Cartão CAIXA poupança: guia completo!

Em Educação financeira por André M. Coelho

Um cartão de poupança é a primeira escolha de pagamento para muitas pessoas que não gostam de abrir uma conta corrente. Você pode retirar dinheiro em máquinas de dinheiro, usar seu cartão em caixas eletrônicos, pagar online em algumas situações, e mais. E o cartão CAIXA poupança faz mais ou menos tudo isso. Vamos conhecer um pouco dele.

Como funciona o cartão CAIXA poupança?

Ao abrir uma conta poupança na CAIXA, você receberá um cartão de débito para poder acessar a conta. Com um cartão de débito, o dinheiro vem diretamente para fora da sua conta bancária.

É como tirar dinheiro e entregá-lo – mas mais seguro, porque o cartão é fácil de cancelar se for perdido ou roubado.

Você também terá um pouco de proteção de fraude – embora não tanto quanto você recebe com um cartão de crédito.

Quando você usa seu cartão em um caixa eletrônico ou a maioria das lojas, você será solicitado a digitar sua senha. Isto é, a menos que você esteja usando contactless ou NFC para pagar.

Como pedir um novo cartão da CAIXA poupança?

Suponha que você tenha perdido seu cartão da CAIXA poupança, ou ele quebrou e está inutilizado. O que fazer nessa hora?

Pelo internet banking ou aplicativo CAIXA Tem, você pode gerar um cartão de débito virtual. Entre no internet banking ou app do CAIXA Tem e escolha a opção de gerar o cartão.

São dois cartões que ficarão disponíveis: um da bandeira Visa, que pode ser utilizado em sites e aplicativos; e um da bandeira Elo, que pode ser utilizado nas maquininhas de cartão com QR Code.

O cartão tem um limite de uso de até 10 transações por dia, e pode ser ligado ou desligado para maior segurança.

Para cada transação online, é gerado um código de segurança que deve ser usado, dando mais garantias para suas transações.

A segunda via do cartão físico pode ser solicitada pelo SAC da CAIXA, no telefone 0800 726 0101, em uma agência da CAIXA, ou em uma Lotérica.

Entendendo o cartão da caixa poupança

O cartão Caixa Poupança é de débito, e pode ser usado para compras em lojas também. (Imagem: Jornal do Vale do Itapocu)

Com quantos dias chega o cartão da CAIXA poupança?

Usando o cartão de débito virtual, o cartão chega no mesmo dia que é gerado, já que ele fica disponível diretamente pelo aplicativo. Um cartão físico, seja ele após a criação da sua conta, ou um pedido de segunda via, pode demorar entre 7 e 15 dias para chegar até o endereço de seu cadastro.

Como desbloquear o cartão CAIXA poupança?

O cartão CAIXA poupança virtual pode ser desbloqueado usando sua assinatura eletrônica. Para os cartões físicos, basta acessar o app do cartão, seja o CAIXA Tem ou o app Cartões CAIXA, cadastrar o cartão, e o desbloqueio será feito de forma automática.

O cartão virtual é ainda mais fácil de transportar e mais seguro, sendo aceito da mesma forma que um cartão físico.

Como recuperar a senha do cartão poupança CAIXA?

É mais seguro do que dinheiro. Se você perder seu cartão, ou é roubado, você pode cancelá-lo rapidamente e você não deve estar fora do bolso. Mas vai precisar de refazer sua senha, provavelmente.

Para o cartão de débito virtual, basta acessar o app e seguir às instruções na tela para poder fazer sua senha. Caso seja um cartão físico, você precisa ligar para a central de atendimento no telefone 0800 726 0101 ou ir até uma agência. Na agência, pode ir até um caixa de autoatendimento ou conversar com o gerente para gerar a nova senha.

Proteção ao usar um cartão de débito CAIXA poupança

Se você tiver um problema com algo que você compra em um cartão de débito, talvez seja capaz de obter seu dinheiro de volta do seu banco sob o esquema de cobrança. Alguns provedores de cartão de débito oferecem isso, e isso significa que eles podem ser capazes de obter algum ou todo o seu dinheiro de volta.

Por exemplo, se você comprar um novo sofá e a empresa some antes do sofá ser entregue, seu banco pode ser capaz de reembolsá-lo.

O encarregado depende do seu banco sendo capaz de recuperar o dinheiro do banco da empresa que você está comprando.

No entanto, os consumidores recebem proteções mais fortes quando compram usando um cartão de crédito – como esses direitos são estabelecidos em lei.

Então, se você está fazendo uma grande compra – como um feriado ou um novo pedaço de mobília – faz sentido usar seu cartão de crédito para pagar pelo menos algumas das transações.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário