Quando viajamos, seja a negócios ou por diversão, muitas vezes desejamos ter um transporte para maior praticidade. Para este transporte, tiramos carteiras de habilitação internacional, corremos atrás de informações, separamos dinheiro para o aluguel e, o mais importante: temos que nos preocupar com o seguro do veículo, garantindo uma segurança maior para o uso do transporta. Este pode acabar impactando um pouco no bolso. A não ser que você tenha um dos cartões Platinum Visa, MasterCard ou American Express, ou os cartões MasterCard Black e Visa Infinite.

Todos estes cartões e os utiliza para pagar o valor total da locação em qualquer lugar do mundo, você ganha o seguro de veículos, que cobre até valores integrais de reparo ou substituição do mesmo nos casos de danos resultantes de colisão ou furto do veículo, atos de vandalismo contra o carro e taxas documentadas e válidas cobradas pela locadora em decorrência da perda de uso do veículo.

Há um cuidado que deve ser tomado pelo locador no momento da locação. Ele só terá direito à cobertura se recursar a opção de Isenção de Responsabilidade em Caso de Danos por Colisão, que também responde pelas siglas CDW/LDW. Coberturas similares oferecidas pela locadora também devem ser recusados no ato da assinatura do contrato.

É importante lembrar também que as empresas de cartões não são diretamente as provedoras dos seguros, sendo estes de responsabilidade por empresas contratadas. É de suma importância que você entre em contato com a Central de Atendimento de seu cartão para saber mais informações para solicitação de apólices.

Seguro para carros internacional

Tome apenas cuidado que algumas marcas de carros luxuosos não tem a cobertura do seguro dos cartões Platinum. (Foto: www.bankfacil.com.br)

Agora, há mais cuidados que devem ser tomados. Quem pretende alugar carros de luxo deve estar ciente que alguns deles não estão cobertos pelo seguro de seu cartão, tais como Aston-Martin, Bentley, Bricklin, Daimler, DeLorean, Excalibur, Ferrari, Jensen, Lamborghini, Lotus, Maserati, Porsche, Rolls-Royce entre outros. Busque informações com a operadora de seu cartão para deixar tudo bem esclarecido sobre quais carros não são cobertos, fazendo a confirmação inclusive no ato da locação.

Caso a locadora insista na contratação do seguro próprio, você pode apresentar seu cartão ou documentos fornecidos pela própria bandeira de seu cartão para evitar o transtorno e a dor de cabeça de convencer o vendedor de que você não precisa desse serviço extra. Tais documentos estão normalmente disponíveis no site dos cartões, através da Central de Atendimento ou você pode pedir instruções para o gerente de sua conta.

O único seguro que você terá que tomar cuidado é o Suplemento do Seguro de Responsabilidade a Terceiros (LIS/EP/ALI), que não está incluso e deve ser contratado a parte. Ele oferece proteção contra lesões corporais e danos a propriedades de terceiros, cobrindo danos a outros veículos. Normalmente ele cobra até US$1.000.000 em reclamações e não é necessário o pagamento de franquias. Este seguro é caro, pode custar tanto quanto a locação do veículo mas é essencial. Não recomendamos deixar de contratar este seguro para fazer uma locação mais barata. Como exemplo, já cheguei a pagar o equivalente a R$ 200,00 em um seguro destes enquanto a locação sairia por R$ 250 sem o seguro.

O seguro dos cartões não é completo e total, mas resulta em algum tipo de economia e o mais importante, segurança e comodidade para os clientes que optam por estes serviços.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)