Se você pudesse encontrar uma resposta exata sempre para quanto poupar para a aposentadoria, suas preocupações com a aposentadoria provavelmente desapareceriam. A capacidade de dizer quanto poupar para o futuro está ligada diretamente ao financiamento dos anos que se seguirão após a aposentadoria. Como muitos desses custos futuros envolvem fatores que fogem do seu controle (saúde, por exemplo), o planejamento fica muito difícil. Mas você pode chegar muito perto de um objetivo de poupança de aposentadoria com algumas ferramentas úteis e um pouco de previsão bem estruturada. Aqui estão cinco passos para descobrir o quanto poupar para a aposentadoria.

Quanto devo poupar para me aposentar: estimando os gastos futuros

Este é o passo que envolve mais trabalho. Porém, depois de passar por ele, perceberá que os outros são tranquilos. E mesmo se você mantiver um orçamento sem muito controle, você já está com um grau de vantagem. Projetar despesas futuras começa ao dar uma olhada em gastos correntes.

Para fazer isso, insira suas despesas mensais em uma planilha, ou anote-os em um pedaço de papel. Para os gastos que variam, use uma média. Em seguida, pense um pouco se eles vão permanecer os mesmos, baixar, subir ou desaparecer completamente. Por exemplo, a hipoteca é um gasto que tende a sumir com o passar dos anos, enquanto gastos com saúde tendem a subir.

Em uma segunda coluna, escreva o seu melhor palpite sobre quanto cada despesa será na aposentadoria. Em seguida, liste outras coisas que você não pode orçar para agora, mas quer gastar na aposentadoria, tais como viagens, esportes, aulas de dança de salão, hobbies, num geral. Some acima a coluna das despesas projetadas da aposentadoria, e você tem uma ideia geral de suas necessidades para sustentar seu estilo de vida.

Planejamento de aposentadoria

Poucos brasileiros se planejam para a aposentadoria. Quanto mais você se planejar, mais tranquila será sua vida financeira na aposentadoria. (Foto: Money – US News)

Poupança para aposentadoria: use as despesas projetadas para decidir quanto você precisará

A maioria das pessoas não vai fazer o exercício descrito no passo 1. E é quando outras estratégias não tão precisas devem ser utilizadas. A regra opcional mais usada é a regra dos 80%, que diz que você deve procurar substituir 80% de sua renda pré-aposentadoria. Sua renda pré-aposentadoria não é o que você ganha agora: é a média do que você espera ganhar nos 10 anos anteriores à aposentadoria. Há calculadoras online para te ajudar nessa projeção.

Esta é uma regra bem pouco precisa. Algumas pessoas sugerem algo em torno de 70% da renda. Outros pensam que é melhor algo em torno de 90%, sendo mais conservadores. Para descobrir onde você está, considere qual porcentagem de sua renda você está economizando para a aposentadoria. Você não terá mais que fazer isso uma vez que você cruzar a linha de chegada hipotética, o que significa que se você está economizando 15% de sua renda atual agora, você poderá facilmente viver em 85% de sua renda sem ajustar as despesas. Use essa regra menos exata com moderação e como orientação para metas de poupança e renda para a aposentadoria.

Quanto preciso para me aposentar: use uma calculadora de aposentadoria

Se você conhece muito bem sua renda, uma boa calculadora da aposentadoria lhe dará uma avaliação de onde você está em seu progresso das economias, combinando as estimativas anuais da despesa com outras projeções. As calculadoras mais completas têm pressuposições baseadas em pesquisa e estatísticas, com padrões para projeções de inflação, expectativa de vida e retornos de investimentos no mercado.

Para obter o resultado mais preciso, você deve considerar se essas suposições são corretas, dada a sua situação. Sua estratégia de investimento vai  aceitar um retorno padrão em torno de 6% ou 7%? Ou talvez você queira um retorno maior, aceitando maiores riscos. Seja qual for a escolha, é bom você ter uma ideia de como é seu perfil de investidor, pois  todos esses fatores se reúnem para dizer onde você está indo e como você poderia melhorar sua poupança para a aposentadoria. Vejamos alguns exemplos, usando uma calculadora de aposentadoria que encontramos no primeiro resultado do Google:

Uma pessoa de 25 anos que tem R$10.000 guardados, ganha R$50.000 ao ano e quer substituir um pouco menos do que esse nível de renda atual, vai precisar de aproximadamente R$2.833 por mês na aposentadoria. Economizando 12% da renda, que pode chegar a R$500 por mês, permitirá que ele se aposente aos 68 anos para ter essa renda. Não estamos falando aqui de aposentadoria por tempo de contribuição, tempo de trabalho, ou outros tipos de aposentadoria que o Governo vai pagar. Contamos aqui que você vai se aposentar por conta própria, independente de Governos.

Vamos a outro exemplo. Um indivíduo de 30 anos, que tem R$30.000 guardados, ganha R$70.000 ao ano e quer substituir um pouco menos do que esse nível de renda, ganhando R$3.670 por mês na aposentadoria. Economizando 17% da renda, o que corresponde a R$1.000 por mês, permitirá que essa pessoa se aposente aos 68 anos.

O que se destaca nestes exemplos: quanto mais cedo você começar a economizar, menos você tem que poupar. Isso é por causa dos juros compostos. Infelizmente, as taxas de investimento também se compõem ao longo do tempo e, em alguns casos, podem se acumular em grandes fortunas para a aposentadoria.

A outra coisa que vale a pena notar é que essas percentagens por ano podem ser uma média. Você pode achar que alguns anos exigem que você disque para trás suas contribuições de poupança, enquanto outros são perfeitamente calculados e cumpridos. A coisa mais importante, num geral, é economizar o máximo que puder, quando puder, e investir para se proteger da inflação e de impostos.

Faça um plano de aposentadoria

Não tem que ser extravagante ou formal, mas colocar um pouco do que você aprendeu nos passos acima em um plano de aposentadoria escrito provavelmente irá ajudá-lo a permanecer no curso certo. Esta é uma longa jornada de poupança e é muito fácil convencer-se de que as compras a curto prazo não prejudicam as suas possibilidades de atingir um objetivo de 30, 40 ou mesmo 50 anos. Comprar hoje, economizar para a aposentadoria amanhã é a mentalidade vigente. Porém, poupar para o amanhã nem sempre acontece.

Escreva esse plano, que irá lembrá-lo de seus objetivos. Cole-o em sua geladeira Recorte uma foto da casa de praia onde você quer morar, ou as roupas que você vai usar diariamente quando você não precisar mais sair de casa para ir até a empresa. Use essas imagens para te motivar a fazer mais e poupar mais dinheiro.

Revise regularmente seus planos de aposentadoria

As circunstâncias mudam, e suas necessidades de aposentadoria vão mudar com elas. Quer se trate de um novo emprego, um novo bebê ou uma nova paixão para viajar o mundo depois de chegar aos 65 anos, faz sentido fazer esses cálculos de aposentadoria com bastante freqüência.

Se você é como nós, e você quer dar um pontapé na situação financeira, isso pode significar revisar os números a cada poucos meses para acompanhar o quanto você deve poupar para a aposentadoria. Se você está mais tranquilo, uma revisão semestral ou anual é melhor.

Como você está poupando para a aposentadoria? Quais são suas projeções de gastos?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)