lógico, não há a possibilidade de você conseguir um desconto de 100% dos juros. Mas dá para conseguir um bom desconto simplesmente deixando claro que você vai dar prioridade de pagamento para as dívidas de bancos e instituições que estão oferecendo descontos, ou que só vai pagar quando eles oferecerem um desconto maior nos juros, mesmo que isso signifique continuar com o nome sujo.

Os primeiros encontros com os cobradores, sempre, serão cobranças por 100% do valor. Seja paciente. Depois da terceira ou quarta ligação ou encontro com o banco ou instituição financeira, eles vão começar a oferecer alguns descontos. Seja agressivo nas negociações.

Quite a dívida com desconto estipulando as condições para a negociação da dívida

Durante a negociação, quem deve estabelecer as condições de pagamento da dívida não é a instituição credora, e sim quem está endividado. Você tem que ser bem claro nas condições de pagamento, que incluem:

  • Valor máximo das parcelas que você pode pagar
  • Desconto que você precisa para pagar à vista
  • Condições de pagamento especiais para começar a quitar a dívida imediatamente
  • Garantias de que a instituição ou banco irá cumprir com as condições acordadas

O endividado, com o acordo feito, deve cumprir com sua parte, pagando as parcelas em dia e não se endividando novamente.

Anote todas as negociações e registre por email o por escrito

Algumas instituições ainda tem uma tendência a mudarem as condições das negociações após os acordos terem sido informalmente realizados. Por isso, é bom sempre registrar tudo em um documento, mesmo que seja um email ou um papel. Peça para o gerente imprimir as condições, enviar um email, ou o telefonista (no caso de cobrança pelo telefone) passar o número de protocolo do atendimento. Anote tudo e deixe guardado para o momento em que você for assinar o acordo de pagamento da dívida.

Não deixe a dívida caducar para negociar: pedir desconto não é ser mão de vaca!

Assim como é difícil negociar dívidas muito recentes, é também difícil negociar dívidas que estão prestes a caducar. Mais e mais instituições financeiras estão usando meios legais para a cobrança de seus clientes e dessa forma, a dívida não caduca, e os bens do cliente podem até ser penhorados para quitar a dívida. Portanto, seja realista quanto aos descontos, pois há um limite que te que satisfazer suas necessidades e também às necessidades da instituição financeira. Lembre-se que você se endividou SABENDO dos juros que iria pagar e portanto, a instituição está com razão em querer cobrar. Não venha com jeitinho brasileiro, venha com negociação estratégica.

Advogado para juros abusivos: ótima forma de obter um desconto

Quando os juros estão sendo cobrados sobre juros, para a maior parte das dívidas você pode entrar com um advogado na justiça para obter um desconto. Isso é uma boa opção quando o banco ou instituição está meio intransigente nos descontos. Não deixe eles abusarem de você, e force a justiça para o desconto, e isso será uma ótima forma de garantir uma dívida com juros menores.

Você já obteve desconto em uma dívida? Como você fez para negociar sua dívida? Já teve que entrar com processo na justiça para negociar uma dívida?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)