Um cartão de crédito fácil de ser aprovado é algo cada vez mais raro. Não é tão simples quanto apenas inserir suas informações em uma aplicação online ou em um banco/instituição financeira. Afinal, hoje em dia, obter a aprovação de um cartão de crédito requer um pouco de planejamento, que deve começar antes de preencher qualquer formulário.

Se você quer um cartão de crédito fácil, e até pela internet, um passo a passo simples pode te ajudar a obter esse cartão.

Cartão de crédito fácil de adquirir: como está seu nome no mercado?

O chamado credit score ou pontuação de crédito é um dos fatores mais importantes na decisão de um emissor de cartão de crédito para aprovar o seu pedido. Embora possa haver alguma variação dependendo do banco ou instituição financeira com o qual você queira estabelecer uma relação, a pontuação se estabelece da seguinte forma: quanto mais empréstimos e financiamentos você tiver em seu nome, menos chances você tem de conseguir um cartão de crédito. É feita uma relação dessas dívidas assumidas com sua renda atual, e se o emissor do cartão de crédito julgar que você não tem capacidade para arcar com um cartão além das suas responsabilidades financeiras atuais, o pedido será negado.

A maioria dos cartões de crédito internacionais exigem um crédito bom ou excelente. Então, se você tem lutado para manter seu crédito sob controle, pode valer a pena para adiar a aplicação a um cartão até que você possa colocar suas finanças em dia. Você pode fazer isso fazendo pagamentos sem atraso, manter seus saldos baixos em cartões de crédito existentes e evitando novas dívidas. Cartões de crédito nacionais são mais fáceis de obter mas, mesmo assim, um bom histórico de crédito tem se tornado norma para obter qualquer cartão.

Cartão de crédito aplicação

Procurando bem, você será capaz de encontrar um cartão de crédito de fácil aplicação e que vai proporcionar todos os benefícios que você precisa. (Foto: FeeX)

Cartão de crédito fácil e rápido: pague suas dívidas

Uma boa parte da sua pontuação de crédito é determinada pelo quanto você deve. Saldos de cartões de crédito que você já deve podem ser especialmente prejudiciais. Seu índice de utilização de crédito (seu saldo dividido pelo seu limite de crédito) deve ser inferior a 30% em cada cartão de crédito. Assim, se, por exemplo, você tem um limite de crédito de R$5.000, é recomendado manter o saldo abaixo de R$1500 sempre. Junte esse saldo com os financiamentos, empréstimos, e outras dívidas que você tem com bancos e instituições financeiras para ter uma ideia do que você precisa organizar antes de fazer a aplicação.

Você pode reduzir sua utilização de crédito criando um plano para pagar um saldo existente o mais rápido possível, tais como o uso de estratégias de pagamento de dívidas, como a bola de neve e a avalanche. Você também pode fazer uma consolidação de débito, concentrando todas as suas dívidas em um só empréstimo com juros mais acessíveis.

Não faça aplicações para o primeiro cartão que você ver

Se você não tem bom crédito, você pode achar que é difícil obter aprovação para um cartão com boas condições e vantagens. Porém, é bom ressaltar que cada aplicação a um cartão de crédito pode influenciar no seu relatório financeiro, ao qual as empresas financeiras tem acesso para a análise de crédito. Além de organizar sua vida financeira antes de se aplicar a um cartão, é bom usar uma ferramenta para encontrar um cartão que se adapta ao seu perfil de crédito antes da aplicação. Pesquise bem antes de confirmar seu envio de dados, e você poupa que a recusa aconteça ou até que você aplique para um cartão que seja menos vantajoso do que outros.

Inclua todos os seus rendimentos na aplicação para um cartão de crédito

Seu histórico de crédito, que você pode obter pelo Registrato do Banco Central, é uma boa orientação de como está sua saúde financeira. Porém, só o Registrato não diz muito aos credores sobre uma coisa importante: os seus proventos. Os emissores de cartões de crédito precisam saber sua renda para calcular sua relação entre dívida/renda, o que ajuda a determinar sua capacidade de fazer pagamentos. Existem duas maneiras de diminuir essa proporção: aumentar a renda ou diminuir a dívida.

Se você ganhar dinheiro fora de seu emprego principal, inclua tais valores em sua aplicação para que uma relação dívida-renda seja estabelecida. No entanto, resista à tentação de exagerar sua renda, algo muito comum nas aplicações hoje em dia. Se um emitente descobrir que você, conscientemente, forneceu informações falsas sobre o seu pedido, você pode ser acusado de fraude com cartão de crédito, que é punível até com prisão.

Planejamento e paciência para obter um cartão de crédito

Se você acha que fez tudo certo e seu pedido ainda for negado, não se desespere. Emissores de cartões de crédito têm meios de contato para serem chamados a reconsiderar seu pedido. Porém, tenha um plano antes de fazer uma ligação ou entrar em contato com o emissor do cartão de crédito. Você tem o direito de perguntar ao emissor por que seu cartão foi negado, e você também pode verificar seu relatório de crédito no Registrato do Banco Central para ver se há algum problema. Formule um argumento convincente sobre por que você quer o cartão e por que você é um bom candidato a recebê-lo. Acima de tudo, seja educado. O serviço de atendimento ao cliente é muito mais propenso a responder positivamente se você tem um bom comportamento.

Aplicações para cartão de crédito pela internet

Partindo do pressuposto que você já pesquisou que o cartão de crédito é confiável, o site tem um cadeado na barra de endereço e começa com HTTPS, alguns cartões permitem a aplicação pela internet, com o envio dos dados por anexos escaneados, por exemplo. Nubank, por exemplo, é um dos cartões que aceitam esse tipo de aplicação, e é um dos mais fáceis de se conseguir a aprovação. Mas todos os grandes bancos, tais como Santander, Banco do Brasil, CAIXA, Bradesco, Itaú, aceitam aplicações pelos seus sites. Basta pesquisar um pouco para encontrar o cartão que se encaixa melhor no seu perfil.

Cuidado com o cartão de crédito

Ter um cartão de crédito negado não é uma experiência muito boa, tanto psicologicamente quanto em relação a seu histórico de crédito. É por isso que é essencial fazer um balanço da sua situação antes de aplicar para o seu próximo cartão. Além disso, certifique-se de dar informações precisas durante o processo de aplicação e esteja preparado para fazer sua defesa, no caso do cartão não estar pronto imediatamente.

Como você fez sua aplicação para o primeiro cartão de crédito? Qual cartão recomendaria para quem está fazendo uma aplicação agora?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)