Toda pessoa física e/ou jurídica que tenham um negócio regulamentado ou não pode ter uma máquina de cartão de crédito.

Com o aumento do uso dos cartões nos últimos anos, principalmente pela segurança por eles oferecida, muitos são aqueles que estão buscando desta facilidade de pagamento para seus clientes. Vendedores ambulantes, consultores e todo tipo de lojista já estão buscando regularizar suas situações para obter a máquina de cartões e assim, aumentar o volume de vendas e a clientela.

Mas cabem algumas ressalvas aqui. Todos lojistas, vendedores e pessoas físicas podem ter a máquina de cartões. Mas nem todos precisam. Em alguns casos, em que o volume de vendas seja muito pequeno ou em que o perfil dos compradores não se encaixe em um tipo que prefira o pagamento em cartão, a opção da máquina deve ser pensada com cuidado, pois os custos podem acabar gerando algum tipo e prejuízo. Isto é mais real ainda em cidades pequenas, onde o uso de cheques e dinheiro físico ainda é muito comum.

Para o caso de cidades grandes ou cidades em crescimento, a opção pelo cartão é obrigatória praticamente. Além da segurança para o cliente, a máquina de cartão é também uma segurança ao vendedor, que acaba ficando com menos dinheiro em mãos e mais na segurança do mundo eletrônico. Busque regularizar sua situação o quanto antes e obtenha sua máquina para otimizar seu negócio e maximizar os lucros.

Logo de bandeiras de cartões

Estes são só alguns exemplos de cartões que você poderá passar a aceitar com uma máquina de cartões em mãos. (Foto: sp.quebarato.com.br)

Se você é uma pessoa física e quer ter uma máquina de cartão para realizar suas transações financeiras, pense no por quê de precisar desta facilidade em seu negócio. Os custos de transações online, como os serviços intermediários de negociações pela internet (comparador neste artigo), podem estar mais em conta do que a mensalidade de uma máquina de cartões. Um exemplo é o serviço prestado por consultores, que normalmente tem um volume menor de vendas e podem começar a ter prejuízos ao adquirir uma máquina de cartão. É melhor pagar por transações, que é o caso dos serviços de intermediação de pagamentos pela internet do que pagar um valor fixo mensal. Cabe pensar também nos seus planos com as vendas: um projeto de expansão pode muito bem necessitar do uso de uma máquina de cartão.

No fim, só restará escolher a melhor operadora para o serviço, comparar e negociar valores e fechar o contrato.

2 comentários para “Quem pode ter máquina de cartão de crédito?”

  1. Rogério

    Mas e quanto às pessoas físicas instituições filantrópicas? Também podem?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Sim, Rogério

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)