Perante a Receita Federal, todo indivíduo que teve investimentos em ações durante o último ano, de qualquer montante, deve declarar esses valores em seu imposto de renda. Os lucros e prejuízos devem estar discriminados afim de impedir cobranças incorretas, além de também deixar claro que a alíquota só irá incidir sobre aplicações que esteja em um montante acima de R$20.000,00.
Para muitos, o mundo da Bolsa de Valores já é rotina. Para outros, é um bicho de sete cabeças. Como afinal você compra e vende ações? De onde e para onde vai esse dinheiro? Dicas de como começar seus investimentos na bolsa de forma simples e prática estão aqui, neste novo artigo do nosso blog.