Com as recentes iniciativas para reduzir o desperdício e uma tendência a ser mais ambientalmente consciente nas práticas de construção, as melhores práticas de minimização de resíduos surgiram em todo o mundo. Não só a minimização dos resíduos ajudam o meio ambiente, mas também pode proporcionar uma economia substancial em projetos de construção de casas, reduzindo a quantidade de materiais necessários para o projeto. No Brasil, tais práticas são incomuns e o processo de construção aqui ainda é muito ultrapassado. Mesmo assim, é possível executá-los com facilidade e assim, fazer com que sua construção não tenha gastos muito maiores do que o planejado. E como fazer, você vai ver nas dicas abaixo.

Reveja o plano de conjunto arquitetônico para qualquer possibilidade de sobreposição de materiais

Agende uma reunião com seu arquiteto e empreiteiro ou pedreiro para rever os desenhos de construção aprovados. Tente identificar os materiais de construção que podem ser reutilizados em todo o projeto para reduzir os diversos tipos de materiais utilizados. Faça substituições se necessário, afim de garantir que você está usando os materiais menor número possível. Por exemplo, se você tem três espaços para cantinhos da casa no projeto, onde originalmente eram todos os diferentes tipos de pedra, mude o projeto para que todos eles sejam agora do mesmo material. Isso vai eliminar o desperdício, porque você só vai ter sobras de um tipo de material, ao invés de três, e também terá menos materiais para serem geridos.

Tome avaliações detalhadas da quantidade de materiais a partir do conjunto plano

Trabalhe com seu arquiteto e empreiteiro ou pedreiro para desenvolver quantidades detalhadas da quantidade de materiais a partir do plano definido para cada tipo de material necessário. Estas quantidades podem mais tarde ser passadas para a empresa subcontratada para garantir que eles não peçam mais do que o necessário. Seu arquiteto vai estar mais familiarizado com o conjunto plano, para que eles possam melhor desenvolver estas quantidades. Com um contrato bem definido e tudo deixado claro, você pode ainda garantir mais ainda que as quantidades não fujam do projeto original.

Desperdício em construções

Aqui, vemos vários itens que facilmente poderiam ser reutilizados mas foram desperdiçados em uma construção. Imagine o quanto você poderia economizar com maiores cuidados no planejamento e execução do projeto? (Foto: theconstructor.org)

Monitore a atividade de construção

Certifique-se de informar todos os trabalhadores ali sobre a necessidade de minimização de resíduos. Instrua, principalmente aos responsáveis pela construção, para monitorar o uso de materiais dos trabalhadores. Certifique-se de que grandes pedaços de material não são jogados fora, se eles podem ser usados ​​em outras partes do projeto. Certifique-se que o retrabalho desnecessário não está ocorrendo. Certifique-se de que as medidas e dimensões são verificadas antes de cortar o material de tamanho. Muitos dos problemas de desperdício ocorre por falta de planejamento dos próprios trabalhadores, e isso ocorre por falta de boa orientação. Muito cuidado e invista um tempo para dar essa atenção e instrução aos trabalhadores.

Vasculhe pilhas de sobras antes da eliminação

Estabeleça um procedimento onde você ou um trabalhador designado analisará todos os montes de sobras, antes de serem transportados para longe do local. Certifique-se de peças de material reutilizável não se encontram presentes na pilha. Retire todo o material que pode ser reaproveitado ou instalados no projeto.

Recicle

Na conclusão do projeto, guarde quaisquer materiais restantes para a próxima construção ou reforma da casa. Ao projetar a sua casa, certifique-se de selecionar materiais do mesmo tipo para que eles possam ser reciclados no projeto. Se você não está pensando em construir uma outra casa ou reformar, faça uma para vender o material para outro construtor de casa ou empreiteiro.

Controlar a ordenação de materiais e descarte deles é fundamental

Muitas vezes, é mais fácil para os subcontratados pedir mais do que o material necessário e descartas o que não é perfeito para o uso. Certifique-se de monitorar essa atividade e fornecer instrução/orientação para que o desperdício seja menor.

Considerações finais

Uma construção média chega a ter até 40% de desperdício no Brasil. É um absurdo! A média em países mais desenvolvidos está entre 15% e 20%, sendo isso já taxas muito altas. O que acontece aqui é que muitos ainda optam pelos serviços de pedreiros despreparados e estão sujeitos aos contratos pré modelados pelas empreiteiras. Não caia nessa armadilha. Apenas aceite um empreiteiro ou pedreiro que aceite suas exigências contratuais. Não deixe que ele desperdice. Vale lembrar que o dinheiro é seu e no mercado, há várias pessoas que você pode procurar no mercado para fazer o serviço não ache que por aquela pessoa ser muito indicado é sempre o melhor. Seja exigente e faça assim, um melhor uso do seu dinheiro para a construção.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)