Vale a pena investir no Euro?

Escrito na categoria "Câmbio" por André M. Coelho.

Vamos analisar com calma este elemento. O investimento em Euro, em moedas no geral, é um investimento com uma boa quantidade de risco envolvido.

Publicidade

Publicidade

Em uma análise histórica, o valor de nossa moeda tem se valorizado bem em relação às moedas estrangeiras. A tendência atual e até no futuro próximo é de que a cotação continue estabilizada.

Mesmo que algumas das moedas estrangeiras tenha alguma valorização, não é de se esperar que haja mudanças cruciais que justifiquem o Euro como um bom investimento. Enquanto nosso país tiver a estabilidade econômica que temos, com juros altos, inflação sob controle e crescimento constante, o investimento em moedas estrangeiras continuará sendo de alto risco e baixo retorno financeiro.

Precisamos lembrar que investimentos em moedas estrangeiras é um tipo de investimento complexo. Isto porque na flutuação cambial estão envolvidas muitas variáveis de difícil análise, além da necessidade de um acompanhamento constante do mercado para avaliar os momentos de compra, venda e até de investimentos em contratos futuros.

Publicidade

Publicidade

Mesmo em tempos de crise na Zona do Euro, é de se esperar que o grupo consiga se recuperar nos próximos anos. Assim, um investimento em Euro poderia valer a pena se fosse feito de forma diferente, ou seja, investindo diretamente em empresas ou fundos que contenham ações de empresas europeias. Por que?

Investindo no Euro
Publicidade

O investimento no Euro pode ser um bom negócio, desde que não seja feito diretamente no câmbio, mas em empresas europeias. (Foto: www.opais.net)

Publicidade

Sabemos que tanto em momento de alta da bolsa quanto em momento de crise da bolsa são bons momentos no mercado. No primeiro, podemos vender ações com o maior lucro possível. No segundo, podemos comprar ações a preços muito baixos. E atualmente, é o que a Europa vive, sem muitas perspectivas recentes para grandes crescimentos, o que torna investimentos em Euro algo para médio e longo prazo e com um risco moderado.

A melhor opção aqui é ir para um fundo hedge ou multimercado que tenham ações ou investimentos em Euro, pois mesmo sendo um fundo de risco moderado a alto, o risco é diluído entre os investimentos dele e dividido entre os cotistas. Você deve procurar uma corretora de ações ou investimentos de seu banco ou instituição financeira que tenham estas opções de mercado e assim, diversificar seus investimentos.

Mas novamente reforçamos: nem agora, nem em um momento breve no futuro investimentos em câmbio são fáceis ou rentáveis, sendo melhor optar outros tipos de investimentos.

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário