Prestação é um termo que todos vão conhecer em algum momento de suas vidas, seja ao pegar um empréstimo pessoal, procurar um financiamento para imóveis ou buscar um financiamento para um veículo. Apesar de muitas pessoas não compreenderem o termo, é fácil absorver o conteúdo e aprofundar os conhecimentos sobre o assunto.

O que é prestação?

Empréstimo a prestações é um termo amplo e geral que se aplica à esmagadora maioria dos empréstimos pessoais e comerciais concedidos aos mutuários. Empréstimos a prestações incluem qualquer tipo de empréstimo que é pago com pagamentos regulares ou parcelas. Cada pagamento de uma dívida a prestações inclui o reembolso de uma parte do montante do capital emprestado e também o pagamento de juros sobre a dívida. As principais variáveis ​​que determinam o valor de cada pagamento de empréstimo regularmente programado incluem o valor do empréstimo, a taxa de juros cobrada do mutuário e a duração ou o prazo do empréstimo. O valor dessa soma é o valor da prestação em si.

As prestações em um empréstimo: o básico

Exemplos comuns de empréstimos a prestações são empréstimos para automóveis, empréstimos hipotecários ou empréstimos pessoais. Diferentemente dos empréstimos hipotecários, que geralmente são empréstimos com taxas variáveis, em que a taxa de juros muda durante o prazo do empréstimo, quase todos os empréstimos a prestações são empréstimos com taxas fixas, o que significa que a taxa de juros cobrada durante o prazo do empréstimo é fixada na data do empréstimo. Portanto, o valor da prestação, normalmente devido mensalmente, permanece o mesmo durante todo o prazo do empréstimo, tornando mais fácil para o mutuário fazer um orçamento antecipado para fazer os pagamentos necessários.

Empréstimo a prestação com garantia e sem garantia

Empréstimos a prestações podem ser garantidos ou não garantidos. Empréstimos hipotecários são garantidos com a casa que o empréstimo está sendo usado para comprar, e a garantia para um empréstimo automático é o veículo que está sendo comprado com o empréstimo.

Alguns empréstimos a prestações, muitas vezes referidos como empréstimos pessoais, são prorrogados sem necessidade de garantia. Empréstimos concedidos sem a exigência de garantia são feitos com base na qualidade de crédito do tomador, geralmente demonstrada por meio de uma pontuação de crédito, e a capacidade de pagamento, conforme demonstrado pela receita e/ou ativos do tomador de empréstimo.

A taxa de juros cobrada sobre um empréstimo sem garantias é geralmente maior do que a taxa que seria cobrada sobre um empréstimo com garantias, refletindo o maior risco de inadimplência que o credor aceita.

Definição de prestação

As prestações são pagamentos mensais que você faz para quitar um empréstimo, pagando parte do principal emprestado e os juros. (Foto: C2C Resources Commercial Debt Collection Agency)

Empréstimos a prestações: o processo

Um mutuário solicita um empréstimo a prestações preenchendo um requerimento com um credor, geralmente especificando a finalidade do empréstimo, como a compra de um carro. O credor discute com o mutuário várias opções sobre questões como adiantamentos, o prazo do empréstimo, o cronograma de pagamento e os valores de pagamento.

Por exemplo, se um indivíduo quiser emprestado R$10.000 para financiar a compra de um veículo usado, o credor informa ao mutuário que fazer um adiantamento maior pode levar o mutuário a uma taxa de juros mais baixa ou que o mutuário poderia obter prestações mensais mais baixas retirando um empréstimo por um longo prazo. O credor também analisa a qualidade de crédito do mutuário para determinar que quantia e com que termos de empréstimo o credor está disposto a conceder crédito.

Os mutuários podem ter de pagar outras taxas além das taxas de juros, tais taxas de pagamento atrasado e multas.

O mutuário normalmente termina o empréstimo fazendo os pagamentos necessários das prestações. Os mutuários geralmente podem economizar os juros pagando o empréstimo antes do final do prazo estabelecido no contrato de empréstimo.

Cálculo das prestações em um empréstimo

O valor das prestações ao longo do empréstimo, bem como o valor total a ser pago somado com o juros, vai variar de acordo com o tipo de sistema de amortização de empréstimo que está sendo adotado, tais como SAC, PRICE, ou SAM.

Porém, todas as prestações são compostas pelos juros + amortização. Os juros são calculados sobre o montante devido, chamado de principal. A amortização é o valor que, a cada mês, é descontado do principal. A cada prestação, os juros vão reduzindo de valor, já que o montante principal sobre o qual o valor dos juros é calculado vai sendo pago. Ao final do pagamento de prestações, o empréstimo ou financiamento é então quitado com o pagamento de todos os valores devidos.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)