O gerenciamento de despesas é algo que muitos adultos ainda não dominaram. Na maioria das vezes, eles estão vivendo de salário a salário, então o conceito de guardar dinheiro para poupança pode ser novo para muitos deles. Viver de forma independente e ganhar um salário geralmente incentivará um jovem que está apenas começando a pensar além de suas despesas pessoais e começando a olhar para como gerenciar suas contas e utilidades, despesas de vida, contas de cartão de crédito e até mesmo seus empréstimos estudantis. Algumas dessas despesas podem começar a se acumular, e alguns indivíduos podem lutar para fazer a transição da mentalidade de sobrevivência diária para o pensamento em termos de gerenciamento de renda mensal. E passar pelos cartões de crédito é uma necessidade e obrigação, nesse caso. Porém, como mudar sua mentalidade depende de você, aqui estão algumas dicas básicas para manter seus gastos no cartão de crédito sob controle.

Controle de cartão de crédito mantendo as despesas ao mínimo

Se você é como muitos adulto, é provável que mantenha gastos corriqueiros no seu cartão de crédito. Principalmente para quem parcela muitas compras no cartão, é bom ir reduzindo esses parcelamentos, além de obter um cartão de crédito que oferece juros rotativos mais baixos. Se você está fazendo um trabalho consistente de pagar seu saldo completo todos os meses, então usar um cartão com um programa de recompensas é um negócio muito melhor, já que esses cartões tendem a oferecer maiores recompensas. Mas se você não manter muitos gastos no cartão, você poderá evitar o pagamento de juros quando os gastos fugirem do seu controle.

Cartão de crédito e dívida

Antes que a dívida do cartão de crédito assuma o controle, tome conta de suas finanças para evitar uma avalanche de problemas. (Foto: CBS News)

Aprenda como controlar cartão de credito através de alternativas

Se você não consegue ver sua vida sem um cartão de crédito, talvez um cartão de débito possa funcionar para você no lugar. Às vezes, precisamos trabalhar com recursos limitados para que aprendamos a nos disciplinar. Melhor ainda se você tentar viver e gastar só em dinheiro, sem envolver os pedaços de plástico que podem resultar em gastos cada vez maiores.

Saiba como se planejar para os gastos no cartão de crédito

Você já sabe que para comprar algo não essencial, deve passar um bom tempo pesquisando os preços, acompanhando por semanas, ou até meses, e encontrando as melhores oportunidades.  Agora, é importante saber fazer um orçamento que envolva seus gastos no cartão de crédito para não ser pego desprevenido.

Quando você começa a lidar com o cartão de crédito, ter um orçamento pode fornecer-lhe estrutura para a maneira como você lida com suas finanças. Você desenvolverá disciplina aderindo ao seu orçamento e respeitando seus limites. Mas como fazer esse orçamento?

Escreva: detalhe cada categoria de despesa que você precisa cobrir, do aluguel até os gastos diários. Veja quais desses gastos podem ser feitos fora do cartão de crédito, e quais precisam ser comprados no cartão.

Combine seu orçamento com sua renda real: se houver coisas que você não pode pagar no seu orçamento atual, considere obter um segundo emprego ou remova alguns itens da sua lista, reajustando os montantes que você está atribuindo a categorias de orçamento específicas.

Determine seu máximo de gasto diário: e descubra o quanto de seu pagamento você terá para gastar todos os dias, e quanto você tem realmente gasto ou poupado. Isso significa pegar o valor que sobrou após a substração de seus gastos do seu salário e dividir ele pelos dias no mês. Esse valor também deve ser contabilizado para gastos no cartão de crédito.

Separe o dinheiro para suas contas: quando você recebe seu pagamento, separe o dinheiro que é destinado às contas e poupe resto. Pague seus cartões de crédito primeiro, para evitar os juros. Se as contas de cartões de crédito estiverem começando a sair do controle, pense seriamente em reduzir os limites dos cartões ou cancelá-los, pois isso é um mau sinal.

Estas são apenas algumas das maneiras pelas quais você pode manter o controle sobre seu cartão de crédito. Existem outras opções, é claro, mas é bom começar logo antes que seja tarde demais para controlar suas dívidas no cartão de crédito

Aprender a gerenciar as despesas e as finanças é um exercício de muitos ensaios e erros. Desenvolva um plano e implemente-o, e ao longo do tempo, você conseguirá adaptar as coisas. Mesmo se você se encontrar saindo do caminho das finanças estáveis em alguns momentos, pare um tempo para se reorganizar e seguir em frente.

Como você organiza suas finanças? Que dica daria para quem está precisando ter uma vida financeira mais estável e com controle total do cartão de crédito?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)