Você precisa seguir algumas dicas realistas quando as companhias aéreas começam a elevar o custo da sua viagem apenas por trazer sua bagagem com você. Dependendo do tamanho do seu grupo de viagem, o seu destino, e seu nível de conforto, você tem algumas opções práticas que não envolvem sacrificar alguns dos itens favoritos que você deseja levar com você em sua viagem de ida ou de volta.

Vale a pena pagar a tarifa de excesso de bagagem? Só depois de você ler tudo que sugerimos abaixo.

Escolha sabiamente

Voe em companhias aéreas que tem taxas mais baratas para excesso de bagagem, e fuja das que exageram nessas taxas. Isso significa buscar companhias aéreas que nem sempre terão as passagens mais baratas. Porém, a economia na passagem aérea pode acabar não valendo a pena, se a companhia aérea cobra por cada mala extra que você levar ou taxas caras pelo excesso de bagagem.

Leia as regras da companhia aérea para bagagens

Mesmo as companhias aéreas com bons preços ainda tem regras complexas. Seus subsídios e descontos variam conforme o destino, classe de voo, entre outros detalhes. Dedique algum tempo para ler cuidadosamente as regras da companhia aérea, imprimindo as páginas relevantes que você precisa para esclarecer as situações em que há a cobrança de taxas de bagagem. Por exemplo, você pode descobrir que tem direito a 10 kg de bagagem de mão e 20 kg de bagagem de mala, podendo distribuir melhor o peso dos seus itens entre suas malas e bagagem de mão. Além disso, participantes de alguns programas de relacionamentos das companhias aéreas ganham descontos e gratuidades nas bagagens. Verifique seu programa de relacionamento e veja o que ele proporciona.

Regras de bagagem e excesso de bagagem em viagens

Além do excesso de bagagem, tome cuidado com as regras de itens que você pode carregar ou não na mala ou na bagagem de mão. (Foto: www.wedelivertheworld.co.uk)

Pese a bagagem em casa

Use uma balança em casa ou em alguma drogaria próxima para pesar suas malas antes de sair de casa. Custa menos de R$50 uma balança de suspensão, do tipo que você pendura o peso nela para o cálculo. Assim, você vai saber exatamente quanto de peso leva na sua viagem.

Seja estratégico

Armado com as regras da companhia aérea e sua balança, maximize o efeito gratuitos das malas despachadas. Cada membro da família não precisa necessariamente que seus itens estejam em uma bagagem única. Espalhe itens pesados pelas malas da família ​​e distribua o peso de modo que ninguém exceda o limite de peso para bagagens e acabe pagando a taxa por excesso de bagagem.

Invista em um bom equipamento

Malas mais leves e resistentes são mais caras e melhores. Ao invés de só comprar uma mala quando for viajar, pesquise um pouco e encontre uma mala de boa qualidade. Estas podem durar por anos, até décadas, se você cuidar dela bem. Além disso, pode reduzir consideravelmente o peso total da sua bagagem.

Coloque o material pesado em sua bagagem de mão

A maioria das companhias aéreas tem um limite de peso para a bagagem de mão em voos. Então, se você tem alguns itens mais pesados que irão colocá-lo acima do limite da bagagem despachada, tente encaixá-los em sua bagagem de mão.

Viaje vestido com as roupas mais volumosas

Jaquetas, blusas, blazers e suéteres não contam como bagagem de mão, desde que você esteja os vestindo. Você vai economizar espaço e peso ao vestir essas roupas, podendo tirar um ou outro casaco quando já estiver sentado no avião. Pense sobre os sapatos também, já que você pode usar botas volumosas que não se encaixam muito bem em sua bagagem de mão. Conselho: essa estratégia não vale se você estiver indo para algum lugar muito quente, pois você pode acabar passando mal durante a viagem.

Use um cartão de crédito

Algumas companhias aéreas tem descontos e isenção da cobrança por excesso de bagagem, desde que você tenha o cartão de crédito com o logo da companhia. Se você não está carregando um monte de dívidas de cartão de crédito, e você pode abrir um outro cartão sem correr riscos, considere a opção de fazer o cartão da companhia aérea. Para viajantes frequentes, um privilégio como esse é uma boa maneira de escolher um cartão, mas não é algo essencial. Lembrando que cartões Gold, Platinum e Infinite podem já ter o benefício da isenção de taxas de excesso de bagagem sem necessariamente ter o logotipo da companhia aérea.

Tire proveito de itens gratuitos

As companhias aéreas não anunciam, mas os viajantes mais experientes sabem que existem certos itens que são sempre gratuitos, como carrinhos de criança, assentos de carro, e certos itens médicos. Enquanto você não pode abusar dessa gratuidade, você pode colocar nas sacolas do carrinho e da cadeira de criança alguns itens não muito pesados, mas que podem aliviar sua bagagem.

Faça um upgrade de classe

Os viajantes de primeira classe raramente pagam quaisquer taxas por excesso bagagem. Você pode não pode querer gastar uma quantia extra cara para obter um bilhete de primeira classe, mas às vezes você pode ganhar essa melhoria de classe por preços promocionais ou até gratuitamente. Por exemplo, se o upgrade para primeira classe custar R$100 e a taxa por excesso de bagagem for R$120, já vale a pena o upgrade. Programas de relacionamento de companhias aéreas também dão essas melhorias para quem já tem uma certa quantidade de pontos acumulados. Se você tem um cartão de crédito de viagens, você pode ganhar esses upgrades gratuitamente.

Palavras Finais

Você não tem que deixar as coisas em casa só para evitar taxas por excesso de bagagem. Descubra o seu nível de conforto pessoal, e em seguida, aplique-se lentamente para aprender alguns truques para salvar peso na bagagem. Você pode descobrir, por exemplo, que fica mais barato enviar alguns itens por correios ao invés de levá-los com você no avião. Se você estiver no exterior enviando para o Brasil, só tome cuidado com as tarifas de importação.

Que idéias você tem para não pagar taxa por excesso de bagagem? O que você faz para evitar esses custos extras?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)