Existem vários tipos de cheques disponíveis para os consumidores. Às vezes, pode ser difícil saber qual é qual e quando usar certos tipos de cheques. Cheques são muitas vezes favorecidos em detrimento de dinheiro por viajantes, ou para pessoas que precisam de enviar dinheiro através do serviço postal, além daqueles que precisam fazer pagamentos de grandes quantias de dinheiro.

Cheque Pessoal/Cheque Nominal

Cheque pessoal é pago apenas ao indivíduo que tem o nome no cheque (beneficiário). O titular da conta é responsável pelos fundos disponíveis para cobrir o valor do cheque. Cheques nominais são a seleção mais comum no Brasil, mas caíram em desuso devido à novas formas de pagamento, tais como transferências TED ou DOC e pagamentos com cartão de crédito ou débito.

Cheque ao Portador/Cheque em Branco

Cheque ao portador é pagável para quem apresenta o cheque, podendo deixar os escritos “ao portador” no cheque ou simplesmente deixá-lo em branco. Isto significa que a pessoa em posse do cheque pode levá-lo para o banco e receber o dinheiro sem ter que obrigatoriamente depositar o cheque na sua conta pessoal. Esse tipo de cheque é altamente inseguro e não recomendamos que você emita cheques em branco ou ao portador. Caso ele seja perdido, pode ser tarde demais para sustá-lo.

Cheque Administrativo

Um cheque administrativo é emitido por um banco depois de ter determinado que existem fundos suficientes na conta do proprietário para cobrir o valor do cheque. Esse tipo de verificação é garantida e é muitas vezes tratado da mesma forma que dinheiro vivo. O banco vai debitar na sua conta imediatamente. O cheque administrativo tem um valor extra que deve ser pago para ser emitido e só pode ser descontado pela pessoa a quem o cheque foi emitido.

Traveler’s Check

Um cheque de viagem é um cheque pré-pago que você usa quando viaja. Você pode obter cheques de viagem em qualquer valor e em todas as moedas. Eles são aceitos com o mesmo valor que dinheiro na maioria dos hotéis e comércios. Eles estão segurados contra perda, roubo, dano ou destruição, mas devem ser usados com cuidado.

Cuidados com os cheques

Cheques devem ser evitados, mas quando forem necessários, conheça melhor os tipos eas ferramentas de segurança disponíveis. (Foto: www.mrcheckcashing.com)

Outros tipos de Cheques

Não são, por si só, tipos de cheques, mas estas denominações são muito utilizadas e devem ser explicadas:

Cheque Pré-Datado

Todo cheque é uma ordem de pagamento à vista. O cheque pré-datado é quando você colocar uma data futura para desconto do cheque. Porém, se não houver um acordo entre as partes, o cheque pode ser depositado em um dia diferente e o emitente pode ver seu nome sujo, caso não tenha fundos. Trate todo cheque como um pagamento à vista, o pré-datado não é regulamentado por lei.

Cheque Cruzado

Ao cruzar o cheque com duas linhas na diagonal em um dos cantos, o cheque só pode ser sacado ou depositado pelo beneficiário do cheque. É uma camada a mais de segurança, e garante que cheques extraviados não sejam utilizados por terceiros.

Cheque Especial

Não é um tipo de cheque. É um tipo de crédito ao qual o cliente pode ter acesso quando não tem dinheiro em conta. Os juros são muito altos e deve ser usado apenas e somente em casos excepcionais e de extrema urgência, quando não houver nenhum outro tipo de empréstimo disponível.

Esquecemos de algum tipo de cheque? Compartilhe nos comentários!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)