Muitos só vão pensar em um planejamento financeiro após terem passado por uma grande dificuldade. Menos pessoas ainda serão capazes de organizarem suas finanças para gastar menos e poupar mais. Talvez a combinação das dívidas, empréstimos, financiamentos, custos de cartões e contas a pagar possam dificultar seu julgamento em uma hora crítica.

Quando este momento chegar ou para evitar tais momentos, é necessário fazer um orçamento pessoal que seja organizado o suficiente para manter todas as informações da saúde financeira da família em apenas um lugar, de fácil acesso e visualização. A planilha é o caminho pelo qual a maior parte das pessoas começa para organizar suas finanças.

No primeiro momento, uma planilha feita no Excel, Google Drive ou algum programa similar pode parecer complicada. São muitas as fórmulas que você pode utilizar e isso pode te fazer ficar um pouco tonto com as possibilidades. Porem, ao manter-se ligado as informações básicas, você consegue estabelecer as bases de uma boa planilha. Seguindo alguns passos básicos, qualquer um pode fazer uma boa planilha financeira. Eis as principais dicas para esta construção:

O começo de uma reorganização financeira

Sua primeira planilha provavelmente não ficará perfeita. Com o tempo, alguma dedicação e pesquisas pela internet, você facilmente terá um modelo organizado como este da foto. (Foto: vertex42.com)

  • Faça uma planilha que não te deixe maluco

Você precisa fazer um registro de todas as suas contas e todos os seus rendimentos.  A diferença é o quanto que sobra para a diversão ou, melhor dizendo, o que sobra para a diversão no caminho da falência. Parece fácil, mas quando você começar a digitar todos os seus dados em uma planilha, as coisas ficam muito confusa rapidamente. Um monte de gente desiste após a primeira tentativa.

Estabeleça os básicos primeiro: liste suas contas na primeira coluna à esquerda e, nas colunas seguintes, o valor total devido, os pagamentos mensais requeridos e a data de vencimento da conta. Essas são as 4 colunas essenciais para uma planilha. Na linha inferior a todas as contas, coloque uma cor de destaque e use uma fórmula simples para somar o valor total das contas.

  • Destaque e organize seu orçamento através do sombreamento
Quando sua planilha for ganhando forma, mais dados serão adicionados. E quanto mais dados, mais difícil será para que você visualize suas finanças e gastos. Com o sombreamento das linhas com diferentes cores e uma legenda de fácil acesso, ficará mais fácil e gráfico a visualização de cada custo ou investimento feito por você. Além desta utilização, o sombreamento também pode ser ótimo na hora de dividir as linhas e em classificações por categorias ou tipos de contas e gastos.
Um pouco de estudo para uma melhor organização das finanças

Não adianta querer fugir: para que você tenha uma boa organização financeira, é necessário um pouco de pesquisa e dedicação para que sua planilha fique cada vez mais rica e informativa, ao invés de bagunçada e complicada. (Foto: getbuttonedup.com)

  • Utilize fórmulas para projetar seus custos de empréstimos e cartões de crédito para o futuro

Agora que você pode fazer um orçamento pessoal, bem organizado e estruturado de uma forma que é muito fácil de seguir, o próximo passo é atacar a dívida do cartão de crédito e os empréstimos que te irritam cada dia mais com juros exorbitantes. Coloque na coluna da esquerda o dia de pagamento da dívida. Em seguida, a quantidade a ser paga. Na terceira coluna, você vai utilizar uma coluna que retire da dívida o valor total do pagamento e multiplique o restante pela taxa de juros mensal que está sendo paga. Um exemplo seria uma fórmula como

= C2-B3(C2*0.1/12)

Depois de pronta a primeira linha, é duplicar a fórmula para cada mês abaixo. Ao fazer essa projeção, você vai finalmente encontrar o local onde seu balanço está totalmente pago, podendo planejar compras, viagens ou mesmo investimentos para o momento em que a dívida acabar.

  • Recalcule pagamentos com base nos juros e elimine suas dívidas

Em vez de manter pagamentos constantes em cada um dos seus cartões de crédito até que seja completamente pago, você pode optar por pagar o mínimo em alguns deles e desviar o pagamento de suas dívidas no cartão de maiores juros. Usando a capacidade de “preenchimento automático” para os cálculos de balanço mensal, dá para testar vários diferentes cenários para pagar as dívidas mais rapidamente. Em vez de pagar o mínimo em um cartão, pode ser mais válido pagar mais em outro e anular a dívida deste em menos tempo, antes que crie uma bola de neve financeira.

Resultado da desorganização financeira

A desorganização de suas finanças, com papéis espalhados por todos os cantos da casa, é só um sintoma de uma saúde financeira péssima. Lute contra isso ou você irá se afundar cada vez mais em problemas financeiros. (Foto: basehorlibrary.org)

  • Crie categorias de gastos e investimentos
Com o uso de diferentes cores para cada tipo de gasto ou investimento, você vai conseguir visualizar melhor para onde foi seu dinheiro e consegue se planejar melhor para poupar, quando ver para onde foi a maior parte dele e onde é possível cortar gastos.
  • Faça uma página da planilha exclusiva para seus investimentos futuros

Seus sonhos provavelmente custarão dinheiro. E a maior parte deles demorará um tempinho para serem realizados. Colocar um preço em seus sonhos pode ser algo complicado, porém, muito necessário na construção de um futuro onde será possível realizá-los. O objetivo final de uma planilha para suas finanças pessoais deve ser proporcionar uma maior organização, segurança e planejamento para que uma família tenha uma boa saúde financeira e realize seus sonhos. Essa é a parte mais importante da planilha de finanças pessoais e provavelmente, a que mais vai te motivar a continuar organizando seus recursos financeiros. A disciplina em manter estas informações sempre atualizadas é que fará a maior diferença em sua saúde financeira.

Um comentário para “Planilhas para finanças pessoais”

  1. Ilzéa Gonçalves de Oliveira

    Mui bom, esta planilha financeira. Necessito do Cartão BNDS.
    Grato!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)