Como calcular juros e multa de qualquer tipo de conta ou boleto?

Escrito na categoria "Bancos e instituições financeiras" por André M. Coelho.

A adição de juros a contas e boletos atrasados pode te incentivar a pagar dentro do prazo e evitar prejuízos. Esses encargos financeiros continuam a somar até que a pessoa pague. Vamos aprender como fazer o cálculo dos juros e da multa sobre contas e boletos atrasados.

Publicidade

Publicidade

O cálculo de juros e multa deve estar definido no contrato ou na conta

Antes de poder cobrar uma taxa por atraso, você deve primeiro verificar os termos da cobrança financeira. Isso significa ler seu contrato até as letras miúdas para saber quais são os valores exatos que deverão ser pagos. Os valores da multa e dos juros cobrados podem também estar descritos no boleto ou na fatura. Use essas informações como referência para o cálculo.

Como calcular multa e juros?

Hoje em dia a maioria das faturas e boletos podem ser atualizados pela internet ou aplicativos para calcular os juros e multa automaticamente. Muitas vezes esses valores já são calculados quando você está pagando a conta atrasado, até mesmo online. Mas se você quer se planejar antes do pagamento ou conferir se os juros e multa estão corretos, é necessário compreender o cálculo.

Passo 1

Você deve encontrar o valor da multa e dos juros do boleto ou conta a ser pago. Geralmente a multa é de 2% do valor total do boleto, mas pode ser diferente no seu caso. Os juros são de cerca de 1% ao mês. Multas e juros com valores abusivos podem ser contestadas no PROCON.

Passo 2

Publicidade

Publicidade

Calcule a multa sobre o valor total do boleto ou conta. Se você tiver uma conta de R$100 e a multa for de 2%, o valor da multa será de R$2. Para fazer esse cálculo, multiplique a porcentagem pelo valor da conta. No nosso caso, multiplicamos 2/100 (representação decimal de 2%) por R$100 para obter o valor de R$2

Passo 3

Calcule os juros sobre o valor total do boleto sem a multa inclusa. Se seus juros são de 1% ao mês, que é a taxa de juros mais comum para atrasos, o valor diário de juros é de 0,033% ao dia. Você deve então multiplicar esse valor pelo número de dias que atrasou sua conta ou boleto. No nosso exemplo, suponha que tenhamos atrasado o pagamento por 5 dias. Nesse caso, pagaremos um juro total de 0,165% sobre o valor da conta que é de R$100. Fazendo o mesmo cálculo da multa mas mudando a porcentagem (0,165/100 multiplicando R$100), temos o resultado de R$0,165. No nosso caso então, ao atrasar o pagamento em 5 dias, pagaremos de juros o total de aproximadamente R$0,16.

Contas atrasadas
Publicidade

Juros e multas sobre sua conta devem ser calculados para você saber quanto deverá pagar. (Foto: Teachers Building Society)

Publicidade

Passo 4

É hora de somar os valores das multas à conta para ter o total. Some o valor da multa com os juros e adicione ao total da conta, e esse será o valor atualizado a ser pago. No nosso exemplo, a soma é de R$2 mais R$0,16, que dá R$2,16. Então, ao atrasar a conta em 5 dias, pagaremos um total de R$102,16.

OBS.: você pode utilizar calculadoras online para auxiliar nesse cálculo. Basta verificar se a calculadora pede a taxa de juros mensal ou diária antes de inserir os dados.

Cuidado ao calcular juros de cartão de crédito

A maioria dos cartões de crédito automaticamente financia seu cartão no momento em que você atrasa o pagamento. Nesse caso, os juros podem ser bem mais altos do que aqui estipulados. para saber o quanto de juros você está pagando, é necessário ver a taxa dos juros rotativos do cartão para um mês e dividir pelos dias de atraso para o cálculo do valor devido. Geralmente essa cobrança será feita na próxima fatura. Nunca atrase contas de cartão de crédito, ou você poderá ter surpresas desagradáveis.

Publicidade

Publicidade

Converse com o emissor do boleto ou conta para se livrar das taxas

Os juros e multas podem ser descontados, dependendo do seu histórico com a instituição que está realizando a cobrança. Basta você ligar para o SAC da empresa ou conversar com um gerente para negociar o desconto. Nem sempre é possível mas se os valores estão muito altos, pode ser até válido tentar negociar o desconto dos juros e da multa e um parcelamento da dívida.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário