Máquina de cartão para MEI, como funciona?

Escrito na categoria "Cartão de crédito e débito" por André M. Coelho.

Todo Microempreendedor Individual (MEI) podem oferecer uma máquina de cartão para seus clientes. Mas como fazer o pedido dessa máquina de cartão? Como obter uma máquina de cartão para MEI sem ter problemas legais?

Máquina de cartão para MEI: cuidados com os limites

O primeiro cuidado que o MEI tem que tomar ao adquirir uma máquina de cartão é quanto ao volume de transações que serão realizados na máquina de cartão. Isso é necessário porque há um limite de valor que MEI pode movimentar mensalmente e acima desse limite, o MEI terá de mudar seu enquadramento fiscal, o que não é algo para o qual todos estão preparados, e podem acabar gerando prejuízos. Verifique com seu contador o no Portal do Empreendedor quais são os limites vigentes para o ano em que você está tentando começar a aceitar pagamentos por cartão.

Microempreendedor Individual: analise o perfil dos seus clientes antes de obter a maquininha

Nem todas empresas precisam aceitar cartões de crédito ou débito para serem bem sucedidas. Por isso, é necessário analisar o perfil dos seus clientes e ver se a máquina de cartão é uma boa opção para seu negócio. Se poucos clientes querem pagar no cartão, pode não ser uma boa ter a maquininha na sua empresa.

É necessário também fazer uma política de preços de acordo com os valores das taxas, oferecendo também descontos para os pagamentos em dinheiro. O empresário também precisa se preparar para os prazos de recebimento que vão de 1 a 3 dias para pagamentos no débito e até 30 dias nos pagamentos a crédito. Todo cuidado é pouco.

Maquininha de cartão para MEI: as questões legais

Geralmente, para obter uma máquina de cartão basta que o empreendedor pesquise entre as diversas empresas que oferecem o serviço, encontre as menores taxas e custos, e escolha a máquina que melhor atenderá suas necessidades. Porém, alguns estados exigem alguns requisitos antes da instalação das máquinas de cartão de crédito e/ou débito.

Para não ter problemas tributários, é necessário procurar a Secretaria de Fazenda Estadual ou Municipal para saber se é necessário algum passo extra antes de começar a aceitar pagamentos pela máquina de cartão através do seu MEI.

O que o Microempreendedor Individual precisa para ter uma máquina de cartão de crédito?

Depois de analisado o faturamento e se é ou não necessário algum passo extra de acordo com o estado em que o MEI se encontra, é hora de fazer uma pesquisa aprofundada sobre as opções de máquina de cartão existentes para encontrar a opção com os menores custos para o seu negócio. Existem opções sem aluguel e opções com taxas bem baratas para MEI.

Para todas as opções de maquininha, porém, será necessário ter em mãos os seguintes dados:

Com esses documentos em mãos e após a escolha da melhor máquina de cartão, basta fazer sua aplicação pelo site da operadora da máquina de cartão e aguardar pela aprovação.

Ficou alguma dúvida sobre a máquina de cartão para Microempreendedor Individual? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos respondê-las o quanto antes!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário