As melhores formas de conseguir um emprego

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

Independentemente da sua experiência de trabalho, sua indústria alvo ou o clima econômico, você pode começar um trabalho se você estiver disposto a trabalhar duro e saber como trabalhar sabiamente. Aqui estão algumas das melhores idéias, estratégias e métodos para colocar sua carreira de volta no caminho certo.

Publicidade

Publicidade

Assuma o controle de sua carreira

Para enfrentar as tempestades da mudança de carreira ao longo da vida, você deve ser pró-ativo, não reativo. Comece por ver-se como um trabalhador independente. Veja-se como o presidente de uma empresa com um empregado: você mesmo. Veja-se como tendo um produto para vender em um mercado competitivo: os seus serviços pessoais. Você é completamente responsável pela pesquisa e desenvolvimento. Não importa quem assina o seu salário, você está sempre em sua própria folha de pagamento. Esta atitude é o ponto de partida para começar o trabalho que você quer para o resto de sua carreira.

Faça um balanço de si mesmo

Publicidade

Publicidade

Antes de sair e procurar um emprego, hora de uma auto-reflexão. Faça uma lista de todas as coisas que você pode fazer para que alguém que estiver disposto a pagar. O que você fez especialmente bem em seus empregos anteriores? Que tipo de atividades em seu trabalho e sua vida pessoal você mais gosta? A boa notícia é que você vai sempre fazer o melhor em algo que te faz mais feliz. Para ajudar a seguir o plano de carreira certo, descreva o seu trabalho ideal. A maior clareza que você tem sobre exatamente o que é que você quer fazer e quanto você quer ganhar torna mais fácil para alguém contratá-lo.

As melhores formas de conseguir um emprego

Não basta ser o melhor em algo: você também tem que saber como procurar e encontrar as melhores ofertas de emprego para ter seu sonho de carreira realizado. (Foto: money.usnews.com)

Entenda o mercado de trabalho

Publicidade

Todo o trabalho, incluindo o seu próprio, está sujeito à lei econômica da oferta e da demanda. A única maneira de garantir que você tenha um trabalho gratificante é fazendo algo importante para o qual existe uma demanda no mercado e em que a substituição seja difícil. Mudanças na tecnologia, as preferências dos consumidores ou a economia podem fazer um talento ou especialidade obsoletas quase de noite. Você deve continuamente atualizar seus conhecimentos e habilidades e ajustar seus esforços para que estejam em conformidade com as necessidades do mercado de trabalho atual. Ou você em breve será substituído no mercado por alguém mais qualificado.

Publicidade

Não confunda o desemprego com férias

Olhe para a sua procura de emprego como um emprego em tempo integral, tendo 40 a 50 horas por semana. Levante-se e vista-se cada dia da semana como se estivesse indo para o trabalho, se alimente bem e saia à procura de emprego. Ter boa aparência e permanecer produtivo não só melhora a sua atitude, mas também impressiona outras pessoas, tanto aqueles dentro de sua própria casa quanto os de fora. Lembre-se, você nunca deve se ver como um desempregado. Você é uma pessoa totalmente empregada em um estado temporário de transição. Não pense que é hora de fazer dívidas também, ou seu novo emprego pode começar já problemático.

Semear em todos os lugares

Publicidade

Publicidade

A maioria dos empregos disponíveis não são anunciados. Eles estão escondidos e esperando por você para descobri-los. Junto com pesquisas regulares em sites de emprego na Internet, certifique-se de listar as suas qualificações e interesses em todos os locais que possam atrair os empregadores que procuram alguém como você. Visite feiras de emprego/empreendedorismo e converse com os expositores. Mantenha-se atento para notícias de lançamentos de novos produtos e depois procure as pessoas-chave na empresa. A expansão dos negócios representa oportunidades de emprego. Reúna informações sobre uma pessoa proeminente em uma organização que você gostaria de trabalhar. Peça que a pessoa, por telefone, por e-mail ou por carta, lhe conceda uma entrevista de 10 minutos. Quase invariavelmente, o seu interesse, conhecimento e gratidão vai terminar em uma oferta de emprego.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário