Terrenos vazios representam uma tela em branco. Ele pode ser usado para quase qualquer coisa, dependendo da sua localização, o que você quer realizar e que tipo de financiamento que você precisa para fazer isso acontecer. Embora o valor da terra seja baseada em seu uso melhor, nem todo mundo vai querer perceber o potencial financeiro completo de um pedaço de terreno baldio. Além disso, financiamentos como os da CAIXA limitam o uso possível do terreno, já que você não pode alugá-lo a terceiros enquanto planeja uma construção, guarda dinheiro ou espera uma valorização.

Afinal, o que pode ser feito com um terreno vazio enquanto você não constrói?

Localização do terreno

A localização e o tamanho de um pedaço de terreno baldio, muitas vezes, determina o que pode ser feito com ele. Se você tem 1.000 hectares de terras vazias localizadas há 30 minutos de uma grande cidade, você tem perto de possibilidades ilimitadas. Por exemplo, você pode transformá-lo em uma plantação, jardim botânico, preservar ou usá-lo como uma fazenda de árvores. Se você tem um pequeno terreno baldio pequeno no meio de uma cidade, você está mais limitado, mas nem tanto. As opções incluem fazer uma pequena horta, um pomar, um jardim, um campo de futebol, uma garagem ou um lugar para churrascos nos finais de semana. Inclusive, todos estes improvisos podem ser incluídos no projeto da sua casa.

Use melhor o espaço

No setor imobiliário, as avaliações são baseadas no maior e melhor uso da terra. Isso geralmente significa que a terra é usada para criar o que cria maior fluxo de caixa. Por exemplo, se você tem um lote de 2 hectares de terra no meio de um bairro movimentado, usá-lo para uma fazenda de árvores não irá gerar a maior rentabilidade possível. Colocar um edifício de escritórios que ocupa apenas um quarto da terra provavelmente não vai gerar o fluxo de caixa maior, também. Somente quando você fazer pleno uso de todo o terreno baldio de uma forma que gera o fluxo de caixa maior vai atingir o seu valor integral. Enquanto a construção na acontece, se o terreno tem propósito comercial, um estacionamento é normalmente a forma de obter mais dinheiro durante o período em que ele fica vazio. Porém, usos como um espaço para “feirinhas” são criativos e podem render mais que um estacionamento.

Usos para terrenos vazios

Lógico que você quer ver alguma construção neste terreno. Mas para ter mais tempo para pensar, você pode usar o terreno de forma não permanente, inclusive com atividades lucrativas. (Foto: mettupalayam.olx.in)

Já no uso residencial, o maior valor que você pode obter é utilizar o terreno para o lazer, o prazer e o descanso, conseguindo assim otimizar aquele espaço e até prepará-lo para quando for construir.

Financiamento e investimento: o tempo e o dinheiro

O que você pode fazer com um pedaço de terreno baldio também é limitado pelo seu endividamento com o financiamento ou o dinheiro reservado para construir. Aqui cabe uma dupla crucial na hora de decidir o que fazer com o espaço vazio: o tempo e o dinheiro.

Com um projeto em mãos, você precisa economizar para colocá-lo em prática. Se nem o projeto está pronto, você precisa focar em projetar o uso do terreno. A maioria da população brasileira vai acabar se endividando para construir ou demorar um bom tempo para terminar uma construção. A melhor forma de aproveitar o terreno ao máximo enquanto estiver vazio é usando o tempo para fazer a construção em etapas.

Como dizemos, algo que você faz hoje com o terreno, como plantar um pomar, horta ou outros usos, pode resultar em um barateamento e adiantamento do projeto do uso para o terreno. Pense. Planeje. Inclua os usos “temporários” como algo “permanente” no futuro. Assim, você irá tirar o máximo de seu terreno, sem cair na ilegalidade e até conseguindo um bom dinheiro com isso, seja poupando ou usando um terreno comercial para fins comerciais temporários.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)