De um modo geral, nunca é uma boa ideia para compra alguma coisa que você é incapaz de pagar na íntegra, já que você vai ter que pagar juros sobre as compras. Mas existem alguns itens que definitivamente vale a pena colocar no cartão de crédito para o longo prazo.

Além de prêmios dos cartões, existem algumas vantagens agradáveis ​​associados com o uso de um cartão de crédito. Mas todas estas vantagens nunca são utilizadas porque as pessoas não sabem sobre elas. Para ajudá-lo a maximizar essas vantagens e proteções, dividimos os cenários, e mostramos quando colocar a sua compra no pedaço de plástico pode provar que vale a pena.

Eletrônicos/Eletrodomésticos

Muitos cartões de crédito autoriza o titular de uma garantia estendida e proteção de preços em itens como eletrônicos e eletrodomésticos, que carregam já uma garantia. Visa e MasterCard ambas, oferecem garantia estendida de cortesia e proteção de compra com muitos de seus cartões, e American Express oferece cobertura para todos os portadores de cartões.

Parcelar no cartão de crédito produtos eletrônicos também vale quando o desconto à vista não é tão significativo (menos de 5%) ou não exista. Mas pense em prazos que durem menos de 12 meses para o parcelamento. O limite de 6 meses é ótimo para eletrônicos e eletrodomésticos.

Acomodações de viagem

Alguns cartões de crédito realizam determinada cobertura de seguro de viagem secundário que podem poupar a despesa adicional quando você está planejando uma viagem. Isso pode incluir o serviço de cancelamento de viagem, morte acidental ou acidente, bem como serviços de assistência de emergência, de modo a verificar com o emissor para ver o que eles podem cobrir. Serviços extras de cartões Platinum, como o Concierge, podem também ser uma grande diferença.

Tenha em mente que essas regalias são tipicamente associadas com cartões de recompensas de viagens, que oferecem pontos de volta em acomodações aéreas e hotéis, como incentivo adicional. Há certos tipos de reservas de viagens que você vai precisar de um cartão de crédito para fazer mesmo. Por exemplo, muitos hotéis exigem um cartão de crédito no momento da chegada para cobrir despesas inesperadas.

O ideal aqui é parcelar até a data da viagem, nunca além, pois as chances são que durante a viagem você vai gastar um pouco mais do que deveria, mesmo quando estiver tudo bem planejado. Um planejamento antecipado de 4 a 8 meses é recomendado para controlar os gastos da viagem.

Cuidados com parcelamentos no cartão de crédito

Parcelar no cartão nunca é bom. Ponto. Nunca se sabe quando emergências irão ocorrer e você vai precisar daquele dinheiro separado para as contas. (Foto: www.culturamix.com)

Compras online

Quando se trata de fazer compras online, é mais seguro usar um cartão de crédito. Há mais proteções no lugar e garantias. A regra básica é que aos usuários de cartão de débito é dado um curto período de tempo para descobrir fraude se esperam recuperar qualquer um dos fundos que foram perdidos. Eles também pode ser responsabilizados por toda a soma de dinheiro que eles afirmam que foi roubado se eles não conseguem relatar a atividade ilegítima no prazo de 60 dias.

É uma boa ideia usar um cartão de crédito na compra de bens na internet. O cartão de crédito para servir como uma segunda camada de segurança. Também é geralmente uma boa ideia usar o cartão de crédito sobre os produtos que você vai ter enviados como uma forma de garantia a mais para itens que podem ser perdidos, roubados ou quebrados dentro de um determinado período de tempo.

Aqui, o parcelamento só vale no mesmo esquema de eletrodomésticos/eletrônicos: quando não há descontos significativos no pagamento à vista e quando o parcelamento não tem nenhum valor absurdo de juros como acréscimo. Afinal, já sabemos que não existe parcelamento sem juros.

Compras de prestadores de serviços

É muitas vezes uma boa ideia para pagar prestadores de serviços, tais como empreiteiros, cabeleireiros ou empresas de paisagismo, com um cartão de crédito, uma vez que oferece certas proteções, se você está insatisfeito com a última instância do trabalho feito. Com um cartão de crédito, é muito mais fácil parar de pagamento, reter o pagamento ou iniciar uma disputa com o comerciante. Serviços devem ser parcelados em no máximo, 4 vezes, nunca excedendo em mais de 2 meses o tempo de garantia dado pelo serviço feito.

Bilhetes para shows

Muitos emissores de cartão de crédito têm relações com certas salas de concerto que autorizam os seus titulares a primazia sobre bilhetes. Às vezes, os emissores de cartão de crédito também vão oferecer a oportunidade de obter acesso VIP para um evento. Eles também oferecem periodicamente descontos sobre o preço dos bilhetes. Estes bilhetes não devem ser parcelados em mais de 2 vezes, independente do preço. A única exceção é se o bilhete está relacionado com uma viagem e o parcelamento pode ser estendido até a data da viagem.

As compras no exterior

Além das melhores proteções de fraude, muitos cartões de crédito ganham pontos extras por compras em dólares. Além disso, há a segurança das transações e a grande maioria dos sites internacionais não tem muitas formas de pagamento senão os cartões. Alguns apenas que aceitam o parcelamento, também. Mas vale a pena, seja pela segurança ou apenas por ser o único meio que você tem para pagar pelos produtos que compra internacionalmente.

E vocês? Quais produtos vocês parcelam nos cartões e por que? Ajudem-nos a enriquecer estes artigo com mais argumentos que comprovem que outros produtos também podem entrar nessa lista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)