Como emitir e calcular a multa de um DARF em atraso?

Escrito na categoria "Bancos e instituições financeiras" por Alex Benfica.

O imposto de renda pessoa física é pago através de um documento especial chamado DARF, é como um boleto específico para pagamento de impostos. Ao fazer a sua declaração de imposto de renda você pode configurar para que os DARF’s sejam automaticamente debitados em sua conta corrente, seja à vista ou em várias parcelas. No meu caso, o débito automático não ocorreu e tive que gerar outras guias do DARF para pagamento com multa e juros, depois de receber um comunicado da Receita Federal de que o débito automático das cotas não fora efetuado!

Publicidade

Publicidade

O problema ocorreu porque em fevereiro de 2012 eu estava navegando pelas opções da minha conta corrente e fui cancelando os contratos de débito automático passados, de empresas com as quais eu não tinha mais vínculo. Cancelei itens como operadora de telefonia que não uso mais e a receita federal, pois achei que era o certo a fazer pois não havia mais nenhum débito pendente. Porém eu não estava cancelando um simples débito automático, mas o contrato do banco com a Receita Federal em relação ao meu CPF. O que fiz foi cancelar a autorização para que a receita federal enviasse valores para serem debitados automaticamente em minha conta. Com isso ao gerar o imposto de renda de 2012, ano exercício de 2011, a receita tentou cadastrar o débito automático, mas o banco não deixou! Resultado: tive que pagar 3 parcelas com multa e aprender a emitir o DARF com multa por atraso.

Para gerar o DARF com atraso, você pode usar um software chamado Sicalc, baixado diretamente do site da Receita Federal ou pode fazer o procedimento online mesmo. Acesse a lista de serviços e informações para pessoa física e procure o link “Cálculo e Emissão de Darf para Pagamento das Quotas de IRPF”. Ao abrir esta tela você verá uma aviso ridículo, da idade da pedra, falando sobre quais navegadores usar. Ignore e clique na aba “Cálculo”, acima e à esquerda da tela. Pronto! Basta preencher as informações solicitadas as uma guia de DARF será gerada contendo a soma de todo o imposto atrasado até a data escolhida para pagamento. Mas lembre-se: gere e pague até a data definida, ou terá que gerar novamente outra guia de atraso!

Publicidade

Publicidade

Gerar DARF On Line pelo Sicalc
Publicidade

Tela para gerar um DARF para pagamento em atraso

Publicidade

Portanto, a dica que fica é: não cancele o contrato de débito automático da Receita Federal em sua conta bancária, mesmo que o imposto do ano já tenha sido pago. É este contrato ativo que permitirá que novas parcelas dos impostos nos anos seguintes sejam automaticamente debitadas em sua conta corrente!

Sobre o autor

Publicidade

Publicidade

Autor Alex Benfica

Alex é Matemático Computacional e profissional da área de Tecnologia da Informação desde 2001. É também empresário, investidor e estuda economia e finanças pessoais há mais de uma década. Alex compartilha no site Crédito ou Débito sua experiência em lidar com dinheiro e com o sistema bancário brasileiro.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

6 comentários para: “Como emitir e calcular a multa de um DARF em atraso?”

  • Fiore Nesto

    Prezado Alex,

    Também tive este mesmo problema.
    Agora tenho que acertar minha conta do ano passado e para piorar a situação, perdi a data de vencimento da declaração deste ano. Como faço para regularizar minha situação. Não consegui encontrar a tela de geração de DARF…
    Grato

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Flore, se você não consegue gerar a DARF atrasada, pode ser necessário ir a uma unidade de atendimento da Secretaria da Fazenda do Estado ou Federal.

      Responder
  • Valdelei

    Alex, boa tarde!
    A 8 anos a traz tinha uma firma de AUTO CENTER vendia pneus, e prestava serviços de Alinhamentos, Balanceamentos e suspensão. O contador fazia a declaração depois disso nunca mais declarei.
    O que fazer para mim regularizar minha situação, sendo que hj eu trabalho como corretor de imóveis (AUTÔNOMO), usando o creci da minha mulher.

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Valdelei, seria ideal consultar um advogado ou um contador especializado em regularizar CNPJ para saber como proceder.

      Responder
  • Ricardo

    Fizeram a minha declaração a uns anos atrás, errada, então cai na malha fina, fiz um acordo e já paguei 5 parcelas do que devo…só que a do ultimo mes não paguei…pergunta…consigo pagar ela ainda ou o acordo vai ser cancelado…? desde de já obrigado…

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Ricardo, possivelmente sim, você deve atualizar o DARF para pagamento, que provavelmente virá acrescido com multas e juros.

      Responder

Deixe um comentário