A CAIXA disponibiliza aos correntistas e não-correntistas um serviço de simulação de empréstimos e financiamentos para facilitar o planejamento financeiro para este tipo de transação. Mas podemos confiar em todas as informações fornecidas pelo simulador?

Em primeiro lugar, nenhum simulador é perfeito pois exclui o lado humano de uma negociação. Você pode esquecer de colocar algumas informações importantes ou mesmo receber um financiamento que saia mais caro porque não conhece algumas outras possibilidades. Um exemplo pessoal é que quando fiz a simulação de um financiamento online, não havia a opção de fazer um financiamento conjunto com outra pessoa, algo que foi me repassado na agência bancária e com valores mais em conta.

Além disso, algumas taxas e detalhes contratuais não entram no simulador. Suponhamos que você queira colocar o bem como conjunto, não apenas em seu nome: o contrato permitirá isso? Quais são os outros valores agregados ao preço final do serviço?

O correto a se fazer é utilizar o simulador como um ponto de referência, um ponto de partida para uma pesquisa mais aprofundada sobre taxas e valores de financiamentos. Assim, você já obtém uma idéia de valores que terá de poupar e investir para conseguir o que deseja. Você também terá mais informações para quando for negociar taxas nos diferentes bancos e agências, além de poder focar melhor seus esforços para bancos que tem melhores condições.

Simulador de empréstimos e financiamentos Caixa

O simulador da Caixa para financiamentos e empréstimos é um dos melhores no mercado, mas deve ser utilizado com cautela e apenas como ponto de referência. (Foto: coxixo.com.br)

Deve ser levado em conta também as informações financeiras de quem está fazendo a simulação. Em alguns casos, alguns dados podem estar errados, gerando pequenos erros em taxas e juros que podem dar um valor muito mais alto ou menor do que realmente é. Frisamos aqui novamente a parte humana do processo como um elemento crucial nos acertos e erros.

Busque fazer também sempre mais de uma simulação, com diferentes condições, para ver as diferenças e o que é necessário para atender diferentes pré-requisitos. Com estas informações em mãos, você pode ir até o gerente de uma agência caixa e esclarecer melhor suas dúvidas ao buscar por taxas menores e condições melhores para o pagamento.

Portanto, pode confiar no simulador como uma referência e ponto de partida. Porém nunca como fonte única de informações para sua pesquisa.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)