Você já pensou em comprar ações em uma determinada empresa, mas simplesmente não tinha dinheiro para fazer uma compra? Ou talvez você tenha ouvido notícias sobre Tesouro Direto, mas não se sente seguro de investir? Graças à tecnologia, os simuladores de investimentos permitem escolher onde alocar seus recursos, fazer negócios e rastrear os resultados, tudo sem arriscar um centavo, e são super fáceis de encontrar online. Mas como fazer o seu simulador de investimentos?

Simulador de investimentos: várias opções disponíveis

Há uma série de simuladores de investimentos para escolher, com cada um oferecendo uma variedade de recursos e benefícios. Alguns são fáceis de usar e oferecem apenas opções básicas de investimento e estratégias de negociação. Outros são mais complexos, oferecendo títulos mais avançados, como opções e negociação de moedas. Alguns são simplesmente tutoriais que ajudam os investidores a aprender a negociar investimentos, enquanto outros patrocinam concursos que proporcionam a oportunidade de testar suas habilidades contra outros usuários e até ganhar dinheiro real. O simulador que é certo para você dependerá do seu nível de habilidade e dos motivos da negociação. Você pode começar com uma oferta básica e passar para uma plataforma mais sofisticada, uma vez que seu nível de habilidade melhorar. Quando estiver pronto para tentar, pode escolher simuladores de Tesouro Direto,, investimentos de Renda Fixa, Poupança, entre muitos outros investimentos simulados.

Simulação de investimentos

A simulação de investimentos pode ajudar o investidor a conhecer melhor o mercado onde quer alocar seus recursos e decidir melhor onde seus ganhos serão maiores. (Foto: Bali Contractor)

Simulador de investimentos financeiros: como funcionam?

Na maioria dos simuladores, para se inscrever, você insere seu endereço de e-mail e idade, faz algumas opções, e você está pronto para comércio com dinheiro virtual. Nos simuladores de investimentos financeiros que incluem a Bolsa de Valores, os investidores podem comprar ações, fundos mútuos e fundos negociados na bolsa. O comércio de moeda e as vendas de títulos permitem que os investidores pratiquem estratégias de investimento mais avançadas. Muitos desses simuladores incluem também dicas sobre os riscos de negociar certos tipos de ações ou investimentos.

Vários modos de negociação estão disponíveis, fornecendo tudo desde negociações em tempo real que combinam com o funcionamento do mercado (incluindo negociação pré-mercado e pós-mercado para aqueles que procuram replicar a experiência do mercado ao vivo) ao modo livre que permite a negociação vinte e quatro horas por dia .

Os melhores sites fornecem uma extensa biblioteca de artigos educacionais para ajudar os novos investidores a começarem e uma variedade de concursos que colocam os futuros comerciantes um teste de habilidades. Para facilitar várias estratégias de negociação, ele também fornecem dados sobre as ações mais negociadas, a direção em que os mercados financeiros estão se movendo e a direção dos mercados de moedas. Para os investidores que estão prontos para cavar um pouco mais fundo e começarem a pesquisar títulos individuais, a área de pesquisa dos sites fornece o mesmo nível de detalhe disponível nas contas de corretagem reais, incluindo notícias de empresas e recomendações de analistas.

Dicas básicas para começar a simular seus investimentos

Uma simulação de investimentos tem como propósito principal educar o investidor para atuar no mercado. Isso significa que de nada adianta participar de uma simulação de investimentos de forma irrealista. O que isso quer dizer?

Digamos que você quer aprender mais sobre negociações na Bolsa de Valores e procura um simulador de investimentos na Bolsa. O simulador te dá R$100.000 para fazer alocações em investimentos. Isso é ótimo para você aprender a alocar os recursos e descobrir um pouco sobre diversificação de investimentos. Porém, se você não tem nem R$100 na sua conta corrente, por que fazer uma simulação com R$100.000? Então, é melhor simular os investimentos com valores mais realistas, dentro das suas possibilidades. Mas e se você não tem nem o mínimo para simular investimentos? É aí que entra a educação financeira.

Você deve começar a conhecer melhor sobre educação financeira e começar a economizar. Trace metas financeiras de economia para poder começar seus investimentos. Por exemplo, se você vê que precisa ter um mínimo de R$1000 para investir na Bolsa, simule investimentos nesse valor e comece a economizar para chegar a esse valor. Dessa forma, quando você tiver o dinheiro em mãos, poderá começar a fazer investimentos mais conscientes, entendendo melhor como funciona o mercado.

Tenha também em mente que é muito importante ter prazos estabelecidos para atingir suas metas financeiras, tanto nas simulações quanto na vida real. Em 5 anos, o que você quer fazer com seu dinheiro? E em 10? Esses objetivos tornam muito mais fácil economizar e poupar para garantir um futuro financeiro mais tranquilo e estável.

Considerações finais

Os simuladores do mercado de investimentos fornecem um ambiente seguro e estruturado, onde investidores potenciais podem aprender sobre investimentos sem arriscar dinheiro. Com o tempo e a prática nos simuladores, a transição para a negociação real será perfeita. Apenas lembre-se, uma vez que você deixa o mundo virtual e começa a negociar no mundo real, os erros podem ser dispendiosos e más decisões podem resultar na perda de dinheiro real.

Como vocês usam os simuladores de investimentos? Eles foram úteis na sua educação?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)