Qual o melhor investimento para iniciantes?

Em Educação financeira por André M. Coelho

Nunca há um mau momento para começar a investir, não importa a sua idade. Os aplicativos de investimento de baixo custo e fáceis de usar aumentaram rapidamente no mercado financeiro, tornando mais fácil do que nunca para qualquer um investir.

Na probabilidade de você nunca ter feito uma introdução para a classe de investimento, no entanto, você ainda pode estar se perguntando “onde devo começar” e “qual deve ser o meu primeiro passo?” Não procure mais!

Abaixo você encontrará um guia sobre os melhores investimentos para iniciantes, onde você será apresentado a diferentes tipos de investimentos, como começar a investir dinheiro, e o que fazer quando você não tem muito a começar.

Investimento para iniciantes

Investir refere-se ao ato de pagar dinheiro hoje, com a intenção de ganhar mais dinheiro de volta no futuro. Muitos têm o hábito de investir enquanto se tornam conscientes sobre coisas como salvar a aposentadoria ou alcançar a independência financeira.

Aqueles que mantêm seu dinheiro em uma conta de poupança padrão normalmente verão um retorno anual de menos de um por cento. Os ganhos resultantes são indiscutivelmente insignificantes, mesmo durante um longo período de tempo. Em contraste, o mercado de ações oferece uma média de seis a sete por cento em retornos anuais.

Para indivíduos que desejam colocar seu dinheiro para trabalhar, investir se torna a opção mais atraente. Esta próxima seção discute como os investidores crescem seu dinheiro em vários tipos de investimentos. Esta próxima seção discutiu exatamente como os investidores podem usar vários tipos de investimentos para aumentar suas rendas e chegar perto de alcançar a liberdade financeira.

Quais os melhores investimentos para iniciantes?

Qualquer tipo de estratégia para cultivar dinheiro ou valor de ativos ao longo do tempo é considerado um investimento. O investimento é frequentemente associado ao mercado de ações, quando – na realidade – isso implica muito mais. A seguir, são diferentes tipos de investimentos para iniciantes a considerar. Continue lendo para obter uma visão geral de cada tipo de investimento, bem como alguns prós e contras de cada um.

1. Investimentos em ações para iniciantes

Ações, normalmente referentes a ações ordinárias, representam ações de empresas que os membros do público podem comprar. O valor desses estoques aumentam ou diminui com base nos fluxos da economia e do desempenho corporativo. Os investidores de ações ganham dinheiro recebendo pagamentos de dividendos de lucros da empresa, ou vendendo ações quando os preços aumentam.

Muitos investidores gostam da flexibilidade de que o mercado de ações oferece. Alguns tomam uma abordagem passiva segurando as ações para ganhos de longo prazo, enquanto outros trocam ativamente suas ações no mercado. No entanto, os acionistas enfrentam riscos associados à volatilidade do mercado. As flutuações econômicas podem causar o valor das ações subir e despencar, mesmo diariamente.

Os investidores devem estar preparados para enfrentar essa irregularidade, a fim de realizar retornos a longo prazo.

Investimentos para iniciantes

Iniciantes podem ganhar muito dinheiro com um bom planejamento e boas escolhas. (Imagem: Economic Times)

2. Investimentos em títulos para iniciantes

Bonds são uma ferramenta usada pelo governo federal e empresas para solicitar financiamento. Você quase pode pensar neles como o caminho do governo de fundos de crowdsourcing do público. Aqueles que compram títulos têm a promessa de ser pago de volta com juros, com o período de tempo e taxa de juros determinada de antemão.

Os títulos são considerados de baixo risco, porque representam a dívida que deve ser reembolsada dentro de um prazo definido. Além disso, a data de vencimento predeterminada e a taxa de juros permitem que os investidores calculem os ganhos exatos que eles farão. No entanto, esses benefícios não vêm sem tradeoffs.

Por exemplo, os títulos são conhecidos por fornecer ganhos mais baixos quando comparados a outros investimentos, como imóveis, porque os retornos são afetados pela inflação. Além disso, os vencimentos podem durar até 30 anos, tornando-se uma longa espera para os investidores que procuram ganhos de curto prazo.

3. Investimentos em equivalentes em dinheiro

Investidores que querem a alta qualidade de crédito que os títulos oferecem, mas preferem algo mais curto prazo, pode considerar equivalentes de caixa. Também conhecido como instrumento de mercado monetário, os equivalentes de caixa representam uma classe de ativos que incluem contas de tesouraria, certificados de depósito (CDs), papel comercial, títulos comercializáveis ​​e títulos do governo de curto prazo.

Em essência, são ferramentas que o governo e as empresas usam para emprestar fundos a curto prazo. Os retornos são tipicamente corrigidos entre as datas de maturidade curtas, diminuindo o risco de padrão. Além disso, os equivalentes de caixa podem ser negociados livremente sem restrições de tempo.

Se os seus objetivos formos a longo prazo, como construir um ninho para a aposentadoria, esses investimentos de baixo custo, a curto prazo podem não ser sua melhor opção. No entanto, os equivalentes de caixa podem ser ótimos para manter fundos temporariamente para ajudar a se preparar para uma próxima despesa.

4. Investimentos em ouro para iniciantes

Quando alguém menciona investir em ouro, pode evocar uma imagem da velha escola de comércio de moedas de ouro. Os investidores ainda podem comprar moedas de ouro e bares, mas o mercado de ouro de hoje oferece uma gama diversificada de opções. Por exemplo, há fundos negociados por troca de ouro (ETFs), certificados e contratos futuros, todos explicados em mais detalhes em nosso investimento em visão geral de ouro.

Como o ouro é usado em muitas indústrias, como moda e tecnologia, os investidores gostam de ser capazes de trocar seus ativos facilmente em um mercado com demanda global. Além disso, adquirir um ativo tangível, cujo valor é vinculado à sua forma física, é psicologicamente reconfortante para muitos.

O ouro oferece uma chance de diversificar o portfólio; No entanto, deve-se ter em mente que custa dinheiro para armazenar e manter ativos físicos, como ouro e jóias. Os investidores também devem ter em mente que o ouro pode ser caro de comprar, e que sua única fonte de lucro é através da apreciação.

5. Investimentos em criptomoedas para iniciantes

Criptomoedas oferecem uma ótima maneira de economizar para a aposentadoria. Você precisa estudar bem as moedas, mas entendendo o mercado de cripto que vai além do Bitcoin, você poderá começar a investir e até abrir contas poupança com rendimentos bem altos. Inclusive, rendimento bem mais alto do que contas de baixo risco do mercado tradicional.

Lembrando: uma pessoa que considera investir em criptomoedas deve gastar tempo pesquisando diferentes produtos e projetos de moedas. Não saia comprando moedas só porque estão populares ou porque prometem grandes retornos. Compre consciente do que está comprando.

6. Investimentos imobiliários para iniciantes

Investidores que desejam ter controle direto sobre seus investimentos e, portanto, suas finanças, são muitas vezes atraídas pelo imóvel. Imóveis é um ativo tangível que aprecia em valor ao longo do tempo e pode ser usado para produzir renda. Como a indústria oferece uma ampla gama de oportunidades de investimento, os proprietários de imóveis não só gozam de vários benefícios fiscais, mas também a opção de transformar o investimento imobiliário em uma carreira a tempo parcial ou em tempo integral.

Por exemplo, alguns investidores imobiliários ganham vida em imóveis consertando e vendendo propriedades, enquanto outros podem possuir um portfólio de propriedades de aluguel.

Qualquer tipo de oportunidade de investimento vem com tradeoffs, e imobiliário não é exceção. No entanto, os investidores imobiliários têm a oportunidade de mitigar seu próprio risco. Ao investir em ações, por exemplo, seu sucesso depende em grande parte do desempenho corporativo e de mercado, que são inteiramente fora do seu controle.

Quando no investimento em imóveis, no entanto, você pode controlar o resultado de seu investimento, consultando sua devida diligência, realizando uma extensa pesquisa de mercado e selecionando uma estratégia de saída que faz mais sentido. Certifique-se de continuar lendo sobre como os imóveis contrairam outros tipos de investimentos para descobrir se é a melhor opção para você.

Como começar a investir?

Se você deseja obter liberdade financeira ou crescer sua conta de poupança, definir seus objetivos deve ser o primeiro passo que você toma antes de fazer qualquer tipo de investimento. Além disso, você vai querer pensar em seus critérios, como seu limiar para risco, retornar desejado do investimento e o nível de controle que você deseja ter.

Determinar suas metas e critérios financeiros é a chave para selecionar uma estratégia de investimento que funciona melhor para você. Além disso, os passos para começar variam entre os tipos de investimento. Por exemplo, se você acha que está interessado em comprar e negociar ações, há aplicativos e sites fáceis de usar que facilitam os iniciantes aprenderem as cordas. Se o imóvel é mais seu foco, um programa de investimento imobiliário pode ser uma ótima maneira de receber treinamento adequado para que você possa se destacar na estratégia de sua escolha.

Finalmente, o custo é um fator importante a considerar ao selecionar uma estratégia de investimento.

Quanto dinheiro você precisa para começar a investir?

Os custos de inicialização de investimento variam muito com base no tipo de investimento em consideração. Por exemplo, a compra de ouro é baseada em seu preço atual de mercado, enquanto os preços das ações são baseados na oferta e demanda de ações da empresa.

Por outro lado, a investimento em anuidade geralmente toma a forma de fazer alocações pré-fiscais de cada salário. Em geral, a maioria dos tipos de investimentos oferecem uma ampla gama de opções de financiamento, tornando possível começar, independentemente da sua posição financeira.

Imóveis são comumente erroneamente interpretados como um dos investimentos mais caros. Isso é compreensível, uma vez que as propriedades são vendidas por centenas de milhares (ou mesmo milhões) de dólares em alguns mercados. No entanto, os investidores imobiliários geralmente começam com pouco a nenhum dinheiro próprio

Para iniciantes, o imóvel é uma das únicas opções de investimento que permitem que os investidores aproveitem seu capital. Isso significa que os compradores podem fazer empréstimos para financiar a compra de propriedade, colocando uma fração do custo. Além disso, muitos investidores compram imóveis sem usar qualquer dinheiro próprio, como passando por dinheiro privado e credores de dinheiro duro.

Saber esta informação é uma peça crucial para ajudar os iniciantes a superar sua hesitação.

Resumo dos investimentos para iniciantes

Ao pensar sobre os melhores investimentos para iniciantes, o grande número de opções pode ser esmagador. No entanto, definindo claramente suas metas e critérios de antemão ajudará a restringir seu foco. Além disso, se o custo percebido do investimento te fez hesitar no passado, agora é o momento perfeito para reconsiderar. Como discutido na seção acima, iniciantes podem começar – mesmo com pouco a dinheiro.

O mercado de investimento de hoje oferece uma ampla gama de produtos que acomodam todos os tipos de orçamentos e níveis de experiência. Porque leva tempo para a maioria dos investimentos crescer, o tempo é da essência. Não há mal no início de um pequeno hoje e construindo seu portfólio de investimento enquanto você ganha experiência.

Quais são algumas das razões pelas quais você está interessado em investir? Compartilhe sua história nos comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário