Quando sua empresa oferece a possibilidade de se vincular a um plano de saúde com descontos, muitos entram em dúvida se realmente é um bom negócio ou se a melhor opção é procurar por um plano de saúde individual ou familiar por fora. Para entender quando um pode ser melhor do que o outro, o interessado precisa primeiramente compreender alguns conceitos do mundo dos planos de saúde para avaliar os diferentes tipos de pacotes de planos de saúde que são oferecidos no mercado.

Plano de saúde individual ou familiar

Planos de saúde individuais ou familiares são adquiridos por um indivíduo para cobrir suas próprias necessidades e/ou de sua família. Qualquer pessoa pode aplicar para um plano individual ou familiar através de um corretor de planos de saúde, online e também nas unidades do plano de saúde presenciais. Independentemente de ser contratado por conta própria ou através de uma empresa, estes dois tipos de planos são os mais básicos a serem oferecidos.

Adquirindo seu plano de saúde por conta própria

Alguns trabalhadores autônomos e microempreendedores individuais que pagam seus próprios planos de saúde podem ser capazes de deduzir o custo de suas mensalidades.

Quando estes seguros são adquiridos fora de uma empresa, a cobertura não é dependente de emprego. Os funcionários podem levar o seguro com eles quando saírem da empresa ou se aposentarem.

Como o plano de saúde da empresa, o plano de saúde individual cobre despesas médicas para doenças, lesões e condições médicas. Mas, ao contrário do plano de saúde a partir de um empregador, é algo que os funcionários individuais selecionar e pagar por conta própria, sem contrapartidas do empregador.

Comparando planos de saúde pela empresa ou por fora

Ao comparar planos de saúde adquiridos individualmente com planos de saúde através de sua empresa, você pode descobrir qual das opções oferece mais benefícios por um menor valor. (Foto: gppreview.com)

Adquirindo seu plano de saúde através de sua empresa

A maioria das pessoas está familiarizada com planos de saúde oferecidos pelos empregadores. Com este tipo de plano de saúde, a empresa pesquisa planos disponíveis, seleciona a companhia que fará a gestão do plano, e planeja opções para os funcionários.

A cobertura é dependente do emprego de um indivíduo. Quando um funcionário deixa a empresa, a cobertura do plano de saúde da empresa termina. Embora existam maneiras de funcionários ampliarem a cobertura e continuarem a pagar por conta própria, o valor acabará saindo mais caro do que o desconto oferecido quando o funcionário estava ligado à empresa ou quando a empresa pagava a totalidade do plano de saúde.

As taxas do plano de saúde da empresa são renegociadas anualmente com base nos custos dos cuidados de saúde do ano anterior do grupo de funcionários. Existem certos requisitos para a participação mínima. O empregador pode compartilhar o custo da mensalidade com os funcionários, mas há valores mínimos de contribuição para o empregador, assim como ele também pode pagar a totalidade do plano como um benefício completo aos seus funcionários.

Plano de saúde através da empresa X Plano de saúde adquirido individualmente

Muitos sindicatos hoje também oferecem planos de saúde com descontos aos sindicalizados. Estes também se encaixam em um certo tipo de cobertura de grupo, no qual temos o plano de saúde através da empresa incluso. Porém, ao contrário do plano de saúde através da empresa, não há quaisquer co-participações por parte do empregador.

Plano de saúde empresarial

Se você já teve a cobertura patrocinada pelo seu empregador, você provavelmente está acostumado a certas coisas. O seu empregador poderá:

  • Dar-lhe uma escolha entre planos de saúde;
  • Pagar a totalidade ou parcialmente suas mensalidades;
  • Deduzir a sua parte da mensalidade do seu salário a cada período de pagamento;
  • Fornecer seus documentos do plano;
  • Responder à perguntas sobre o plano de saúde.

Se por algum motivo você não pode obter uma cobertura de plano de saúde através de seu empregador, você ainda vai precisar adquirir um independentemente.

Plano de saúde independente

Ao contrário do seguro patrocinado pelo empregador tradicional, agora você vai:

  • Compre e escolher um plano que cubra você e sua família;
  • Adquirir seu plano;
  • Fazer todos os pagamentos de mensalidades;
  • Conhecer e gerenciar toda a sua cobertura e os benefícios de saúde.

Você provavelmente vai notar diferenças na cobertura individual em relação aos planos de saúde empresariais. Para analisar melhor, você precisa pegar a política de cada um e analisar não apenas os preços, mas também os serviços agregados oferecidos em cada uma das opções.

Qual a melhor escolha?

Quando oferecido pelo seu empregador, o plano de saúde sai mais em conta e pode ser melhorado para um de cobertura completa desde que você pague a diferença. Você pode também buscar uma opção de plano mais barato através de seu sindicato, caso seu empregador não ofereça um plano ou você ache que sua contribuição para a mensalidade do plano pela empresa esteja muita cara.

O importante é que você sempre compare as opções antes de assinar algum contrato. Desta forma, você consegue evitar que pague a mais por um plano de saúde que poderia sair muito mais barato se você tivesse dedicado um tempo para pesquisar e buscar a opção mais em conta.

Você tem plano de saúde pela sua empresa ou individual? Qual você acha mais barato?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)