Se você estiver começando uma pequena empresa, é MEI, ou é autônomo, você não tem muito dinheiro para gastar com máquinas de cartões de crédito caras. Ao mesmo tempo, você sabe que você está perdendo clientes em potencial por não aceitar cartões de crédito e débito. Mas é possível comprar uma máquina de cartão de crédito barata e, ainda assim, evitar taxas de super altas de serviços.

Maquina cartão mais barata? Como fazer?

Muitas vezes, você pode obter uma máquina praticamente de graça, porque as empresas que fazem a gestão das máquinas de cartão querem que você pague as mensalidades e tarifas por vendas efetuadas. É semelhante à maneira como empresas de telefonia celular oferecem planos com aparelhos “gratuitos”, desde que você fique no contrato por pelo menos um ano. Fornecedores de máquinas de cartões de crédito trabalham da mesma forma.

Como escolher máquina de cartão barata

Uma boa dica para escolher uma máquina de cartão de crédito barata é escolher uma que aceite a maior quantidade possível de bandeiras de cartões. Assim, você evita ter que pagar mais de uma mensalidade, para mais de uma máquina. (Foto: acritica.uol.com.br)

Como escolher uma máquina de cartão de crédito barata?

Existem máquinas de cartão de crédito de várias empresas no Brasil: Payleven, PagSeguro, Mercadopago, PayPal, Rede, Cielo, Santander GetNet, Elavon, Bin, são apenas alguns exemplos. Independente da empresa que você escolher, alguns critérios de seleção devem ser usados para escolher a melhor máquina de cartão de crédito, e mais barata.

Taxas adicionais, de atualização, e instalação de máquinas de cartão – Não escolha uma empresa que cobra taxas adicionais para itens como configuração, reprogramação ou atualização de software da máquina de cartão. Várias empresas confiáveis ​​incluem esses serviços gratuitamente ou dentro das mensalidades e tarifas cobradas.

Uma mensalidade barata carrega taxas mais caras – Sempre que você compra uma máquina de cartão com mensalidade barata, ou sem custo, isso quase sempre se traduz em tarifas por venda mais caras. Se você tem um volume de vendas mais alto, é bom negociar as tarifas com a empresa da máquina de cartão de crédito, para reduzir as tarifas ou ficar isento da mensalidade.

Pequenos negócios podem se beneficiar de ter mais de uma operadora de máquina de cartão de crédito – Nem todas as máquinas de cartão aceitam todas as bandeiras. Portanto, ter mais de uma máquina pode ajudar a aumentar o número de clientes potenciais. Só que na hora de ter mais de uma máquina, é preciso comparar e negociar bastante, para que pelo menos uma das máquinas de cartão seja isenta de aluguel e mensalidade.

Grandes e médios negócios podem ter uma máquina de cartão mais barata usando uma só operadora para as máquinas de cartão – Para grandes negócios, como supermercados, ter uma máquina de cartão apenas pode ser um bom benefício, já que dá pra negociar melhor as tarifas para um menor valor, graças ao volume maior de vendas.

Busque várias ofertas, de diferentes empresas, para poder negociar – Não se prenda a uma só operadora de máquina de cartão de crédito. Vá a mais de uma e peça a elas um orçamento. Mostre para as outras empresas o orçamento de uma competidora, e peça para a empresa fazer uma melhor oferta. Mesmo que seja uma menor taxa a partir de um volume de vendas X, pode ser uma meta fácil de atingir pela sua empresa.

Planeje antes de escolher uma máquina de cartão

Escolher uma máquina de cartão de crédito é uma ótimo oportunidade para criar um plano de negócios para sua empresa, além de fazer um bom planejamento financeiro. Use a seu favor essa oportunidade e com certeza, mesmo se não for a máquina de cartão de crédito mais barata, seu planejamento vai ajudar a escolher a melhor delas para suas necessidades.

Qual máquina de cartão de crédito você usa? Quais foram os motivos que te levaram a escolhê-la? O custo de uma máquina de cartão de crédito é importante pra você?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)