Alugar o seu investimento imobiliário pode gerar grandes retornos. No entanto, há coisas simples que você pode fazer para tornar o seu investimento ainda mais atraente para o mercado imobiliário de um locatário. Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para tirar o máximo proveito ao alugar para inquilinos, seja você uma pessoa que está procurando a compra de um imóvel para alugar ou apenas usando um imóvel que você já tem para ganhar mais dinheiro.

Localização

Quando aferindo possíveis propriedades de investimento, olhe através dos olhos de um potencial inquilino. Existem três fatores, que irão conduzir os preços do aluguel, independentemente do bairro. Estes são os seguintes:

  • Curta distância de restaurantes, cafés e áreas de lazer;
  • Curta distância de lojas;
  • Curta distância para transporte.

No entanto, há outras coisas a considerar, dentro desses parâmetros. Considere o seguinte, ao escolher uma propriedade para investimento:

  • Ruas principais: tente evitar estes a todo o custo. Aumentam o ruído e alcançam menos-valia para alugar, principalmente no longo prazo;
  • Orientação: que quartos estão virados para qual direção? Como regra geral, uma propriedade com áreas de frente para a rua são os preferidos;
  • Ambiente estético: se as propriedades vizinhas e as ruas são bem conservadas e atraentes, as propriedades serão capazes de buscar as rendas mais elevadas;
  • Renovações: mudanças e adições feitas na construção original.
Reformas diferenciais

O investimento em uma cozinha completa, como essa, pode dar um retorno bem positivo no aluguel, principalmente se o inquilino procura exatamente por isso em uma casa. (Foto: business.financialpost.com)

Quando se trata de puxar um aluguel maior, muito pouco pode ser feito acima das coisas aqui citadas. Tinta fresca e um piso de qualidade podem fazer uma enorme diferença. Você pode ficar esperto com as novas bancadas de cozinha e eletrodomésticos, um banheiro mais chique. Você quer que a propriedade pareça limpa, moderna e atraente para os inquilinos. Mantenha a sua decoração simples e neutra.

Invista um dinheiro adicional na aparência da sua propriedade de investimento para atrair maior demanda para a propriedade, o que deve equivaler a rendas mais elevadas de inquilinos.

Procure sempre as rachaduras

Como acontece com qualquer propriedade, antes da compra ou durante a manutenção, você deve manter qualquer olho para certas questões que podem surgir. Seja à procura de coisas como defeitos de construção, rachaduras e lascas e corrija os defeitos o mais breve possível.

Além disso, não deixe que os problemas de pragas corra solto. Caso haja algum problema de infestação no imóvel, contrate os serviços de um exterminador de imediato, antes de qualquer dano seja feito.

Interior não é tudo

Embora haja uma tendência para os proprietários e agentes imobiliários buscar pelo interior de uma propriedade, tão importante são as áreas externas. Invista um pouco de dinheiro no jardim ou áreas de jantar e lazer, que estes poderiam tornar-se o principal recurso de venda para potenciais locatários.

Quando se trata de obter o máximo proveito do seu investimento imobiliário, é exigido mais atenção do que recitar “apartamento de dois quartos, dois banheiros…”. Para maximizar os possíveis preços de aluguel, aumentar a demanda de sua propriedade no mercado de aluguel, é preciso muito mais.

Mobiliar imóvel

Gastando relativamente pouco, você pode mobiliar um imóvel a ponto de deixá-lo com uma aparência bem melhor e atrair muito mais interessados dispostos a pagar a mais pelo luxo. (Foto: centralestrategica.com.br)

Imóveis mobiliados

Ao investir um pouco mais de dinheiro para mobiliar um imóvel, você pode cobrar a mais por esse benefício. Principalmente em cidades universitárias, muitos são os que procuram imóveis com este conforto. Porém, no longo prazo, podem acabar trazendo alguns custos adicionais, devido à necessidade de atualização dos móveis e eletrodomésticos. Se calculado bem, porém, o aluguel pode render uma boa quantia de dinheiro para seu bolso.

Reformas e impostos: quem paga?

Para deixar um imóvel sempre em bom estado, quem ficará responsável por isso é o dono do imóvel. Se houver infiltração, problemas com telhados velhos, piso solto e muitos outros, o dono do imóvel deve ser capaz de fazer a reforma. Impostos, como o IPTU e imposto de renda tem que ser sempre considerados, pois são de responsabilidade do proprietário, e não do locador, como muitas pessoas ainda fazem no Brasil.

Para pagar os impostos e mesmo assim, lucrar, você deve incluir tais custos diluídos no aluguel. Em alguns casos o aluguel poderá ter valores mais caros do que a região ou o imóvel pode ter e você terá de ser habilidoso em uma negociação.

Conclusão final

Imóvel bem cuidado com um locatário responsável e atencioso irá lucrar mais, com certeza. Se você deixar seu imóvel de qualquer jeito, porém, irá perder a cada dia mais dinheiro enquanto aluga o imóvel. Alugar direto também é melhor do que através de uma imobiliária, principalmente porque a maioria delas, apesar de assumir a responsabilidade por cuidados com imóveis, acaba não sendo tão cuidadosa assim.

Ser um locatário é um trabalho, como qualquer outro. E assim como qualquer trabalho, pode muito bem ser recompensado pelos seus esforços. Faça sua parte e não importa onde o imóvel fica, ele renderá bons frutos financeiros com o aluguel.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)