Quando é a hora certa de parar de investir e começar a poupar?

Escrito na categoria "Aposentadoria" por André M. Coelho.

Quando você começar a investir 15% de sua renda para a aposentadoria, você pode começar a se sentir invencível. Essa é uma das regras básicas do investimento e para um futuro financeiro tranquilo e saudável. Além disso, você está livre de dívidas, você tem o seu fundo de emergência totalmente intocado. Você está construindo riqueza para o futuro. A vida é bela e perfeita.

Publicidade

Publicidade

Mas, mesmo para pessoas que já investem essa quantia, a vida ainda continua, e você pode chegar a um momento em que você precisa parar um pouco com os investimentos e começar a poupar.

Isso não significa que você vai tirar seu dinheiro todo e colocar em uma poupança. Mas são momentos na vida que devem te direcionar a investimentos mais seguros, com menos riscos, seja por motivos emocionais ou apenas para garantir um futuro tranquilo.

É importante ressaltar que mesmo depois de aposentado, continuar investindo é uma necessidade. Mas continuar assumindo riscos altos é uma escolha e quem nem todos devemos fazer.

Entendendo o que é poupar

Antes de começar a explicar as situações onde você deve parar por um tempo ou indefinidamente seus investimentos, precisamos definir bem o conceito de “poupar”.

Publicidade

Publicidade

Poupar não é aplicar seu dinheiro na poupança. Poupar é colocar seu dinheiro em investimento de baixo risco, ou seja, aqueles que só sofrerão perdas com crises financeiras gravíssimas. A poupança, por coincidência, é um desses tipos de investimentos. Mas são também investimentos de baixo risco os títulos do tesouro e a CDB, por exemplo. São investimentos que mesmo os leigos e aqueles que estão emocionalmente abalados muito dificilmente perderão dinheiro.

Explicada então a definição de poupar, aqui estão alguns exemplos de situações em sua vida que devem direcionar melhor seus investimentos para poupar dinheiro ao invés de investir.

Poupando para comprar sua casa própria

Tecnicamente, poupar para dar uma entrada para a sua casa é um passo anterior do que começar a investir, mas para algumas pessoas, a sua época de investir vem antes de sua época para comprar uma casa. Então, não há problema em deixar de investir e acumular dinheiro para o pagamento da entrada ou o valor total da casa própria. Você tem, porém, que fazer isso rapidamente, não demorando mais do que 18-24 meses para alcançar seu objetivo e voltar aos investimentos mais focados em gerar riqueza para sua aposentadoria.

Momentos em que devemos parar de investir

nunca devemos parar de investir mas em alguns momentos, é melhor contemplar o futuro e começar a poupar para não perder de vista seus objetivos financeiros. (Foto: www.theage.com.au)

Quando você perder um cônjuge

Publicidade

Se o seu cônjuge falecer ou você passar por um divórcio, sua situação financeira vai mudar. Mas Você não deve fazer quaisquer decisões importantes imediatamente por uma série de razões.

Publicidade

Primeiro, você precisa dar-se algum tempo para deixar suas emoções se acalmarem. O seguro de vida, fundos de aposentadoria herdados ou pagamentos de pensão vão fazer uma grande diferença no seu orçamento, então você vai precisar de uma cabeça clara para lidar com isso.

Em segundo lugar, vai demorar um pouco para que você saiba ao certo como está realmente sua situação financeira. Pense quanto dinheiro tem esse seguro de vida, não é? Você vai receber ou pagar pensão alimentícia? Quanto? Mantenha as contas pagas e alimentos na despensa, mas coloque todos os assuntos financeiros não-essenciais, tais como novas decisões de investimento, em espera, até que você tenha as respostas a estas perguntas.

Encarando acontecimentos grandiosos na vida

No caso de uma perda de emprego ou grande evento médico, você pode encontrar-se vivendo de seu fundo de emergência. Ótimo, pois é por isso é que ele está lá. Mas sempre que você drenar dinheiro do seu fundo de emergência, sua prioridade é substituir esse dinheiro o mais rápido que puder. Pare de investir até você voltar a trabalhar e reconstruir o seu fundo de emergência. Em seguida, volte para seu plano de investimentos.

Não deixe de contribuir para o INSS ou plano de previdência privado, caso você tenha um. Lembre-se, porém, que esta não é uma situação permanente. Você quer voltar a investir o mais rápido possível, para definir seus objetivos e atingi-los o mais rápido possível.

Publicidade

Publicidade

Obtenha importantes conselhos para manter seu plano no caminho certo

Se você está apenas começando o investimento, reiniciando ou se você está se movendo a todo vapor em seu plano de aposentadoria, você pode se beneficiar do aconselhamento de um profissional de investimento. É importante também que você continue a pesquisar e estudar o mercado financeiro, de modo a não ficar por fora das novidades e oportunidades que possam surgir.

Considerações Finais

Problemas emocionais e reajustes em sua vida. Estes são dois contextos essenciais onde é importante parar de investir e poupar mais. Mas há muito mais situações onde pode ser importante pisar no freio. Você tem mais ideias de quando é importante reduzir o ritmo? Compartilhe nos comentários seus conselhos!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário