Quem está interessado em reformar um carro antigo ou comprar um carro mais novo por um valor menor do que o de mercado pode procurar os leilões do DETRAN como uma ótima opção para poupar dinheiro. Porém, algumas regras e pré-requisitos devem ser atendidos para a participação em tais leilões do DETRAN.

Como participar de um leilão do DETRAN?

As regras para participação nos leilões do DETRAN variam um pouco de estado para estado. A melhor forma de obter tais informações é acessando o site do DETRAN estadual e buscar as informações. Alguns pré-requisitos, entretanto, são quase que unânimes em todas as unidades do DETRAN:

  • Cadastro prévio em uma unidade física do DETRAN (mesmo para participação em leilões online);
  • Pessoa física: possuir RG, CPF, comprovante de residência e/ou procuração para arrematar em nome de terceiros;
  • Pessoa jurídica: possuircópia autenticada do contrato social, cópia do CNPJ, comprovante de estabelecimento e procuração (no caso de não ser o representante legal);
  • Dinheiro ou cheque em mãos para garantir a compra do produto na data do leilão (caução).

É importante lembrar que não há como parcelar a compra de um veículo em um leilão, salvo o caso em que você consiga um empréstimo pessoal e o parcele por sua conta. O não cumprimento do pagamento do lance no veículo resultará em sanções administrativas, multas e até punições penais. Portanto, planeje bem suas finanças antes de confirmar seu lance.

Venda de carros nos leilões do DETRAN

O DETRAN faz os leilões com o propósito de esvaziar seus pátios, o que também ajuda a quem e interessa em obter carros mais baratos. (Foto: cearaagora.com.br)

Por que participar de um leilão do DETRAN?

Em um leilão do DETRAN você poderá comprar um veículo com um valor muito abaixo do mercado, girando em torno de 30% abaixo, geralmente. O estado de conservação às vezes não é o melhor possível, mas o dinheiro poupado pode compensar os reparos necessários. Portanto, fazer uma vistoria minuciosa do veículo antes da compra é uma forma de evitar surpresas depois de confirmar seu lance.

Quanto custa um leilão do DETRAN?

Além do valor pelo qual o produto foi arrematado, deve ser acrescentado um valor de até 5% sobre o valor final do leilão, referido à parcela do leiloeiro responsável. Além disso, quando um veículo apreendido vai à leilão, normalmente isso acontece por falta de pagamento de multas, IPVA, utilização do mesmo em crimes ou até por sucateamento. Em alguns casos, os débitos são tantos que o veículo só poderá ser usado como sucata, ou seja, para utilização de suas peças. Em outros casos, o arrematante terá de arcar com as despesas pendentes, incluindo também os custos de armazenamento do veículo no pátio para o qual foi encaminhado. Caso queira parcelar a compra de um veículo do DETRAN, já que não é possível diretamente com o órgão, recomendamos que você busque um empréstimo do tipo CDC em seu banco ou instituição financeira, com boas taxas.

O que fazer antes de participar de um leilão do DETRAN?

Procure os editais online dos leilões, veja o ano e modelo dos veículos, assim com o lance inicial, compare o valor do mesmo com o valor de mercado (o que também vai te ajudar a limitar seu lance máximo) e vá até o local de estoque do veículo para fazer uma vistoria completa, preferencialmente com o mecânico. Mesmo carros 0 km nestes leilões não tem garantia de fábrica. Confirmado que o veículo é o certo para você, separe dinheiro suficiente para a comissão do leiloeiro e para o reboque do veículo, uma vez que a documentação não é emitida imediatamente após a compra do mesmo.

Lembre-se que a confirmação de seu lance é garantia de compra. Não honrar seu lance poderá resultar em graves punições.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)