Mito: eu deveria pagar a dívida com a maior taxa de juros em primeiro lugar para sair das dívidas rapidamente.

Verdade: você deve pagar a menor dívida em primeiro lugar para criar o maior impulso em sua bola de neve da dívida.

A matemática parece inclinar-se mais para pagar as dívidas de juros mais altos primeiro, mas o que vai aprender é que as finanças pessoais são 20% de conhecimento e 80% comportamento. Você precisa de algumas vitórias rápidas, a fim de ficar motivado o suficiente para sair da dívida completamente . Quando você começar a bater as dívidas mais fácil, você vai começar a ver os resultados e você vai começar a ganhar na redução da dívida.

Plano Bola de Neve para se livrar da dívida

O princípio é parar tudo, exceto pagamentos mínimos e se concentrar em uma dívida de cada vez. Caso contrário, nada é feito, porque todo o seu esforço é diluído. Primeiro, acumule R$1.000 em dinheiro como um fundo de emergência. Então, comece intensamente se livrar de todas as dívidas (exceto dívidas com financiamento de imóveis) com o plano de bola de neve da dívida. Liste suas dívidas em ordem com as menores parcelas ou total que falta a pagar em primeiro lugar. Não se preocupe com as taxas de juros ou termos, ao menos que duas dívidas tenham parcelas ou totais a pagar semelhantes. Em seguida, liste o maior endividamento da taxa de juros primeiro. Pague as pequenas dívidas primeiro que lhe dão um feedback rápido, e que são mais propensas a permanecer com o plano.

Quitar dívidas

Usar a bola de neve é uma estratégia essencial para te ajudar a ver que quitar débitos não é impossível. (Foto: axedebt.com)

Construir Momentum

Refaça estes procedimentos todas as vezes que você terminar de pagar uma dívida, para você visualizar o quão perto está da liberdade. Mantenha os papéis das dívidas antigas visíveis, de forma a te mostrar que pagar as dívidas é possível. A nova dívida a ser paga é encontrada ao adicionar todos os seus pagamentos nos débitos listados.  Daí, você terá pagamentos compostos que irão te tirar do débito rapidamente.

Os pagamentos restantes são os pagamentos que chegam naquele item. Pagamentos cumulativos é o total de pagamentos necessários, incluindo a bola de neve, para pagar aquele item. Em outras palavras, você vai “enrolando” suas demais dívidas e liquidando as dívidas com menor saldo devedor/menores parcelas para depois se concentrar nas seguintes, até chegar nas dívidas de maior saldo. Enquanto isso acontece, você pode bem renegociar dívidas e conseguir outras fontes de renda para financiar os pagamentos.

Liberdade das dívidas!

Você ataca a menor dívida em primeiro lugar, mantendo pagamentos mínimos em todo o resto. Faça o que for necessário para concentrar a sua atenção. Mantenha-se firme até a próxima fatura maior. Após a dívida ser cuidada, você está pronto para a próxima etapa em reestruturar seu total de dinheiro.

Eu já fui à falência. Eu sei o medo que eu sentia, e eu sei o quão rápido eu queria sair da dívida. Eu sei como alguém nessa situação se sente, e eu aprendi que o que realmente funciona é incrivelmente forte: a intensidade focada.

O que vocês acham? O que vocês fariam? Compartilhem suas ideias nos comentários.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)