Comprar um carro hoje é fácil, porque você tem muitas opções. Por outro lado, comprar um carro é realmente difícil, porque você tem muitas opções. Qual carro é ideal para você? Um cupê? Sport Sedan? Wagon? Que tal um crossover ou SUV? Você precisa de um 4×4? Quão importante é a economia de combustível? Quem precisa mesmo de quatro portas?

Relaxe e pense no dinheiro

Escolher o carro vai ficar muito mais fácil depois que você definir um orçamento para investir. A maioria das pessoas define apenas o orçamento para a compra do veículo, o que as deixa com milhares de opções.

O que as pessoas inteligentes fazem é definir um orçamento mensal, trimestral, semestral ou anual também para a manutenção do veículo, resultando numa lista que geralmente terá menos de 5 modelos de veículos, dentro dos critérios que vamos detalhar abaixo.

Que tipo de carro você quer?

Responder que tipo de carro que você quer pode parecer demasiado simplista, mas é importante saber o que você gosta e não gosta antes de começar a pesquisar um carro. Claro, você tem que pensar sobre que tipo de veículo você quer racionalmente falando. Nós todos amamos carros potentes, modernos, cheios de tecnologia, mas se isso se traduzir em um carro de dois lugares, seus filhos podem não ficar muito felizes. Em vez disso, pense sobre os tipos de carros com os quais você se sente confortável. Se você não gosta de SUVs, não compre uma. Se você ama pequenos carros e sua família não costuma viajar junta (ou os filhos acabaram de sair de casa), eles podem entrar na sua lista.,

Que tipo de carro você precisa?

Descobrir o tipo de carro que você precisa é simplesmente uma questão de pensar sobre sua vida e como você quer o carro se encaixe nela. Pense a longo prazo. A compra de um conversível de dois lugares quando sua esposa está grávida de três meses, provavelmente, não é uma atitude sábia. Listas práticas de seu estilo de vida podem fazer suas compras mais fáceis. Um exemplo: uso carro para viagens, levar filhos na escola, passeios ao shopping. Esses três já definem, até um ponto, algumas características do veículo: segurança (crianças, viagens), conforto (viagens, crianças, passeios), tamanho (2 filhos), econômico (viagens, escola).

Decidindo que carro comprar

Um carro importado tem altos custos de manutenção, mas pode ser mais resistente e confiável do que um carro nacional no longo prazo. (Foto: www.askmen.com)

Quem são seus passageiros?

Você normalmente dirige sozinho, ou você muitas vezes conduz com amigos ou a família? Se você tem passageiros com freqüência, eles precisam de muito espaço, ou estão confortáveis em um assento menor? Você está pensando em ter filhos nos próximos anos? Existe uma chance de que um parente mais velho possa passear com você no carro com bastante frequência?

Se você não têm muitos passageiros, então você pode buscar um carro menor. Mas, se você costuma dirigir adultos ou precisa de espaço para seus filhos, pode ser necessário um carro maior. Conhecer os seus passageiros também significa olhar para o quão fácil é entrar no veículo. Se você tem filhos pequenos, você não pode não querer dobrar-se sobre um carro rebaixado para apertar os cintos de segurança e a cadeirinha. Da mesma forma, você pode não querer levantar uma criança pesada até o banco de um veículo mais alto. As pessoas idosas ou pessoas com dificuldade de locomoção podem ter problemas para entrar em carros que são muito baixos ou muito altos. Antes de comprar um carro, pense quem provavelmente irá dirigi-lo. Não se esqueça de pensar se você quer subir em um SUV alto todos os dias, ou se abaixar em um carro esporte pode ficar cansativo depois de um tempo.

Onde você mora?

Nem todo carro se encaixa em todos os ambientes. Uma enorme SUV soa como uma grande ideia, até que você tenta estacioná-la no centro de uma grande cidade. O perfil rebaixado do seu carro esportivo pode ser atraente, até você ter que visitar a fazenda do seu sogro por uma estrada de terra.

Se você mora em uma área urbana, um carro menor pode ser mais fácil para mobilidade. Você vai ser capaz de se encaixar em espaços de estacionamento menores e em ruas apertadas. As pessoas que vivem em áreas com clima e estradas complicadas podem querer considerar carros com tração nas quatro rodas para aderência extra. Se você mora em uma área que tem terrenos bem irregulares, SUVs e carros com altura maior em relação ao solo são a solução, bem como tração 4×4. Considere também o preço do combustível onde você mora para que o seu carro dos sonhos não acabe drenando sua carteira no consumo.

O que você faz?

Sabendo como você vai usar um novo carro informa que carro você vai comprar. Não basta pensar sobre as coisas que você tem que fazer no carro, como transporte para o trabalho. Pense também sobre o que você gostaria de fazer com o carro. Digamos, por exemplo, você mora em uma área urbana onde não chove muito. Um carro pequeno faz muito sentido nesse cenário, mas se você também é um ávido aventureiro que tem uma casa nas montanhas e gosta de relaxar lá nos finais de semana, carro com tração nas quatro rodas pode tornar sua vida pouco mais fácil.

Pensar sobre o que você planeja fazer com o carro não pode apenas vai ajudá-lo a escolher o carro certo, mas também vai ajudá-lo a decidir sobre os recursos adequados. Se você planeja usar um carro para longas viagens com crianças pequenas, pode valer a pena para obter um centro de entretenimento no banco traseiro, com telas de LCD. Se você costuma ter de trabalhar na estrada, um carro com um ponto de acesso Wi-Fi/Conexão 3G pode tornar sua vida muito mais fácil.

O que você pode pagar?

Escolhendo um carro significa muito pouco se você não pode pagar por isso. Ao decidir sobre um carro novo, o preço é importante, mas você também deve olhar para quais são os custos para um carro ser registrado em seu estado, além de custos de seguro em sua cidade e a manutenção em uma oficina de confiança. A maioria dos carros novos têm ofertas que podem ajudar você a economizar dinheiro no preço do carro ou o financiamento. Olhe para a economia de combustível dos carros que você está pensando comprar. Um carro não é bom se você não pode dar ao luxo de colocar combustível e mantê-lo funcionando.

Nessa pergunta, boas fontes de informações estão em sites especializados, além das oficinas de sua cidade. Visite-as e veja quais carros sempre estão lá, também fazendo perguntas. Seja curioso. Você vai obter informações importantes, tais como “motor GM sempre vaza óleo” ou “carros japoneses precisam de pouca manutenção”. Com cada uma dessas informações, sua lista de possíveis veículos vai sendo reduzida e mesmo que o carro saia um pouco do seu orçamento, você sempre pode buscar modelos de anos anteriores mais baratos, mesmo que a manutenção tenha que sofrer uma pequena alta nos custos.

Do que você pode abrir mão?

Você não vai conseguir tudo o que você quer e precisa em um carro. Saiba o que você está disposto a abrir mão. Talvez você tenha que ter um carro que acomoda sete pessoas e tem classificações de segurança impecáveis, mas você pode viver sem tração nas 4 rodas, mesmo que você queira. Você pode obter um carro usado, mesmo sonhando com o carro de cheiro novo. Um porta-malas conversível em assentos pode ser útil quando a família está na cidade, mas se eles só visitam algumas vezes por ano, você poderia considerar deixar de lado essa conversão, afim de obter um veículo menor e mais econômico.

Considerações Finais

Assim como você vai querer fugir dos juros altos de financiamento, você também vai querer fugir dos carros zero. Se você for mesmo financiar, considere os custos de manutenção mensais juntos aos juros, verificando se isso não comprometerá mais de 10% de sua renda. Se seu veículo está “comendo” mais de 10% do seu orçamento mensal, volte para nossa última pergunta e abra mão de alguma coisa, ou você correrá sérios riscos de entrar em dívidas.

Como você define o orçamento para seu carro? Como calcula a manutenção? Compartilhe nos comentários!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)