Nos Estados Unidos, os bancos e instituições financeiras utilizam o Credit Score para aprovar ou não seu acesso à certas ferramentas do mercado financeiro. Quanto maior seu Credit Score, mais oportunidades financeiras você tem e menores juros e taxas que pagará para os produtos e serviços oferecidos. O Registrato, que é o Extrato do Registro de Informações do Banco Central, é um sistema no Brasil que fornece gratuitamente para o cidadão informações semelhantes para consulta do cidadão, mas sem estabelecer uma “pontuação de crédito”, como é nos EUA. Mas assim como lá, provavelmente bancos e instituições financeiras utilizam deste banco de dados para oferecer a você produtos e serviços de acordo com seu perfil de risco.

Quais são os dados que consigo obter no Registrato?

Existem dois cadastros no sistema do Registrato:

Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro – CCS: mostra todos os bancos com as quais o cliente possui algum relacionamento (como conta corrente, poupança, empréstimos, cartões de crédito).

Sistema de Informações de Crédito – SCR: contém informações do conjunto dos empréstimos, financiamentos e outras modalidades de crédito que o cliente tiver obtido em cada instituição financeira, acima de R$ 1.000,00 (mil reais).

Por que eu deveria consultar o Registrato?

Os dados no Registrato podem ajudar uma instituição financeira ou bancária a analisar melhor seu perfil de risco. Assim, você pode conseguir o acesso a melhores linhas de crédito, produtos e serviços do nosso sistema financeiro, com taxas e juros menores, caso seu risco seja baixo.

A consulta ao CCS ainda pode ajudá-lo a descobrir se existem contas abertas em seu nome que você desconhece ou que foram abertas sem seu conhecimento, como aquela usadas para fraudes financeiras.

Quem pode acessar meus dados no Registrato?

As informações em qualquer um dos sistemas dentro do Registrato só podem ser consultadas pelo cliente ou por quem for autorizado por ele, inclusive instituições financeiras. Os dados apresentados são de inteira responsabilidade das instituições financeiras, que fornecem as informações ao Banco Central para inclusão no sistema.

Como acessar o Registrato?

Há diferentes formas de acessar o Registrato:

Clientes bancários que fazem uso de internet banking

Obtenha a frase de segurança (válida por 48 horas e poderá ser utilizada somente uma vez. Se o prazo de validade expirar, você deverá solicitar outra frase de segurança). Guarde essa frase em algum arquivo;

Preencha seus dados e copie a frase de segurança fornecida. Acesse seu internet banking;

Na página do seu banco, procure uma opção semelhante a esta: Outros Serviços » BACEN – Auto Credenciamento Registrato – Validação da Frase de Segurança;

Com a frase de segurança validada por seu banco, faça o cadastro para obter a senha de acesso no site do Registrato;

Com a senha de acesso, acesse o registrato e faça suas solicitações.

Cidadãos que não fazem uso de internet banking

Se dirigir a uma das representações do Banco Central;

Leve sua identificação pessoal para efetuar seu cadastramento e a cessar o Registrato

Com a senha de acesso, acesse o registrato e faça suas solicitações.

Cidadãos com certificado digital

Inserir o token;

Insira o token no computador para comprovar sua identidade. Cadastro SEM frase de segurança;

Faça o cadastro para obter uma senha de acesso ao Registrato;

Com a senha de acesso, acesse o registrato e faça suas solicitações.

Dados no Registrato

Com as informações do Registrato, você tem um controle maior sobre seu perfil de Risco de Crédito e também maior segurança sobre seu nome. (Foto: www.creditperformance.com.br)

Quais informações estão disponíveis no Registrato?

Você pode pedir dentro do Registrato um relatório do Sistema de Informações de Crédito (SCR) e do Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional (CCS). Os relatórios podem ser simples ou detalhados. Antes de ser gerado o relatório, você deverá concordar com os seguintes avisos:

  • Estou ciente de que as informações do relatório solicitado possuem defasagem mínima de 20 dias e NÃO REPRESENTAM o valor atualizado de eventuais dívidas junto às instituições financeiras;
  • Estou ciente de que o valor apresentado para operações de crédito com atraso superior a 60 dias não contempla encargos contratuais calculados além deste período;
  • Estou ciente de que este relatório contém ou pode conter dados protegidos por sigilo bancário, protegidos na forma da Lei Complementar nº 105, de 10 de janeiro de 2001, e se destina a consulta pelo próprio titular dos dados, a quem cabe avaliar eventual solicitação feita por terceiros e, se for o caso, consentir com o repasse desses dados;
  • Estou ciente de que os dados apresentados são de inteira responsabilidade da instituição financeira. Caso encontre algum erro ou omissão no relatório, devo entrar em contato diretamente com a instituição financeira a qual se referir o dado equivocado e solicitar o ajuste.

E os dados disponíveis nos relatórios são:

SCR – SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE CRÉDITO

As seguintes operações, caso você tenha feito acesso a elas, são contabilizadas no relatório:

  • Empréstimos e financiamentos;
  • Adiantamentos;
  • Operações de arrendamento mercantil;
  • Coobrigações e garantias prestadas;
  • Compromissos de crédito não canceláveis;
  • Operações baixadas como prejuízo e créditos contratados com recursos a liberar;
  • Demais operações que impliquem risco de crédito.

Para cada uma das diferentes operações, os seguintes valores aparecerão:

A vencer: é o valor (presente) resultante da soma das parcelas cujas datas de pagamento ainda não venceram, ou vencerão em 14 dias, transcorridos até o último dia da data-base informada.

Vencido: é o valor resultante da soma das parcelas cujas datas de pagamento venceram há mais de 14 dias (transcorridos até o último dia da data-base informada).

Prejuízo: quando parte de uma operação está vencida, o Banco Central exige que a instituição financeira reconheça uma pequena probabilidade de que toda a operação não seja paga. Se o tempo vai passando e as parcelas atrasadas não são quitadas, a instituição tem que reconhecer que essa probabilidade está aumentando. Ao fim de no mínimo 6 meses e no máximo 1 ano de atraso de alguma parte da operação, a instituição tem que reconhecer todo o valor operação como prejuízo. As instituições financeiras devem informar operações de prejuízo por 4 anos.

Carteira de Crédito: soma dos créditos a vencer, créditos vencidos e prejuízo.

Repasses Interfinanceiros: repasses entre instituições financeiras.

Coobrigações: responsabilidade pelo pagamento ou substituição de créditos cedidos. Ocorrem em geral entre instituições financeiras e empresas que cedem créditos.

Responsabilidade total: é a soma da carteira de crédito, repasses interfinanceiros e coobrigações.

Crédito à Liberar: créditos contratados que serão liberados de acordo com cláusulas pré-estabelecidas, como, por exemplo, completar a etapa de um projeto para financiamentos de projetos.

Limite de Crédito: limites contratados, não canceláveis unilateralmente pela instituição financeira, que não tenham sido utilizados, normalmente vinculados a modalidades rotativas como cartão de crédito, cheque especial e outros.

Risco indireto: risco assumido pelo cliente como garantidor e em operações de vendor.

Coobrigação Recebida: coobrigação recebida em cessão de crédito, ou seja, o cliente consultado é beneficiário de coobrigações em contrato de cessão.

Risco Total: soma da responsabilidade total com limites de crédito e o crédito a liberar.

CCS – CADASTRO DE CLIENTES DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL

Contém as seguintes informações sobre o relacionamento dos clientes com as instituições do Sistema Financeiro Nacional:

  • Identificação do cliente e de seus representantes legais e procuradores;
  • Instituições financeiras nas quais o cliente mantém/mantinha seus ativos e/ou investimentos;
  • Datas de início e, se houver, de fim de relacionamento.

O CCS permite por ofício eletrônico a requisição de dados como Agência, Número e tipos de conta para cada uma das instituições financeiras listadas. Não é disponibilizado qualquer tipo de dado financeiro, como valores, movimentação financeira ou de saldos de contas/aplicações.

Considerações Finais

Conhecendo melhor seu perfil de crédito e seus dados, além de garantir total segurança sobre seu nome, você também poderá analisar melhor seu perfil de crédito e usar esses dados a seu favor. Como você pretende usar os dados do Registrato? Acha que eles são importantes?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)