Você já pode declarar seu imposto de renda por smartphones e tablets que utilizem os sistemas operacionais Android ou iOS. Tudo que você precisa fazer é baixar o aplicativo na loja Google Play para celulares e tablets com o sistema operacional Android ou na Appstore para quem tem o sistema operacional iOS. A partir daí, você poderá realizar algumas tarefas antes limitadas aos laptops e computadores de mesa.

O que é possível fazer no aplicativo “Pessoa Física” da Receita Federal?

Você poderá, diretamente do aplicativo:

  • Verificar Situação cadastral do CPF e restituição IRPF;
  • Pesquisar uma versão resumida do Perguntão IRPF para o ano;
  • Consultar e imprimir o DARF para pagamento das cotas do IRPF, desde 2006;
  • Simulações com o cálculo mensal e anual do imposto;
  • Fazer um teste de conhecimentos para conhecer a legislação do IRPF;
  • Alguns contribuintes também podem preencher e transmitir uma declaração original do Imposto de Renda Pessoa Física (m-IRPF) usando os dispositivos móveis.

Retificação e impressão só podem ser feitas através de um computador com o programa da Receita Federal já instalado.

Quem pode fazer a declaração do imposto de renda pelo celular ou tablet?

De acordo com a Receita Federal, a utilização do m-IRPF não será possível se, no ano de 2013, o declarante ou seus dependentes:

  • Tiverem rendimentos tributáveis recebidos do exterior, com exigibilidade suspensa ou em montante superior a 10 milhões de reais sujeitos ao ajuste anual;
  • Tiveremos seguintes rendimentos sujeitos à tributação exclusiva ou definitiva: ganhos de capital na alienação de bens ou direitos (como a venda de um imóvel); ganhos de capital na alienação de bens, direitos ou aplicações financeiras adquiridos em moeda estrangeira (como a venda de um imóvel adquirido no exterior); ganhos de capital na alienação de moeda estrangeira mantida em espécie (venda de dólar em espécie, por exemplo); ganhos líquidos em operações de renda variável realizadas em bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas, ou fundos imobiliários; ou recebidos acumuladamente (RRA);
  • Tiverem os seguintes rendimentos isentos e não tributáveis: lucro na alienação de bens ou direitos de pequeno valor ou do único imóvel; lucro na venda de imóvel residencial para aquisição de outro imóvel residencial e redução do ganho de capital; parcela isenta correspondente à atividade rural; recuperação de prejuízos em renda variável; ou rendimentos cuja soma foi superior a 10 milhões de reais;
  • Tiverem rendimentos tributados exclusivamente na fonte cuja soma tenha sido superior a 10 milhões de reais;
  • Tiverem se sujeitado ao imposto pago no exterior ou ao recolhimento de IR na fonte para operações feitas em bolsa de valores;
  • Tiverem se sujeitado ao preenchimento dos demonstrativos referentes à atividade rural, ao ganho de capital na alienação de bens e direitos, ao ganho de capital em moeda estrangeira ou à renda variável ou das informações relativas a doações efetuadas;
  • Tiverem se sujeitado à obrigação de declarar a saída definitiva do país;
  • Tiverem se sujeitado a prestar informações relativas a espólio;
  • Tiverem realizado pagamentos de rendimentos a pessoas jurídicas, quando constituam dedução na declaração, ou a pessoas físicas (dedutíveis ou não) cuja soma tenha sido superior a 10 milhões de reais em cada caso ou no total.

Quem se encaixar em qualquer uma das situações acima só poderá transmitir a declaração por uso do computador.

Acesso móvel a informações da Receita

O aplicativo Pessoa Física da Receita Federal já evoluiu bastante e melhora ainda mais a cada ano, facilitando o acesso e envio de informações pelo contribuinte. (Foto: info.abril.com.br)

Como fazer a declaração do Imposto de Renda pelo celular, smartphone ou tablet?

Primeiro de tudo, reúna todos os seus recibos, contas, contra-cheques e informações que você precisa para o Imposto de Renda normal. Daí então, após baixar o aplicativo, abra-o e clique em m-IRPF e depois em OK. Clique sobre o sinal + (mais) para incluir uma nova declaração, desde que você não tenha nenhuma já no dispositivo. Você será encaminhado para o programa online da Receita Federal, onde você deve clicar em “Ver Orientações” para ter certeza de que não vai cometer nenhum erro na hora de declarar seu IRPF. Assim que você estiver seguro, clique em “Fazer a declaração” e escolha o ano de exercício (ano em que a declaração está sendo feita). Digite seu CPF sem medo de ser feliz.

Na tela vão aparecer as restrições que listamos acima. Se você não se enquadra nas restrições, continue. Os ícones que aparecem são as sessões que você deve preencher:

  • Identificação do contribuinte: insira todos os seus dados pessoais;
  • Dependentes e alimentandos: cadastre seus dependentes, caso tenha;
  • Rendimentos: informe seus rendimentos tributáveis e não tributáveis;
  • Pagamentos: preencha os pagamentos realizados no ano anterior;
  • Bens e dívidas: inclua informações sobre bens, direitos e as dívidas que você tem.

Preenchidas as informações, clique em “Ver Resumo” na tela inicial e tenha a noção da bocada do Leão. Antes de enviar, confira todos os dados novamente pois não é possível fazer a retificação (correção) via celular, smartphone ou tablet. Salve sempre como rascunho e peça a alguém para checar os dados.

Completo preenchimento, clique em transmitir e faça o envio para a Receita Federal. Será gerado um arquivo no formato 99999999999-IRPF-A-2014-2013-ORIGI.dec, e outro com o recibo de entrega, no formato Recibo99999999999-IRPF-M-2014-2013.pdf. 99999999999 corresponde ao número do CPF. Salve este arquivo com segurança e pronto! Você declarou seu IRPF.

Ficou alguma dúvida ou você não está conseguindo declarar seu IRPF? Deixe nos comentários sua pergunta que faremos o possível para ajudá-lo!

4 comentários para “Declaração do imposto de renda pelo celular!”

  1. Karina

    Obrigada pela informação, uma dúvida é sobre o aproveitamento dos dados preenchidos no ano anterior, qual a forma de aproveitá-los?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Usando o backup do aplicativo do ano anterior.

      Responder
  2. Fabiana

    Fiz a declaracão pelo celular mas o arquivo da declaração não reconhece, não abre, apenas o recibo. Como faço para visualizar a declaracão e enviar como arquivo?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Fabiana, tem que ver isso na sessão de perguntas e respostas da Receita sobre o programa

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)