O que é uma carta de crédito?

Escrito na categoria "Bancos e instituições financeiras" por André M. Coelho.

A carta de crédito é uma promessa de pagamento. Bancos emitem cartas de crédito como forma de garantir aos vendedores (e às vezes até mesmo compradores) que eles vão receber o pagamento, desde que eles façam o que eles concordaram em fazer.

As cartas de crédito são comuns no comércio internacional, mas elas também são usados ​​em operações no mercado interno. De qualquer forma, um banco age como uma parte desinteressada entre o comprador e vendedor e garante que o pagamento será feito se forem respeitadas determinadas condições.

Como exemplo, os importadores e exportadores podem usar cartas de crédito para se proteger. Trabalhar com um comprador no exterior pode ser arriscado, porque você não necessariamente sabe com quem está trabalhando. O comprador pode ser honesto e ter boas intenções, mas os problemas de negócios ou instabilidade política podem atrasar o seu pagamento (ou colocar o seu comprador fora do negócio)  Além disso, a comunicação pode ser difícil entre milhares de quilômetros e fusos horários diferentes. A carta de crédito especifica os detalhes para que todos estejam na mesma página.

Entendendo as cartas de crédito

Para entender melhor as cartas de crédito, as partes envolvidas são, geralmente:

O dinheiro por trás de uma Carta de Crédito

Um banco promete pagar em nome de um cliente, mas de onde é que o dinheiro vem? O banco só vai emitir uma carta de crédito quando está confiante de que o comprador vai pagar. Alguns compradores têm de depositar o dinheiro suficiente para cobrir a carta de crédito e alguns clientes usam uma linha de crédito com o banco. Em outras palavras, um empréstimo é criado quando o pagamento é feito.

Os vendedores devem confiar que o banco emissor da carta de crédito é legítimo e que vai pagar o combinado. Se os vendedores tem dúvidas, eles podem usar uma carta de crédito “confirmada”, o que significa que um outro (presumivelmente mais confiável) banco irá garantir o pagamento. Vendedores normalmente obtém cartas de crédito confirmadas pelos bancos em seu país de origem.

Execução de uma Carta de Crédito

Um beneficiário só é pago após a realização de ações específicas e cumpra os requisitos enunciados em uma carta de crédito. Para o comércio internacional, o vendedor pode ter de entregar a mercadoria a um estaleiro naval a fim de satisfazer os requisitos para a carta de crédito. Uma vez que a mercadoria é entregue, o vendedor recebe a documentação que comprova que ele fez a entrega. A carta de crédito deve ser paga naquele momento (dependendo de como ela foi criada), mesmo se algo acontecer com a mercadoria. Se um guindaste cai sobre a mercadoria ou o navio afunda não é necessariamente o problema do vendedor. O mesmo é válido dentro de território nacional e para isso, geralmente os bancos oferecem algum tipo de seguro para a mercadoria.

Para pagar uma carta de crédito, os bancos simplesmente analisam documentos que provam que um vendedor completou suas ações necessárias. Eles não se preocupam com a qualidade dos bens ou outros itens que possam ser importantes para o comprador e o vendedor. Isso não significa, necessariamente, que os vendedores podem enviar um carregamento de lixo: às vezes, um certificado de inspeção é exigido pela carta de crédito para que o comprador possa ter certeza de que a transferência é aceitável.

Para uma transação doméstica, um beneficiário pode ter que provar que alguém deixou de fazer alguma coisa. Por exemplo, uma organização pode contratar um empreiteiro para concluir um projeto de construção. Se o projeto não for concluído a tempo (e uma carta de crédito é usada), a organização pode mostrar ao banco que o contratante não cumpriu as suas obrigações. Como resultado, o banco vai pagar a organização (para que a organização possa ser compensada, ou contratar alguém para completar o projeto).

Etapas de uma carta de crédito

O diagrama em espanhol, mas de fácil compreensão, exemplifica bem os atores e fases envolvidas na emissão de uma carta de crédito. (Foto: www.bice.com.ar)

Armadilhas das Cartas de Crédito

As cartas de crédito tornam possível fazer negócios em todo o mundo. Elas são ferramentas importantes e úteis, mas você deve ter cuidado ao usar cartas de crédito.

Como um vendedor:

Como um comprador:

Obtendo uma Carta de Crédito

Para obter uma carta de crédito, entre em contato com o seu banco. Você provavelmente vai precisar de trabalhar com um departamento de comércio internacional ou divisão comercial/gerência de pessoas jurídicas. Nem todas as instituições trabalham com cartas de crédito, mas pequenos bancos e cooperativas de crédito muitas vezes pode encaminhá-lo para alguém que é capaz de atender às suas necessidades. Prefira cartas de crédito de instituições financeiras que estão presentes na cidade do vendedor e do comprador, mesmo em terras internacionais. Assim, a transação fica menos burocrática e mais segura.

Ficou alguma dúvida? Os comentários abaixo estão abertos para quaisquer perguntas de vocês leitores.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário