Começar sua própria financeira não é uma tarefa para amadores. Exige planejamento, muita leitura e principalmente, muito conhecimento do sistema financeiro brasileiro. A legislação vigente é bem estrita com os serviços financeiros, e compreendê-la vai ajudar a abrir uma financeira com o pé direito. Mas quais são os outros passos necessários? Como fazer para abrir uma financeira do jeito certo?

Como montar uma financeira: o básico

A organização legal da preparação, registro e arquivamento de documentos geralmente leva até 12 meses para o começo da sua financeira. Este tempo de processamento depende muito do seu nível ou preparação para os requisitos de informação.

A abertura de uma financeira tem custos variáveis, mas é bom se preparar bem principalmente para o capital de giro. Índices de inadimplência podem ser bem altos e causar sérios prejuízos para sua financeira, além dos custos com documentação, registro, contratação de funcionários, equipamento, aluguel, etc.

Os custos iniciais e o capital podem vir de você ou podem vir de um ou mais investidores. Muitas vezes, aqueles que querem abrir uma financeira irão levantar fundos com um ou mais sócios. Caso queira cortar custos, abrir uma filial ou franquia de uma financeira pode ser muito melhor, já que essas instituições tem todo o know-how que você precisa para abrir seu negócio, poupando tempo e dinheiro.

Montar uma financeira: os requisitos

No que diz respeito aos responsáveis pela financeira, são necessárias as seguintes informações para a abertura do negócio:

  • Nome completo, data e local de nascimento, nacionalidade, endereço permanente e ocupação
  • Cópia autenticada do documento de identificação com foto (como passaporte ou carteira de habilitação)
  • Capital mínimo para a abertura da financeira

Com essas informações em mãos, é preciso obter uma autorização prévia do Banco Central para regularizar o funcionamento da financeira. É bom ter um plano de negócios bem estruturado nesse momento, o que vai ajudar tanto na aprovação quanto no sucesso da sua financeira.

É recomendável que o interessado em abrir uma financeira tenha uma associação com contadores e advogados especialistas no setor financeiro. Esses profissionais são essenciais para o sucesso do seu negócio. Consulte esses profissionais antes de fazer sua aplicação no Banco Central para evitar problemas.

Abrindo financeira

Você precisa de um bom planejamento antes de abrir uma financeira para evitar problemas. (Foto: Credit.com)

Como abrir financeira: o começo

No caso de uma instituição financeira credenciada no Brasil, a criação do seu negócio exige atenção especial ao processo de inscrição. O setor bancário é fortemente regulamentado. Além disso, o capital inicial para a abertura de uma financeira é bem alto, mesmo que seja uma financeira franqueada.

No começo, é preciso compreender que serão necessários investimentos altos em propaganda, marketing, divulgação, preparo dos funcionários, treinamento, e claro, os custos com aluguel, equipamento, etc. Esses investimentos não são contabilizados como o capital inicial para a empresa, que é o dinheiro de “sobra” para fornecer os empréstimos.

É importante também saber com quais tipos de serviços e produtos do mercado financeiro sua financeira vai começar. Você pode começar com empréstimos consignados, que tem mais garantias e proporcionam menores riscos para sua empresa. Depois, pode aumentar o pacote de serviços para empréstimos pessoais ou até financiamento de veículos. Porém, para cada serviço novo oferecido podem existir novas regulações, e é preciso manter os olhos abertos para a legislação, evitando assim problemas legais para sua empresa.

A tendência de uma financeira bem administrada é gradualmente começar a prestar serviços de um banco, como fundos de investimento, contas corrente e contas poupança. Mas isso tudo depende do seu planejamento e dedicação.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)